Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 11.01.11

Funchal: Bombeiros Municipais Equipados para Salvar Cidadãos

O secretário regional dos Assuntos Sociais reafirmou ontem a política do Governo madeirense em dotar as corporaçõesde bombeiros da Região com os meios necessários para garantir a segurança e salvamento dos cidadãos.
Foi no âmbito desta política que se inseriu a auto-escada que o Governo Regional entregou ontem aos Bombeiros Municipais do Funchal, em frente à Câmara.
Francisco Jardim Ramos aproveitou a ocasião para anunciar que, em 2011, serão entregues a corporações de bombeiros madeirenses mais quatro auto-macas, (sendo que uma delas é todo-o-terreno), uma viatura de comando e equipamento para a rede de salvamento costeiro.
Em termos individuais, o secretário regional acrescentou que irão ser entregues equipamentos de protecção para os bombeiros, o que lhes permitirá uma actuação mais segura e eficaz.
O governante salientou o «serviço notável» que os bombeiros têm prestado à população, muitas vezes pondo em risco a sua própria vida e deu como exemplo o caso do bombeiro que morreu nas enxurradas do Monte.
Francisco Jardim Ramos disse que o objectivo do governo é garantir que os bombeiros possam responder com maior eficácia às situações de risco, até porque, conforme acrescentou, «a vida humana é insubstituível e tudo faremos na defesa desse valor».

Plano de Emergência

O presidente da Câmara do Funchal, por seu turno, lembrou que o ano passado foi especialmente marcado pelos aluviões e pelos incêndios do Verão, o que implicou um grande esforço humano e desgaste de material.
O autarca assegurou o seu orgulho em ser presidente de uma Câmara que tem corporações de bombeiros que primam pela coragem, filantropia e dedicação à defesa da vida humana.
Quanto à viatura ontem entregue, Miguel Albuquerque disse ser adequada ao desenvolvimento que o Funchal tem tido nos últimos anos e adiantou que será especialmente adequada às operações de salvamento que venham a ser necessárias nas novas zonas habitacionais, caracterizadas por habitação colectiva.
Para além de ter agradecido ao Governo Regional a auto-escada ontem entregue, o autarca salientou o apoio da Protecção Civil Regional, da AMI e da Fundação J.B. Fernandes aos bombeiros funchalenses.
Miguel Albuquerque garantiu que a Câmara continuará a reforçar a formação humana e material dos bombeiros e aproveitou para anunciar o novo Plano de Emergência Municipal que a autarquia está a preparar.
À margem do evento e sobre esta matéria, o vice-presidente da autarquia, Bruno Pereira, disse que o Plano de Emergência deverá estar pronto em finais de 2011, princípios de 2012. Não terá grandes «revoluções», conforme salientou, visto tratar-se apenas de uma adaptação à nova legislação. Situação a que estão condicionadas todas as câmaras.
Em termos de novidades, Bruno Pereira salientou o facto de o Plano de Emergência comportar um grande simulacro de uma situação de emergência ( que não é obrigatório) e a carta de Riscos do Funchal. O vice da Câmara explicou que não faria sentido ter um plano apenas teórico. A primeira reunião para a preparação desse documento ocorrerá a 14 de Janeiro.

Decisão do SIM

Também à margem do evento, o secretário regional dos Assuntos Sociais manifestou o seu agrado pela decisão do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) em suspender a greve dos ortopedistas madeirenses durante as eleições para a Ordem. Para Jardim Ramos, as eleições são períodos de alguma agitação e a decisão do SIM permite que os médicos tenham um melhor clima para escolher os seus órgãos dirigentes.
Quanto ao diferendo com os ortopedistas, o governante garantiu tratar-se de uma questão técnica, que será resolvida a nível interno do Serviço. Jardim Ramos lembrou que estes problemas não são de agora, mas manifestou o seu optimismo de que os médicos irão encontrar a solução que garanta o bom serviço a prestar aos utentes.

A OBRA
A auto-escada que o Governo Regional entregou ontem aos Bombeiros Municipais do Funchal representou um investimento que ascendeu a mais de um milhão de euros. A cerimónia decorreu na Praça do Município e contou, entre outros, com a presença do presidente da autarquia, Miguel Albuquerque, e a do tutelar da Protecção Civil, Luís Neri. O presidente da Câmara disse ser um equipamento especialmente dotado para servir as novas zonas habitacionais, com habitação colectiva. A escada do veículo tem 55 metros.

in: JornaldaMadeira

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 08:48


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags