Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro


Segunda-feira, 29.10.12

Nova Iorque ordena retirada de 375 mil habitantes devido ao furacão Sandy

O presidente da câmara de Nova Iorque, Michael Bloomberg, ordenou hoje a retirada de 375.000 pessoas de zonas baixas da cidade devido ao furacão Sandy.

"Esta é uma tempestade grave e perigosa", disse Bloomberg numa conferência de imprensa.

Horas antes, o governador do estado, Andrew Cuomo, anunciou o encerramento de todos os transportes da cidade -- metro, autocarros e comboios -- às 19:00 locais (23:00 em Lisboa) e decretou o estado de emergência em todos os 62 condados, incluindo os de Nova Iorque.

Os meteorologistas preveem que o Sandy atinja terra a sul de Nova Iorque, entre os estados do Delaware e de New Jersey, provavelmente na segunda-feira à noite.

Mas, tendo em conta a grande extensão da tempestade -- com ventos fortes a soprarem a 800 quilómetros do olho do furacão -- os efeitos da tempestade vão ser sentidos em Nova Iorque.

Segundo o presidente da câmara, foram criados 65 centros de acolhimento nas escolas públicas da cidade "com todo o pessoal e os bens necessários".

O furacão, que fez 65 mortos nas Caraíbas, dirigia-se hoje para norte, paralelamente à costa leste dos Estados Unidos, prevendo os especialistas que se cruze com uma frente de baixas pressões que o fortalecerá antes de chegar a terra.

O Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos alertou hoje, num boletim emitido às 15:00 TMG (mesma hora de Lisboa), que o furacão deverá provocar inundações no centro da costa atlântica, incluindo na zona do porto de Nova Iorque.

O olho do furacão estava hoje de manhã cerca de 970 quilómetros a sul da cidade de Nova Iorque e avançava a uma velocidade de 22 quilómetros/hora para nordeste, segundo o NHC.

Com ventos constantes de 120 quilómetros/hora e rajadas mais fortes, o Sandy está classificado como um furacão de categoria 1 das cinco que compõem a escala de Saffir-Simpson.

Fonte: DNotícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:14

Segunda-feira, 29.10.12

Nova Iorque prepara-se para a chegada do furacão Sandy

Nova Iorque prepara-se para o pior, antecipando a chegada do furacão Sandy. As autoridades tomaram já várias medidas para tentar minimizar os efeitos do impacto dos ventos fortes e da chuva intensa esperada para as próxima horas.

No total, serão oito os estados afetados pelo furacão Sandy, que deverá alcançar a costa leste dos Estados Unidos nos próximos dias, atingindo a zona de Nova Jersey na noite de segunda ou madrugada de terça-feira. 

As autoridades calculam que cerca de 60 milhões de pessoas sejam afetadas pelo furacão, que deverá perder alguma força e passar a tempestade tropical assim que alcançar a costa. No entanto, deverá unir-se a uma frente fria que se desloca do Ártico e a uma tempestade de neve de oeste.

Dezenas de milhares de pessoas foram aconselhadas a abandonar as suas casas junto à costa e deslocarem-se para locais mais seguros. 

O presidente da câmara de Nova Iorque, Michael Bloomberg, alertou para o perigo de a população não tomar as devidas precauções, já que "quem não o fizer estará a colocar a sua vida em perigo, assim como as vidas daqueles que efetuarão as operações de salvamento".

Os transportes públicos de Nova Iorque (metropolitano, autocarros e comboios) irão suspender os seus serviços a partir da noite de domingo por causa da possibilidade de inundações. 

O furacão Sandy está a deslocar-se para norte vindo da zona das Caraíbas, onde causou já pelo menos 65 mortos, a maioria no Haiti, e calcula-se que desvie para oeste nas próximas horas.

Fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:13

Segunda-feira, 29.10.12

Furacão Sandy encerra metro de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque vai encerrar o metro e suspender todos os transportes públicos a partir das 19:00 de hoje (23:00 em Lisboa) devido à aproximação do furacão Sandy, anunciou o governador do Estado.

As companhias aéreas norte-americanas anunciaram, por seu lado, o cancelamento de centenas de voos domésticos e a Air France cancelou todos os voos transatlânticos com destino aos aeroportos de Washington e de Nova Iorque.

Além do metro, autocarros e comboios da cidade, que conta oito milhões de habitantes, foi decretado o encerramento dos parques e recintos desportivos a partir de hoje à tarde.

A tempestade "não deve ser encarada com ligeireza", advertiu o governador, Mario Cuomo.

O furacão, que deixou quase 60 mortos nas Caraíbas, dirigia-se hoje de manhã para norte, ao longo da costa leste dos Estados Unidos.

Se se juntar a duas outras fortes tempestades em curso, o furacão poderá afetar até 60 milhões de pessoas e o seu impacto poderá estende-se por 1.300 quilómetros do território norte-americano.

Fonte: Dnotícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:58

Sexta-feira, 26.10.12

Furacão "Sandy" enfraquece depois de ter feito 21 mortos, a maioria dos quais em Cuba

O furacão "Sandy" perdeu força, baixando da categoria II para a I, esta quinta-feira, depois de ter deixado um rasto de 21 mortos durante a sua passagem pelas Caraíbas.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões em Miami, nos Estados Unidos, os ventos máximos do "Sandy" diminuíram para cerca de 150 quilómetros por hora.

O "Sandy" deixou um rasto de morte e destruição à sua passagem, tendo causado, de acordo com as agências internacionais 21 mortos, 11 dos quais em Cuba, nove no Haiti e um na Jamaica.

Fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:57

Domingo, 30.09.12

Tufão Jelawat deve tocar o Japão nas próximas horas

O forte tufão Jelawat, o 17.º da temporada, ameaça tocar em terra na ilha de Honshu, a maior do Japão, nas próximas horas, informou este domingo a Agência Meteorológica nipónica.

Pelas 12 horas locais (4 horas em Portugal Continental), o Jelawat, com ventos de cerca de 200 quilómetros por hora, encontrava-se a 125 quilómetros a sudoeste do Cabo Shiono, no sul da província de Wakayama, zona onde se espera que toque em terra.

A Agência Meteorológica do Japão prevê que o Jelawat atravesse depois a zona de Tokai e, mais tarde, por volta das 22 horas (14 horas em Portugal Continental) a de Kanto, onde fica a capital, Tóquio.

O Jelawat deixou já 50 feridos e causou apagões de energia à sua passagem pelas ilhas de Okinawa, as mais meridionais do arquipélago.

A Agência Meteorológica advertiu para a possibilidade de ocorrência de chuvas torrenciais, trovoadas e fortes ondas em boa parte do Japão, tendo previsto um volume de precipitação de até 500 milímetros na região de Tokai e de até 400 milímetros em Kanto para este domingo e até segunda-feira de manhã.

O organismo governamental ativou ainda o alerta vermelho em 15 províncias do centro e sudoeste do país e o alerta amarelo em quase todas as restantes zonas do arquipélago.

As principais companhias aéreas japonesas também deram conta de atrasos e do cancelamento de alguns voos nos aeroportos de Narita e Haneda (Tóquio), Itami e Kansai (Osaka), Nagoya e Kobe (centro), Tokushima, Kochi e Matsuyama (sul) e no de Miyazaki (sudoeste).

Fonte: JN


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:06

Sábado, 29.09.12

Tufão Jelawat atinge o sul do Japão


Ventos de 160 quilómetros por hora derrubaram árvores, arrastaram carros e destruíram a rede de energia elétrica. Quatro mil pessoas ficaram desalojadas. As províncias mais atingidas são Okinawa e Kagoshima, regiões com infraestruturas preparadas para enfrentar os constantes tufões do Pacífico.




Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:50

Quinta-feira, 30.08.12

Furacão 'Kirk' começa a tomar forma no Atlântico

+

Um novo furacão, o 'Kirk', o quinto da época, tomou forma no meio do Oceano Atlântico, indicou hoje o Centro de Vigilância de Furacões dos Estados Unidos, com sede em Miami.

Às 15:00 GMT (16:00 em Lisboa), o 'Kirk' encontrava-se a 1.715 quilómetros a nordeste das Ilhas do Barlavento, no arquipélago das Antilhas, e a cerca de 2.415 quilómetros a oeste-sudoeste do arquipélago dos Açores.

O furacão desloca-se para noroeste a cerca de 19 quilómetros por hora e tem ventos de cerca de 120 quilómetros por hora.

De acordo com Centro de Vigilância de Furacões, o 'Kirk' deverá intensificar-se nas próximas 48 horas.

Entretanto, o furacão 'Isaac' continuava na noite de quarta-feira a afetar o estado norte-americano de Louisiana, com chuvas torrenciais, mas perdeu força e transformou-se em tempestade tropical, informou o Centro de Vigilância de Furacões dos Estados Unidos.

O 'Isaac' perdeu força nas últimas horas, transformando-se numa tempestade tropical com ventos de cerca de 90 quilómetros/hora.

A tempestade avança lentamente para noroeste a sete quilómetros por hora, podendo transformar-se em depressão tropical na noite de hoje e atingir o sul do Arkansas na sexta-feira, segundo as previsões das autoridades norte-americanas.

Fonte: DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:38

Quinta-feira, 30.08.12

Tempestade "Ileana" transformou-se em furacão

A tempestade "Ileana" transformou-se na noite de quarta-feira num furacão ao largo da costa do México, no Oceano Pacífico, informou o Centro de Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Com ventos de 75 quilómetros por hora, o furacão "Ileana", de categoria um, encontra-se a 540 quilómetros a sudoeste do extremo da península da Baixa Califórnia, no México.

O furacão desloca-se para noroeste a 15 quilómetros por hora, mas deverá desvanecer-se dentro de um ou dois dias, segundo o Centro Nacional de Furações norte-americano.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 13:43

Quinta-feira, 30.08.12

"Isaac" enfraquece e volta a ser tempestade tropical



Os diques construídos em Nova Orleães depois da passagem do Katrina, há sete anos, funcionaram e resistiram hoje à passagem do "Isaac".

O furacão enfraqueceu quando atingiu a terra, mas a cidade de Nova Orleães foi atingida por fortes rajadas de vento e por enormes trombas de água. Os diques que foram construídos após a tragédia do Katrina conseguiram suster a força das águas e resistiram à intempérie.

A zona de Plaquenines Parish, a 95 quilómetros de Nova Orleães, parece ter sido a mais fustigada pelo furacão. "Nunca vimos nada como isto, nem mesmo com o Katrina", afirmou o autarca Billy Nungesser, citado pelo "The New York Times". "As zonas que não inundaram com o Katrina inundaram agora com este furacão", explicou.

Desde 2005, quando o Katrina matou 1800 pessoas e deixou a cidade de Nova Orleães completamente inundada, que as autoridades levam muito a série todas as ameaças climatéricas.

O Isaac atingiu na noite de terça-feira o sudeste do estado do Luisiana e deixou cerca de 180 mil lares sem eletricidade. Depois da passagem pela cidade de Nova Orleães, o furacão perdeu força e transformou-se em tempestade tropical.

Fonte: DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:22

Quarta-feira, 29.08.12

Tufão fez 15 mortos na Coreia do Sul

Pelo menos 15 pessoas morreram, entre as quais cinco pescadores chineses, e uma dezena está desaparecida na Coreia do Sul na sequência da passagem do tufão "Bolaven", que deixou sem eletricidade 1,76 milhões de lares.




O tufão "Bolaven" causou chuvas torrenciais e fortes ventos até 186 quilómetros por hora que derrubaram árvores, postes de iluminação e telhados, provocaram danos em várias embarcações de pesca e obrigaram ao cancelamento de vários voos e suspensão do sistema de transporte público, informou a agência noticiosa Yonhap.

Entre as vítimas estão cinco pescadores chineses, cujas embarcações naufragaram, tendo 18 sido resgatados com vida, mas 10 continuam desaparecidos.

De acordo com um despacho da agência noticiosa oficial norte-coreana KCNA, a Coreia do Norte também foi afetada pelo tufão, com fortes ventos e chuvas registados em praticamente todas as áreas do país, não tendo sido avançado qualquer dado sobre vítimas ou danos materiais.





Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:10


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Tags

mais tags