Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sábado, 05.03.11

CONAC: Quem Sera o Senhor Que Se Segue?

Corria o mês de Outubro de 2010, quando (ainda que sem grande surpresa para alguns…) o Ministério Publico decidiu abrir um inquérito tendo como base as investigações a algumas suspeitas da prática de ilícitos pelo então Comandante Nacional de Operações de Socorro (CONAC), Dr. Gil Martins. Da fase de investigação á constituição de Arguido em processo-crime foi um pequeno passo.

Avistava-se então, profundas mudanças no comando da Autoridade Nacional de Protecção Civil. Houve até quem dissesse, que “as águas de Carnaxide andavam por estes dias demasiado revoltas”, talvez não se tenha enganado.
Vítor Vaz Pinto, Comandante Distrital de Operações de Socorro de Faro (CODIS), assumiu funções interinamente. Esperamos, que de provisório não passe a definitivo. Pelos lugares onde passou, não deixou saudades. É parco em provas no seio da Protecção Civil. Tem como “cabeça de cartaz” a sua vincada arrogância que em nada se coadunam com a missão agora desenvolvida.

Somos um pais, por tradição, habituado ao rumor, ao boato. No entanto, não há fumo sem fogo, e corre pelos corredores mais recônditos da ANPC que o lugar deixado (felizmente!) vago pelo Dr. Gil Martins já tem quatro “candidatos”:

- Elísio Oliveira, CODIS de Lisboa, Ex-Comandante dos Bombeiros Voluntários de Algueirão - Mem Martins. Homem conceituado no meio dos bombeiros. Formado como pessoa e como líder nos bombeiros. Comandou recentemente as equipas de socorro Portugueses deslocadas para o sismo do Haiti. Podemos afirmar, “que se trata de um dos nossos em quem mais podemos confiar”. Talvez por isso, a sua nomeação para o cargo esteja ameaçada.

- José Manuel Gomes, CODIS de Leiria. Licenciado em Protecção Civil. Senhor de um currículo invejável aos olhos de muitos, quiçá, o mais conceituado de Portugal. Ex-Comandante dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça onde deixou carisma, garra e uma linhagem de bombeiros exemplares. Á semelhança de Elísio Oliveira, cresceu no e para os bombeiros vivendo intensamente a nossa farda. É, ao que tudo indica, o mais bem colocado elemento afecto (de raiz) aos bombeiros, para desempenhar a função de CONAC. Tem contra si o facto de não reunir consenso quanto ao seu perfil para Comandante Nacional, fundamentalmente pelos seus vizinhos do Distrito de Santarém (que defende o ingresso de Joaquim Chambel, actual CODIS Santarém) e o facto de estar conotado com o Partido Social Democrata (PSD).

- Joaquim Pereira Leitão, Coronel do exército e actual Comandante do Regimento Sapadores Bombeiros de Lisboa (RSB). Militar de gema. Homem disciplinado bem “á moda militar”. Diz quem lida de perto, “que em cada detalhe que ostenta, esta a diferença entre o bom e mau”. Foi nomeado, em comissão de serviço, 2.º Comandante Nacional de Operações de Socorro (2.º CONAC) da ANPC no já longínquo ano de 2006, onde se manteve até 2008. Experiência é algo latente neste Coronel de 50 anos de idade. Encontra-se bem colocado para segurar o cargo.

- António Paixão, Tenente – Coronel da Guarda Nacional Republicana. Comandante do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro (GIPS/GNR). Pessoa de trato fácil. Humilde. Coerente em cada decisão. Lider exemplar de homens. “Amado” pelos militares dos GIPS. Imprime sobre cada acção o melhor de si. Teve intervenções infelizes (nos incêndios de 2010 no Gerês), onde pôs em causa o trabalho desenvolvido pelos bombeiros, no entanto isso não mancha a sua relação com os "senhores de vermelho". Conseguiu impor a ideia de uma força militar de socorro. É da confiança extrema do Ministro da Administração Interna, Dr. Rui Pereira. Tem contra si a pouca experiência no sector da Protecção Civil. Será, para muitos, o preferido e mais bem posicionado para avançar. Deixa a sensação que o sector da PC e os bombeiros em concreto, teriam muito a ganhar... 

Perspectivam-se novos episódios, onde a próxima semana trará novidades quanto ao novo timoneiro da Protecção Civil Portuguesa.

Aguardemos para ver qual será a decisão do Ministro da Administração Interna.
 
in: BPS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:56


2 comentários

De Anónimo a 13.03.2011 às 23:10

Uma correcção e uma adenda:
1º - Desconheço se o Sr. Elisio Oliveira comandou Algueirão, no entanto sei que comandou o CB da Amadora (ano de 2000);
2º - O CODIS de Leiria não é José Manuel Gomes, mas sim José Manuel Moura; NUNCA FOI comandante dos bombeiros de Alcobaça. Foi, sim, comandante dos bombeiros de Caldas da Rainha.

De Luís Abreu a 20.03.2011 às 23:16

O Nome Completo do CODIS de Leiria é:
José Manuel do Vale Moura Ferreira Gomes

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




Tags

mais tags