Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sábado, 13.08.11

Judiciária deteve incendiário em Arganil

Trabalhador rural de 46 anos é suspeito de dois crimes de incêndio, um ocorrido em Março e outro em finais de Julho, ambos no concelho de Penacova.

Tem 46 anos, reside em Arganil, na freguesia de São Martinho da Cortiça e é agricultor, trabalhando “à jorna” (a dias), sempre que é solicitado, e foi detido pela Polícia Judiciária de Coimbra,  por suspeita de fogo posto.

Em causa estão dois crimes, ocorridos na vizinha freguesia de Paradela da Cortiça, concelho de Penacova, nos princípios de Março e nos finais de Julho.
De acordo com fonte ligada à investigação, da responsabilidade da Directoria do Centro da Polícia Judiciária (PJ), o primeiro incêndio, no dia 3 de Março, tendo em conta que ainda se estava no período de Inverno, não teve consequências muito significativas, apesar de terem ardido várias oliveiras e alguma floresta.

O mesmo já não aconteceu com o segundo, ateado no dia 28 de Julho, que atingiu uma área de floresta intensa, constituída especialmente por pinheiros e eucaliptos. Aliás, a rápida intervenção dos bombeiros, apoiados por meios aéreos, impediu que o fogo atingisse proporções mais significativas.

Em ambos os fogos, de acordo com a PJ, arderam cerca de três hectares.

Fonte: Diario de Coimbra

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:31


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags