Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 11.08.11

Mais de 170 Bombeiros Combatem Incêndio em Miranda do Corvo

Um incêndio em Tábuas, concelho de Miranda do Corvo, distrito de Coimbra, encontra-se, nesta altura, próximo de um povoamento florestal, segundo o site da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC). O fogo, que começou ontem, cerca das 21h30, já obrigou ao envio de um helicóptero bombardeiro pesado, pelas 6h39 de hoje. No terreno encontram-se 178 homens e 48 veículos operacionais.

Entre os fogos mais significativos que nesta altura lavram no país, existe outro em Abrunhosa-a-Velha, concelho de Mangualde, Viseu, com duas frentes de mato. Enfrentam-no 51 homens com 15 veículos.

O terceiro incêndio registado pelo site da ANPC decorre em Carvalhinho, Vila Real. Com apenas uma frente de mato, está a ser atacado por 90 homens, com 24 veículos, e por um helicóptero bombardeiro.

Vinte concelhos de Portugal continental estão hoje com risco máximo de incêndio, segundo o Instituto de Meteorologia (IM), um dia depois de ter sido alcançado o recorde de fogos este mês. Coimbra, com Miranda do Corvo, Arganil, Góis e Pampilhosa da Serra, e Viseu, com São Pedro do Sul, Castro Daire, Vila Nova de Paiva e Cinfães, são os distritos com mais concelhos em risco máximo de incêndio: quatro.

Depois surgem os distritos de Castelo Branco e Leiria, ambos com três concelhos em alerta máximo, seguidos de Santarém e Aveiro, com dois, e de Guarda e Aveiro, cada um com um. Todos os distritos, com excepção de Lisboa, têm concelhos com risco muito elevado.

Ontem, a ANPC registou 266 incêndios que foram combatidos por 4708 bombeiros.

A ANPC colocou, anteontem, o país em alerta amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, devido às previsões de tempo quente e diminuição de humidade. Este aviso serve ainda de alerta para o dispositivo especial de combate a incêndios até às 21h de amanhã.

Para hoje, o IM prevê céu pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade na região Sul a partir da tarde onde há possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoadas e pequena descida da temperatura máxima nas regiões do litoral Norte e Centro. O Porto vai chegar hoje aos 31 graus, Lisboa aos 32 e Faro aos 31.

O risco de incêndio determinado pelo IM engloba cinco níveis, variando entre “reduzido” e “máximo”. O cálculo deste risco é feito com base nos valores observados às 13h, na temperatura do ar, na humidade relativa, na velocidade do vento e na quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

fonte: Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:00


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags