Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 24.07.12

INEM cria sistema de triagem inovador a nível internacional


Desde a primeira pergunta, poderá existir logo «peso» de gravidade suficiente para que a prioridade definida nesse instante justifique accionar logo um meio de emergência, mesmo enquanto continua a triagem telefónica e novas informações vão sendo acrescentadas, que poderão, inclusive, resultar num aumento subsequente da gravidade da situação e justificar o accionamento de um meio mais diferenciado. 

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desenvolveu um Sistema Inovador de Triagem Médica – o Telephonic Triage and Couseling System (TETRICOSY) -, apresentado, no passado dia 18, ao Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa, numa visita ao Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM. 

Em funcionamento desde o passado dia 9 de Maio nos CODU do INEM, o TETRICOSY visa uma avaliação rápida das condições clínicas das vítimas, de forma a estabelecer prioridades no accionamento dos meios de emergência médica. «Ao sistematizar-se, com algoritmos, todo o processo de triagem, aconselhamento e accionamento de meios de socorro, aumenta-se significativamente a objetividade do trabalho efetuado pelos CODU do INEM», divulga o INEM em comunicado. 

«Este novo sistema traz maior segurança, uniformidade, rapidez e possibilidade de auditoria ao trabalho efetuado pelos CODU do INEM», acrescenta o comunicado.

Vantagens

Entre as maiores vantagens deste novo sistema de triagem, o INEM destaca: 

· maior objetividade e padronização no atendimento das chamadas de emergência; 
· diminuição da aleatoriedade e da possibilidade de erro no tratamento das chamadas de emergência; 
· avaliação sistemática e criteriosa de todas as situações de emergência; 
· priorização precoce dos eventos, com diminuição nos tempos de resposta às ocorrências; 
· maior rapidez no accionamento de meios de emergência, com particular relevância nas situações de maior gravidade; 
· padronização do aconselhamento ao utente, muitas vezes tão importante como o próprio socorro à vítima.
Funcionamento 

Depois de correctamente identificada a localização da situação e dados genéricos sobre a vítima - género e idade aproximada - o Operador do CODU começa por verificar a eventual existência de situações de maior gravidade (ausência de respiração e estado de coma) e tem acesso aos algoritmos de triagem (como, por exemplo, o algoritmo de acidente de viação ou o algoritmo de dor toráxica), que vão encaminhá-lo, de uma forma padronizada e sistemática, na triagem telefónica. 

Cada um dos algoritmos está assente em grupos e subgrupos, com perguntas e respostas e, dependendo da sua sequência, é atribuído um peso de gravidade à situação e definidas as prioridades de accionamento de meios e os eventuais aconselhamentos que sejam adequados. 

Escolhido o algoritmo, ao Operador são sugeridas perguntas a colocar ao contactante. Com a resposta obtida, é assinalada uma das opções que o algoritmo apresenta. O processo repete-se com pergunta-resposta. Por cada resposta, o algoritmo atribui, mantém ou altera a prioridade da situação, sugere aconselhamento com texto e imagem e, se for caso disso, reencaminha para outro algoritmo de decisão, sem perder informação. 

Ou seja, nos primeiros segundos e assim que há informação que justifique o envio de uma ambulância, a mesma é accionada. Se entretanto, no decorrer do processo de triagem, surgirem dados que indiquem maior gravidade, é accionado um outro meio de emergência, mais diferenciado. 

Reconhecimento 

O TETRICOSY foi desenvolvido pelo INEM e validado pelo Colégio de Competência em Emergência Médica da Ordem dos Médicos, que considerou que estes algoritmos «contribuirão para a melhoria assistencial do doente e, mediante a garantia da manutenção do controlo médico do processo, constituirão uma mais-valia». 

«Pelo seu caráter inovador a nível internacional, o TETRICOSY foi patenteado pelo INEM junto do Instituto Nacional da Propriedade Industrial e está, actualmente, traduzido em inglês, francês e espanhol, permitindo a realização da triagem telefónica nesses idiomas, caso seja necessário», adianta o INEM.

Fonte: IGOV

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 19:33


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags