Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sábado, 13.08.11

INEM acciona socorro distante

Um homem com cerca de 45 anos sofreu, a 31 de Julho, uma paragem cardiorrespiratória quando viajava numa estrada de Esposende. Dois dias antes, dia 29, ocorreu um acidente rodoviário em Mar, freguesia daquele concelho. Em ambas as ocorrências o Centro de Orientação dos Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) não accionou a ambulância dos bombeiros de Esposende, mas as viaturas da Cruz Vermelha (CVP) estacionadas nos concelhos vizinhos de Barcelos e Viana do Castelo.

A denúncia parte da corporação dos bombeiros e autarquia de Esposende, que pediram esclarecimentos ao INEM. Em causa está a rapidez do socorro.
Juvenal Campos, comandante dos Bombeiros de Esposende, afirma ao CM não entender porque o CODU "acciona meios que estão mais distantes". E explica: "Quando soubemos da paragem cardiorrespiratória, a viatura da CVP estava mais longe 14 km e chegou onze minutos depois da nossa ambulância, que fora accionada oito minutos antes. Significa que, se tivéssemos sido accionados, o socorro seria encurtado 19 minutos." O homem morreu no dia seguinte.

No caso do acidente, Juvenal Campos afirma que a ambulância da Cruz Vermelha estava mais distante "uns oito km". Acrescenta que o problema "é recorrente". O autarca de Esposende, Fernando Cepa, diz que o caso "é gravíssimo" e quer explicações do INEM.

O INEM afirma ao CM que a decisão é feita com base num sistema informático que avalia a localização da vítima e dos meios de socorro. "No caso da paragem cardiorrespiratória, a aplicação indica a Cruz Vermelha de Aldreu em 1º lugar, em segundo a CVP de Marinha e os bombeiros em 3º".

Fonte: Correio da Manhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 03:31


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags