Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 27.03.12

Penacova: “As labaredas andaram perto”

FOTO: Ricardo Almeida
De repente, ao início da tarde de ontem, o fogo aproximou-se perigosamente da aldeia de Sernelha, Penacova. Os habitantes, que não têm memória de um incêndio daquela dimensão, viveram momentos de aflição, temendo pelos bens.

Acabaram por se tornar uma ajuda preciosa para os 150 bombeiros que combateram, com sucesso, o avanço das chamas.

Passavam poucos minutos das 15h00. Num ápice, o fogo que lavrava no vale começou a acercar-se de algumas casas da aldeia.

"As labaredas viam-se daqui, a 500 metros das casas. Andaram perto", contou ao CM José Rodrigues, morador numa zona central de Sernelha.

Vendo o incêndio cada vez mais perto, os habitantes pegaram em mangueiras, enxadas e tudo o que conseguiram para tentar travar o avanço das chamas. Só sossegaram quando o fogo se afastou.

António Simões, comandante dos Bombeiros de Penacova, assegurou que, apesar da proximidade, "as casas não chegaram a estar em risco".

O incêndio atingiu grandes proporções, consumindo eucaliptos e mato. Chegou a ter três frentes activas.

O facto de ser uma zona com grandes áreas de cultivo e terrenos limpos revelou-se determinante para o sucesso no combate às chamas.

por Helena Silva
fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:09


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags