Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 26.09.12

Bombeiros de Coja pedem ajuda aos portugueses

Os Bombeiros Voluntários de Coja, Arganil, estão a apelar aos portugueses para ajudarem na substituição da viatura que ardeu este mês num incêndio, precisando de 115 mil euros para comprar uma nova, revelou o presidente da associação.

Em Portugal, a campanha «Vamos ajudar os Bombeiros Voluntários de Coja» tem conta aberta na Caixa de Crédito Agrícola Mútuo (número 40074192570 e NIB 0045 3451 40074192570 09).

Jorge Matos Silva disse à agência Lusa que a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Coja (AHBVC) «acolheu uma campanha pública de angariação de fundos», promovida por uma cidadã natural da freguesia, Manuela Filipe, no sentido de permitir a aquisição do carro em falta.

No dia 15, quando se dirigia para o combate a um fogo florestal na vizinha freguesia de Barril do Alva, um carro da AHBVC foi destruído pelas chamas, tendo morrido de imediato a bombeira Patrícia Abreu, ficando feridos quatro colegas, um dos quais, Pedro Brito, com graves queimaduras, viria também a morrer ao fim de cinco dias de internamento hospitalar em Coimbra.

Matos Silva disse que a associação espera receber 25 mil euros de comparticipação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), devendo reunir os restantes 90 mil euros com os donativos que receber no âmbito da campanha em curso.

O presidente dos Bombeiros de Coja realçou que o apelo à solidariedade das pessoas, encetado pela conterrânea Manuela Filipe, está a ser divulgado de diversas formas, sobretudo através da rede social Facebook.

A associação espera receber dádivas «de todo o país», especialmente das zonas onde tem participado no combate a incêndios ao longo dos anos, como Minho e Trás-os-Montes e Alto Douro. «Se todos dessem um euro, era muito bom», observou.

A campanha é também dirigida aos compatriotas radicados no estrangeiro, designadamente em Inglaterra.

Das seis viaturas de que a AHBVC dispunha, «duas ficaram inoperacionais» nos últimos incêndios, no concelho de Arganil.

Além do carro que ardeu, um outro deixou de poder ser usado, pois «o depósito da água, que era em fibra de vidro, rompeu-se», contou Matos Silva.

A substituição do depósito, com capacidade para 4.500 litros de água, importará em 29.500 euros, o que leva a associação a necessitar que «que a campanha de solidariedade se mantenha aberta» por tempo indeterminado.

Matos Silva revelou que, logo após o acidente que destruiu um carro e causou a morte de dois bombeiros, os moradores de Digueifel, uma povoação do concelho de Oliveira do Hospital habitada por ingleses e portugueses, entregaram à associação um donativo de 733 euros.

«Tem sido extraordinário, muita gente tem aderido», adiantou.


NOTA DA ADMINISTRAÇÃO:

A Administração do DB, comunica e faz saber, que o Administrador António Francisco e Diana Rodrigues, iniciaram um processo no seu país de residência, Suiça, afim de conseguirem angariar uma viatura para o CB Coja.
Assim que se poder, mais informações dar-se-ão a conhecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 21:25



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30




Tags

mais tags