Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 18.01.11

Bombeiros Voluntários de V. P. Âncora: Obras no Quartel

O Quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora está em obras. Os vereadores Flamiano Martins e Mário Patrício visitaram a empreitada que tornará o quartel mais funcional, prático e atractivo, potenciando assim a participação de mais voluntários. A intervenção está orçada em 439.095,29 euros. Todos os membros da corporação de Bombeiros de Vila Praia de Âncora, quer masculinos como femininos, terão “melhores condições para a prestação de serviços de auxílio e socorro”. Esta é a convicção de Flamiano Martins, vice-presidente da Câmara de Caminha e responsável pelo pelouro da Protecção Civil. Haverá também um espaço mais dedicado ao convívio que terá como objectivo o cultivo das amizades no seio da comunidade dos bombeiros voluntários. Desta forma, a direcção pretende renovar os quadros e aumentar o efectivo, que neste momento conta com 30 bombeiros, atraindo mais jovens para a causa humanitária. O edifício, apesar de ter apenas 30 anos de existência, está desactualizado. Apresenta fragilidades ao nível do conforto e da salubridade necessárias ao desenvolvimento das actividades de protecção e socorro à população. Ou seja, não contempla segurança contra incêndios, não possui acessibilidades para utentes com mobilidade reduzida e não reúne as condições necessárias para albergar o número crescente de bombeiros, designadamente os elementos do sexo feminino. Para além disso, a torre de treinos é um espaço desaproveitado, uma vez que já não é utilizado para o efeito. Trata-se de uma remodelação que vai custar 439.095,29 euros. O investimento é co-financiado em 70%, do valor elegível, pelo Fundo de Coesão, sendo a restante quantia (131.728, 25 euros) suportada pela Câmara de Caminha. Para além da requalificação deste quartel, a Câmara Municipal de Caminha vai também comparticipar as obras no Quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Caminha. Estas obras vão custar 383.406,17 euros, e são co-financiadas em 70%, do valor elegível, pelo Fundo de Coesão, sendo a restante quantia (115.021,85 euros) suportada pela Câmara. Deste modo, a requalificação dos dois quartéis vai custar 822.501,46 euros, co-financiados em 70% do valor elegível pelo Fundo de Coesão, sendo a restante quantia (246.750, 10 euros) suportada pela Câmara.

in: presspoint

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:50


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags