Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 01.12.11

Cortejo de Oferendas Rendeu 90 Mil Euros aos Bombeiros

Terá sido dos cortejos de oferendas com menos participantes e onde se angariou menos verba, mas nem por isso o ambiente deixou de ser de festa.
 
Quem esteve na festa anual dos bombeiros voluntários das Caldas da Rainha, no passado dia 27, pôde assistir a uma cumplicidade entre todos os bombeiros, desde os infantes, cadetes, recrutas, bombeiros prontos, sub chefes, chefes e o seu comandante, José António. Vê-se o trabalho e respira-se bom ambiente e camaradagem no corpo de bombeiros, apesar de se viver numa época de crise financeira, mas ali não se vive uma crise de valores.

Por falar em valores, o cortejo de oferendas rendeu cerca de 90 mil euros, menos 10 a 15 por cento em relação ao ano passado, num reflexo da situação no país.

Abílio Camacho, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros das Caldas da Rainha, considerou que apesar da angariação ter sido menor, a verba é representativa para a vida e gestão dos bombeiros.

“As pessoas deram o que puderam. Ainda assim é uma boa verba para a gestão dos bombeiros e fazemos conta com ela no nosso orçamento. É uma lufada de ar fresco para nós”, disse.

Abílio Camacho quer agora adquirir uma nova auto-escada em segunda mão, estando em prospecção o mercado de usados na Holanda, França e de outros países do norte da Europa.

“Queremos uma nova auto-escada em segunda mão, porque nova em folha é impossível adquirir. A nossa auto-escada está muito velhinha e aproxima-se o Inverno e é quando ela tem mais utilização para os fogos em lareiras, exaustores e chaminés. A nossa tem de ser muito poupada e estamos a fazer pesquisas para ver se conseguimos arranjar uma auto-escada de 32 metros”, revelou. Um veículo com estas características em segunda mão poderá ser adquirido por 20 a 30 mil euros.

Abílio Camacho comentou ainda o facto dos caldenses residentes nas freguesias rurais continuarem a comparecer em grande número na festa no quartel, ao contrário daqueles que vivem na cidade.

“Fazemos um convite à população. Não sei quando é que a cidade se volta para os bombeiros. A cidade está um bocado desligada. A maioria que aqui está é das aldeias e são aquelas pessoas que mais contribuem no cortejo. Nós fazemos o convite geral à população e por isso acho que a população da cidade deveria de estar mais com os seus bombeiros”, afirmou.
Nesta festa estiveram os elementos do Grupo Motard São Rafael, a cantora Rebeca e diversos artistas locais que animaram o cortejo.

 
fonte: Jornal das Caldas

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:54


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags