Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 28.03.12

“Em matéria de apoios e direitos, os Bombeiros estão esquecidos”

“Em matéria de apoios e direitos, os Bombeiros estão esquecidos.” Marco Maia, que recentemente aceitou o convite para assumir o comando dos Bombeiros de Oliveira do Bairro, foi perentório durante a sessão comemorativa do 38.º aniversário da Associação Humanitária, no dia 25 de março, em Bustos. “Urge olhar de uma forma séria para o setor dos Bombeiros. Às vezes, parecemos órfãos relativamente à Proteção Civil, os Bombeiros não têm quem verdadeiramente os represente, e não me parece que a Autoridade Nacional de Proteção Civil seja a solução”, afirmou o comandante interino, ressalvando que os Bombeiros precisam “de uma organização própria”. Palavras convictas de quem aceitou suceder a António Gomes, com a “consciência de que este cargo é muito exigente em vários aspetos”, mas confiante de que “estou preparado para enfrentar esta nova situação”.
As dificuldades financeiras foram um ponto sempre presente nos discursos da tarde. Caberia ao vice-presidente da direção, Marcos Gala, frisar que só com “muito trabalho e dedicação” e através de uma “gestão de rigor” esta direção tem conseguido satisfazer as reponsabilidades e compromissos assumidos. E, “pouco a pouco, temos modernizado os nossos equipamentos”, com destaque para a frota automóvel e equipamentos de socorro nela instalados. E, na ocasião, seria apresentado (e benzido pelo pároco de Bustos, Pe. Manuel Arlindo) mais um veículo de transporte de doentes, “pago a pronto”.
Para breve (dentro de quatro meses) está prevista a apresentação do “há muito desejado” Veículo de Salvamento e Apoio Tático, conseguido através de fundos do QREN, de um peditório no concelho (cuja contabilização de receitas está a ser ultimada) e do apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro.
Marcos Gala aproveitaria ainda para, publicamente, agradecer a António Gomes e Nelson Oliveira (ex-comandante e adjunto do comando) o desempenho das suas funções “com todo o saber e empenho”, desejando ao novo comandante, Marco Maia, “toda a sorte e felicidade do mundo”.
Aproveitando o dia de aniversário, foram distinguidos, com Medalha Grau Cobre 5 anos, por bom e efetivo serviço, os Bombeiros de 3.ª, Wilson Pires; Demitro Romanovsky; Andreia Maranho; Sérgio Machado; Pedro Araújo; Tânia Pontes; Ricardo Martins; Jorge Ferreira; e Aurélio Gonçalves. A Medalha Grau Prata 10 anos coube ao Bombeiro de 3.ª Paulo Marques; e o Bombeiro de 2.ª, Bruno Conceição, receberia a Medalha Grau Ouro 15 anos.
Após a sessão solene, e fazendo-se anunciar pela Fanfarra dos Bombeiros de Ovar, o corpo de bombeiros e as viaturas desta Associação desfilaram pela Rua 18 de Fevereiro, culminando a tarde com diferentes simulacros (emergência pré-hospitalar e incêncio), no adro da Igreja de Bustos.
Este ano, deu-se continuidade ao ciclo de descentralização das comemorações, que visa aproximar a Associação da população do concelho. Depois de Palhaça, Oiã, Troviscal e Bustos, o próximo aniversário será assinalado na Mamarrosa.
 
Fonte: Jornal da Bairrada por Oriana Pataco

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:38



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags