Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 22.07.12

A realidade das chefias aos olhos da base

Depois de tanto fogo, depois de tantas horas de angústia entre o colega que se aleijou, o carro que capotou e infelizmente a camarada que faleceu, não aguentei e apetece-me saltar a minha raiva interior.
O alvo é simples... Sr's Imobilistas, Velhos do Restelo e Feudalistas do Sistema de Comando Operacional. Anos de comando, anos de coordenação, experiência ali, aqui e acolá.
Não resisto a dizer-vos que é graças a pessoas como vós que jovens como eu e muitos estamos fartinhos até ao osso das vossas novelas de Bombeiros, no fundo vocês lutam por vocês e não por nós, lutam por um lugar no vosso estrelato da descoordenação, fomentando nas estruturas imediatamente inferiores a confusão, a rebelião, a chatisse, a intriga e a mesquinhez.
No fundo interessa, vocês são os melhores e têm os melhores Bombeiros do mundo, em todos os aniversários dos Vossos GRANDES, ENORMES Corpos de Bombeiros, ouço o mesmo... a mesma lenga lenga motivacional da treta, para o ano inteiro andarem a lixar aqueles que realmente são bons e que para vós contituem uma séria ameaça!
Mas isto é como tudo e uma pequena vila feudal, com um lider verdadeiramente feudal, mais cedo ou mais tarde acaba mal... Mata aqui e ali, ou melhor, isento de coragem manda matar... mata e mata e mata, protege os mais velhos, ficam os velhos, os leais, os sempre presentes. Vem a altura em que é necessário semear os terrenos da vila feudal e quando se olha para trás nenhum está disponível para cavar. Já lhe doiem as cruzes... Matou-se o jovem porque tinha opinião, o outro porque estudava latim, o outro porque se davam com o que tinha opinião e um grupo deles porque até gostava de também em conjunto Estudar Latim.
Enfim os tempos não mudaram e o feudalismo apesar de encaputado está presente. Somos a geração de bombeiros mais bem formada em Portugal e isso incomoda gentes e estruturas, abana-as da forma como estão organizadas, hoje temos elementos de comando novos, cheios de capacidade, com vontade e determinação. Com sabedoria, conhecimento e organização, são eles capazes de fazer mais e melhor do que alguma vez foi feito. Eles dominam o Sitac, os utensilios gráficos, realizam o FLOMA como ninguém... "MAS ESTA NA ALTURA É DE SILÊNCIA-LO... Está a voar alto, mais alto que os Sr's Feudais e se ele resolve eu saio de cena"...
Esta é a mentalidade que se vem repercutir mais abaixo na estrutura entre chefes e Bombeiros e os putos...
Os putos cada vez se identificam menos com a palhaçada de serem enxovalhados por tipos que não conseguem dizer batata três vezes, quanto mais saberem o que é e como se faz um POSIT... Porque até as coordenadas tem de ser o puto a dar que não se pesca nada do SIRESP.
Infelizmente assisto à desmotivação de jovens bons, muito bons, futuros grandes bombeiros e já me enfio no saco...

Fartinho disto...

Nuno Tiago Simões

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:08


2 comentários

De Ricardo a 29.09.2013 às 13:34

Disse...e muito bem!
Esta é a verdadeira realidade...e não aquela, que se vê em "estudos", quando os alvos do estudo, passam apenas pelos 10% que são os quadros de Comando e Chefia.
Os outros 90%, aqueles que têm uma opinião bem diferente, do resultado desses estudos, por serem "pequenos", são descartados...mas não é por não interessarem...é porque dizem umas verdades que incomodam...enfim...bombeiros...

De Xatiado a 29.09.2013 às 14:51

De facto apercebo-me bem disso e só estou à um ano nesta vida é difícil pedir ajuda a um mais graduado porque em vez da ajuda vem logo o machado, a quando se discorda que algo esta mal feito boquinha calada senão lê vem machado outra vez no final ate era como o novo pensava mas isso conta 0, quando se fala que algo correu mal num grupo que a culpa foi do superior a sentença final vem sempre que foi o mais novo de facto ate podem 100 novos dizer que foi o superior mas basta o superior dizer que foi um novo já esta a sentença dada 1 para 100 o que conta é o galões.
Venho a ficar farto de corjas, intrigas, mentiras, chefias, comandos, etc...
Aproveitem mas é bem o que tem praticamente de borla, porque nem é toda a gente quem vem para ser mal pago, maltratado e ainda prestar um bom serviço. Falo por mim e por muitos mais que estão na mesma situação. Quando me perguntaram porque queria vir para os bombeiros eu respondia é uma força interior que tenho para poder ajudar os outros sejam eles quais forem, agora quando me perguntam ate tenho vergonha de lhes responder mas a vontade era de lhes dizer não faço a mínima ideia o que me passou pela cabeça para me vir meter aqui, praticamente deixo o meu trabalho que me põe o pão na mesa e me paga as contas para vir receber uma esmola, passar dias a fio a ser humilhado do e mal tratado por quem tem galões já para não falar que tudo o que se faz é mal feito mesmo que ate esteja bem e no final de tudo o que conta não é a verdade mas sim os galões.

De facto se isto não muda daqui a uns tempos ate os tailandeses vão para bombeiros porque os portugueses já não aguentam mais

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags