Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quarta-feira, 02.01.13

Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste tem novo Comando Acácio Coelho novo Comandante do Corpo de Bombeiros

Condecoração do Estandarte dos Bombeiros do Sul e Sueste com a Fénix de Honra da Liga dos Bombeiros Portugueses

Em cerimónia realizada no passado dia 29 de dezembro decorreu a tomada de posse do novo Comando do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste (Barreiro).
“Não tendes apenas um novo Comandante, um novo 2º Comandante e um novo Adjunto de Comando! Tendes sim um COMANDO!” – sublinhou Eduardo Correia, Presidente da Direcção.

No decorrer da cerimónia procedeu- se à imposição de insígnias a seis bombeiros e a um estagiário que concluíram com aproveitamento o curso de Tripulante de Ambulância de Socorro (TAS), assim como à promoção de cinco Estagiários a Bombeiros de 3ª.
 
Em cerimónia realizada no passado dia 29 de dezembro decorreu a tomada de posse do novo Comando do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste (Barreiro).

Numa cerimónia de grande elevação, a qual contou com a presença, entre outros ilustres convidados, do Presidente da Câmara Muncipal do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho, do Comandante Distrital de Operações de Socorro, Dinis de Jesus, do Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, Rodeia Machado e do Secretário Técnico da Federação dos Bombeiros do Distrito de Setúbal, Comandante Rui Laranjeira, e perante uma brilhante formatura de quase uma centena de bombeiros, tomaram posse o Comandante Acácio Coelho, o 2º Comandante Caetano Beja e o Adjunto de Comando Bruno Loureiro.

A cerimónia iniciou-se com a imposição de insígnias a seis bombeiros e a um estagiário que que com o seu empenho e reconhecida capacidade, lograram recentemente concluir com aproveitamento o curso de Tripulante de Ambulância de Socorro (TAS). Este acréscimo do número de TAS no Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste, resultado de uma forte aposta na qualificação dos bombeiros, foi considerado fundamental para a consolidação da capacidade de prestação de socorro no âmbito do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM), melhorando significativamente a qualidade deste serviço. Foram então impostas as referidas insígnias aos seguintes elementos:
– Bombeiro de 2ª, André Filipe Candeias Marques
– Bombeira de 3ª, Nádia Filipa Salvador da Conceição
– Bombeiro de 3ª, Hugo André Ferreira Rodrigues
– Bombeiro de 3ª, Ricardo Miguel Marques Pimenta
– Bombeiro de 3ª, Fabian Raposo Diaz
– Bombeira de 3ª, Vanessa Raposo Diaz
– Estagiário, Francisco Carlos Baião

Outro momento de enorme relevância prendeu-se com a promoção de cinco Estagiários a Bombeiros de 3ª:
– Sara Catarina Mestre Madeira
– Micaela Andréia Martins Figueiredo
– Vanessa Sofia Fernandes da Costa
– Natalina Vitória Barradas Semedo
– Ricardo Felipe Carvalho Martins

As promoções foram tidas como um forte contributo para a renovação e para o crescimento sustentado do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste, tendo os bombeiros então promovidos jurado solenemente o lema “Vida por Vida” perante o Estandarte da Associação.

Fénix de Honra para o Estandarte da Associação

Foi então ocasião para serem anunciadas as condecorações ostentadas pelo Estandarte da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, a saber:
– Oficial da Ordem de Benemerência, por Decreto do Presidente da República de 5 de outubro de 1932
– Comendador da Ordem de Benemerência, por Decreto do Presidente da República de 21 de junho de 1946
– Medalha de Bons Serviços da Câmara Municipal do Barreiro, em 23 de julho de 1969, por ocasião das Bodas de Diamante
– Crachá de Ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses, em 25 de setembro de 1994, por ocasião do Centenário

Este anúncio serviu de mote à condecoração do Estandarte com a Fénix de Honra da Liga dos Bombeiros Portugueses, a qual havia sido aprovada por unanimidade pelo Conselho Nacional da confederação, reunido no dia 5 de outubro de 2012, em Rio Maior. Esta condecoração revestiu-se de um significado muito especial, somando-se na história da Associação a idêntica distinção atribuída no passado mês de fevereiro de 2012 ao Comandante do Quadro de Honra, Aníbal dos Reis Luis.

No alinhamento da cerimónia, seguiu-se a tomada de posse do novo Comandante do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste, Acácio Coelho, sendo feita referência ao seu percurso profissional de uma vida dedicada na Força Aérea Portuguesa ao socorro, enquanto Recuperador na Base Aérea nº 6 (Montijo). Viveu-se então um momento de grande emoção e significado, tendo o então Comandante em substituição, Adjunto de Comando Caetano Beja, passado o Estandarte ao novo Comandante com elevada solenidade.

Logo após, tomaram posse os novos 2º Comandante, Caetano Beja, e Adjunto de Comando, Bruno Loureiro, num momento de vincada carga emocional, por se tratar de bombeiros com um longo percurso de vida ao serviço da causa.

Uma vez terminada a cerimónia de Tomada de Posse do Comando, na sua alocução, o Presidente da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, Eduardo Correia, frisou que ao longo da rica e inolvidável história de quase 119 anos, os bombeiros do Sul e Sueste sempre souberam, com particular resiliência e determinação, lutar e encontrar meios para continuarem a desempenhar a sua nobre missão, correspondendo a cada chamada de socorro com a maior disponibilidade. Referindo que a memória da Associação e do Corpo de Bombeiros está repleta de episódios de relevo, quer nas ações coletivas, quer nas ações individuais, justificou assim a justiça feita pela Liga dos Bombeiros Portugueses ao ter distinguido o Estandarte da Associação com a Fénix de Honra, motivo de grande orgulho, espelhando o reconhecimento pelo passado e a confiança depositada no futuro.

O Presidente da Direção, dirigindo-se ao novo Comando, aos bombeiros e aos convidados referiu que a Associação e o Corpo de Bombeiros têm um projeto e uma estratégia clara, sempre com os olhos postos não em si próprios mas antes da população que servem, da qual emanaram e afinal para a qual se justifica a sua existência.

Destacando algumas das ações encetadas pelo Comando indigitado entre meados de julho de 2012 e o momento da tomada de posse, numa alusão à excecional forma de trabalho em equipa desde logo posta em prática, o Presidente da Direção referiu que muitos dos objetivos definidos para 5 anos se puderam concretizar e consolidar não nesse período mas antes em 5 meses, exemplificando com o fato de ter sido possível completar perto de 6.500 horas de formação, formando nas mais variadas matérias 123 bombeiros, sendo que para além da formação gratuita ministrada pela Escola Nacional de Bombeiros, a Associação também investiu vários milhares de euros em ações de formação propinadas.

Mas estava reservado para o final da alocução um anúncio de enorme importância para o Corpo de Bombeiros: o fato de no dia 18 de dezembro de 2012, por Despacho da Diretora Nacional de Bombeiros, ter sido autorizado o alargamento do Quadro de Pessoal do Corpo de Bombeiros, suportado no estrito cumprimento da legislação em vigor e no número de bombeiros que cresceu sustentadamente por via de admissões e transferências nos últimos meses. Referindo-se a uma velha ambição de alguns, agora concretizada, informou que o Corpo de Bombeiros passou a Tipo 2, contando de ora em diante com uma estrutura operacional assente em 2 Companhias, 4 Secções, 8 Brigadas e 16 Equipas, situação que permitirá corresponder à justa e legítima expetativa de todos os bombeiros no que respeita à progressão nas respetivas carreiras.

Terminou com uma mensagem carregada de forte significado, dirigindo-se aos bombeiros em parada: “não tendes apenas um novo Comandante, um novo 2º Comandante e um novo Adjunto de Comando! Tendes sim um COMANDO!”

Seguiram-se as alocuções do Secretário Técnico da Federação dos Bombeiros do Distrito de Setúbal, Comandante Rui Laranjeira, que justificou a sua intervenção com o fato do Presidente da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, Eduardo Correia, ser simultaneamente Presidente da Direção da Federação dos Bombeiros do Distrito de Setúbal, do Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, Rodeia Machado, do Comandante Distrital de Operações de Socorro, Dinis de Jesus, e do Presidente da Câmara Muncipal do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho.

Por fim, usou da palavra o Comandante Acácio Coelho, traçando os princípios que presidirão à forma de saber ouvir, decidir e atuar do novo Comando do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste, numa lógica inabalável de funcionamento em equipa. Dirigindo se à Direção da Associação e ao Corpo Ativo, referiu que conta com o apoio de todos na mesma medida em que poderão contar com o empenho do Comando na prossecução dos objetivos traçados na Carta de Missão. Teve ainda oportunidade de agradecer a forma que classificou de muito amistosa e cordial como foi recebido no seio do Corpo de Bombeiros, desejando que a aposta da Direção num novo Comando possa ser correspondida com o sucesso do próprio Corpo de Bombeiros.

Houve ainda oportunidade para uma referência ao fato do Comandante Distrital de Operações de Socorro, Dinis de Jesus, deixar exercer essas funções no dia 31 de dezembro, por aposentação, tendo portanto a participação na cerimónia de tomada de posse do Comando do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste sido a sua última intervenção pública. Na ocasião, o Presidente da Direção e o Comandante empossado presenteram o Comandante Dinis de Jesus com uma caricatura, momento que acabou por servir de escape às fortes emoções de mais um dia histórico na vida do Corpo de Bombeiros vivido com grande intensidade.


por Rostos.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:49


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




Tags

mais tags