Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quarta-feira, 10.08.11

Fogo destrói dois carros e obriga bombeiros a fugir

Duas viaturas de combate a incêndios ficaram completamente destruídas durante um fogo de grandes proporções, nesta terça-feira, em Carvalho de Egas, Vila Flor, Bragança. Dez bombeiros tiveram de fugir das chamas. Um adjunto de comando ficou ferido, com queimaduras no rosto.

Na altura em que os veículos começaram a arder, estavam no interior dez bombeiros, cinco em cada viatura. Os homens foram surpreendidos pela direcção das chamas e, quando se aperceberam de que estavam a ficar cercados, e com a situação a ficar incontrolável, abandonaram os carros, que ficaram destruídos. As tentativas para suster as chamas revelaram-se infrutíferas.


"Era uma frente de grandes proporções, com chamas muito altas e muito fortes que quase impediram a fuga dos efectivos", acrescentou uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS). Os bombeiros conseguiram fugir e resguardaram-se em locais "que ainda tinham alguma segurança, apesar de a situação ser perigosa". O adjunto de comando da corporação de Vila Flor sofreu queimaduras no rosto. O bombeiro foi transportado ao hospital para receber tratamento médico.

Os carros de combate, um Baribbi da corporação dos Bombeiros de Macedo de Cavaleiros, e um Iveco dos Voluntários de Vila Flor, ficaram totalmente calcinados. A perda total das viaturas representa um grande prejuízo para as corporações, pois cada uma custa cerca de 120 mil euros.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro, o incêndio deflagrou às 13.40 horas, foi combatido durante a tarde por equipas terrestres e helitransportadas, 60 bombeiros, 4 GIPS e 16 veículos operacionais de várias corporações de Bragança.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:16


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags