Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Segunda-feira, 29.08.11

Poema: "A um anónimo"

"A um anonimo"

Quando ocorre um incendio
Aquele fogo que arde e nós a ver
Por favor nao fique em silencio
E chame os bombeiros para nos proteger!

Guerreiros dos tempos modernos,
Corajosos,valentes destemidos!
Acreditem que só eles descem ao calor dos infernos
Para todos nós sermos protegidos.

Quem enfrentaria o fogo
Para salvar quem nao lhes diz respeito?
O que para nós é um desafogo
Para eles é um dia mais que perfeito!

Só o pior dos seres humanos
Nao compreende tamanha profissão.
Calem-se seus ignorantes e tiranos,
Pois eles podem ser a vossa salvação!

A todos aqueles tal como eu
reconheço tal valor
levantando-se do calor da cama
com um sorriso nos labios
Já venho amor!
Despedindo-se da mulher e filhos
pois quem sabe se volta
dessa luta sem fim
dessa guerra.
Quem é
Quem foi
Anonimo ou ignorado
e a morte o seu segredo encerra
todo o misterio do seu passado.

Autoria: Agostinho Sousa
CB Ermesinde ( Direitos reservados)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:40


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags