Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 24.12.12

Carta de criança endereçada ao Pai Natal comove bombeiros, e sonho é realizado

A cartinha enviada ao Corpo de Bombeiros de Vilhena, por uma garotinha de apenas 6 anos de idade, emocionou a todos. No interior da carta, não havia um pedido de boneca, ou qualquer outro brinquedo. Na cartinha havia um pedido para o pai e para a mãe da garotinha.

Na cartinha, Patrícia conta a triste história em que foi acometida sua família, há dois anos, quando eles moravam em São Paulo, o seu pai, Orlando Martins Leal, 52, foi assaltando, e os bandidos o espancaram, quebrando os ossos da sua face.

O senhor Orlando, a partir de então nunca mais pôde ter uma vida normal. Devido ao espancamento, ele teve que colocar 32 parafusos na cabeça, e 6 placas de platina no rosto, além de ficar surdo de um ouvido.
A família se mudou para Vilhena, fugindo da violência de São Paulo, mas sem instrução escolar, e seu Orlando com sérios problemas de saúde, a família vinha passando por muitas dificuldades financeiras. A dona Sandra, sempre ajuda fazendo faxina na casa das pessoas, e seu Orlando sai todos os dias pela manhã, em busca de trazer alimento para casa. Mas nem sempre consegue. 
 
Debilitado, ele chora, ao ver a pequena patrícia querendo o “tete”, o leite dela. A família tem uma carroça, e com ela, eles catam papelão, a fim de ser vendido para reciclagem, mas o dinheiro é pouco. Dona Sandra conta que uma roçadeira resolveria, e muito, os problemas de dinheiro deles, uma vez que é um serviço que o senhor Orlando consegue fazer, e pode dar uma boa renda por mês. “Queremos trabalhar, para não depender da boa vontade das pessoas, queremos depender de nós mesmos”, afirma dona Sandra.
 
O pedido inusitado da pequena Patrícia, emocionou a equipe dos Bombeiros, que inicialmente se mobilizaram e fizeram uma “vaquinha” para comprar a roçadeira. Mas a generosidade graças a Deus, está no coração das pessoas, e a Disavel de Vilhena, sem delongas doou a roçadeira para a família.
A entrega da roçadeira aconteceu na tarde desta sexta-feira, 21, e de surpresa, os Bombeiros foram até a casa da família, realizar a entrega da máquina e de uma cesta básica. Dona Sandra de debulhou em lágrimas, Patrícia vibrou de felicidade ao ver o Papai Noel dos Bombeiros acompanhado da mamãe Noel. Seu Orlando não estava em casa, pois foi na Secretaria Municipal de Assistência Social-SEMAS, para tentar conseguir uma cesta básica.
O Bombeiro Militar, soldado Anderson Gomes Baltazar, a primeira pessoa a ler a cartinha de Patrícia, disse que se encantou com a sinceridade da carta.” Ela me comoveu”, conta.
 
Dona Sandra distribuiu obrigados ao Bombeiros e à Disavel. “Vocês não me deram uma roçadeira, vocês me deram o alimento, o leite, e o remédio da minha filha, vocês deram condição para que minha família vivesse com mais dignidade”, disse dona Sandra, emocionada.

A roçadeira é avaliada em R$ 850,00 e, com a renda da família, que além de tudo ainda paga aluguel da casa em que moram. Somando água, luz e aluguel da casa que a chega a R$ 320,00 reais por mês, os bicos que o casal faz não daria para comprar a máquina. “Vai ser o nosso ganha pão”, falou dona Sandra, segurando a roçadeira na mão.

Veja abaixo a cartinha endereçada ao Papai Noel, escrita por Patrícia Pessoa Martins Leal, de 6 anos de idade, moradora da Rua Quintino Bocaiuva, no Bairro Embratel em Vilhena. Patrícia escreveu a carta com ajuda da mãe, Sandra Aparecida Pessoa, 43.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 08:38



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags