Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 29.07.12

“Tempo seco” e mão criminosa aumentam número de fogos

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, atribuiu este domingo o aumento do número de incêndios às condições climatéricas extremas e à mão criminosa, rejeitando a ideia de que tudo se deve à falta de meios.

O "excepcional" número de ignições no país, sobretudo nos meses de Fevereiro e Março, deveu-se, sublinhou Miguel Macedo, ao facto de ser o tempo "mais seco e quente" dos últimos 81 anos. Este ano, disse, ao contrário do ano passado, as condições climatéricas são "mais adversas" e isso explica o aumento do número de "algumas" das ocorrências.
Miguel Macedo destacou ainda que nos seis primeiros meses já houve uma série de detidos por fogo posto e foram, também, identificados outros presumíveis responsáveis. “Estamos à alerta", adiantou.
O ministro da Administração Interna rejeitou que os incêndios se fiquem a dever à falta de meios. "Este ano, ao contrário do ano passado, temos mais equipas de intervenção e meios aéreos no terreno", garantiu.
Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:58


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags