Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Segunda-feira, 12.03.12

Subsídio Não Resolve Problema dos Bombeiros de Castro Daire


Associação de Bombeiros acusa Câmara de ter agido tarde e quer compromissos da parte do Governo.

Os bombeiros de Castro Daire já têm verbas para o gasóleo. O subsídio dado pela autarquia, de cerca de quatro mil euros, permite atenuar a dívida ao fornecedor de combustível. A solução é apenas temporária e a corporação reivindica outras medidas ao Governo.

A verba, que demorou a ser atribuída, não é suficiente para sanar a dívida na totalidade. Em declarações à Renascença, o presidente da Associação de Bombeiros de Castro Daire, António Pinto, critica o tardio pedido do subsídio pela autarquia.

“O presidente da Câmara andou duas semanas a brincar com o fogo” e, ao fim deste período, “verificou que de facto era melhor arranjar um subsídio”, acusa António Pinto.

“O subsídio vai atenuar só qualquer coisa: são quatro mil euros e estamos a dever 36 mil. Corre-se o risco de mandar o pessoal embora, talvez já este mês”, alerta.

O presidente da Associação de Bombeiros exige, por isso, outros compromissos por parte do Estado português que vão além dos subsídios do totobola: “Castro Daire recebe 2.262 euros [subsídios do totobola], que dava para pagar isto tudo. Hoje isso não dá para pagar a crise”.

Após duas semanas a racionar o uso de viaturas, os bombeiros de Castro Daire podem voltar ao activo, mas só por enquanto.


Fonte: RR

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:26


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags