Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Sexta-feira, 27.01.12

Bombeiros encontram sétimo corpo no Rio

Até agora, quatro homens e três mulheres foram encontrados sem vida nos escombros de edifícios que ruíram na quarta-feira

Subiu para sete o número de corpos resgatados pelo Corpo de Bombeiros no Rio de Janeiro. Na manhã de hoje, mais uma pessoa foi retirada sem vida dos escombros dos edifícios que ruíram na noite de quarta-feira. Das vítimas resgatadas, três ainda não foram identificadas.

Outras 21 pessoas continuam desaparecidas. Seis pessoas ficaram feridas no acidente, mas apenas uma permanece internada. Cristiane do Carmo foi transferida do Hospital Souza Aguiar para a Casa de Saúde Portugal, na zona norte da capital. O quadro dela e estável.

Caminhões da prefeitura já removeram 30% dos escombros, e a expectativa é que todos os resíduos sejam retirados até o começo da próxima semana.

Enterro

Ainda nesta sexta-feira, a primeira vítima identificada será enterrada. Trata-se de Celso Renato Cabral Filho, de 46 anos. Ele foi o primeiro corpo liberado pelo IML do Rio de Janeiro, e será enterrado no Cemitério do Maruí, em Niterói.

Celso Renato Cabral Filho, um dos seis mortos na tragédia, era chefe do departamento pessoal de uma empresa. No momento do acidente ele queria "dar exemplo" aos funcionários e trabalhava até mais tarde.
A esposa dele está sedada e não sabe da morte de Celso. 

O governo do Estado decretou luto de três dias em memória às vítimas do desmoronamento.

Risco

A Defesa Civil esvaziou mais um prédio comercial no centro do Rio de Janeiro. O imóvel está localizado a menos de dois quarteirões do local onde os edifícios desabaram. Os funcionários que deixaram o local, na rua Senador Dantas, relatam que há fumaça e forte cheiro de queimado no prédio, de nove andares. Ainda não há confirmação da Defesa Civil sobre o motivo da ordem de evacuação do edifício.

Quatro pessoas foram resgatadas com vida na noite de ontem e foram levadas ao Hospital Municipal Souza Aguiar. Alexandro da Silva Fonseca, que foi encontrado no elevador de um dos edifícios, já recebeu alta. Outros dois homens e uma mulher continuam internadas, mas sem gravidade.

Mais duas pessoas que estavam próximas aos edifícios também se feriram. Francisco Rodrigues, de 37 anos, foi atendido no Souza Aguiar e recebeu alta na noite passada. 

Uma sexta pessoa sofreu ferimentos leves e buscou atendimento no Hospital Estadual Getúlio Vargas. Após ser atendida, recebeu alta ainda na noite de ontem.

Irregularidades

Um dos edifícios que desabou ontem vinha passando por obras irregulares. A informação é do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), que enviou engenheiros para avaliar as causas do acidente. A última vez que o local passou por intervenções autorizadas pelo órgão foi em 2008.

A área de isolamento foi ampliada na manhã de hoje, por risco de vazamento de gás. Cerca de 70 agentes continuam atuando na busca por vítimas. 

O desabamento ocorreu por volta de 20h30 na avenida Treze de Maio, próximo ao Theatro Municipal, que não sofreu danos em sua estrutura.

Fonte: Band.com.br

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 13:59



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Tags

mais tags