Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sexta-feira, 16.03.12

Chaves – Mulher morre após falta de socorro adequado

Uma mulher morreu no passado fim-de-semana, na cidade flaviense. Com sintomas de ataque cardíaco, o caso gerou polémica porque demorou duas horas a ter uma resposta adequada e foi tarde demais.

No passado sábado, cerca das 19 horas, Maria de Lurdes, mais conhecida por D. Quinhas, de 79 anos sentiu-se mal numa rua do centro histórico da cidade flaviense, onde residia. Com sintomas de um ataque cardíaco, foi inicialmente referenciada para o Hospital de Chaves, que alegadamente terá recusado a emergência por não dispor de serviço de cardiologia, encerrado no passado mês de Janeiro.

Ao que conseguimos apurar, o INEM terá ido buscar a senhora, depois o médico ligou para o INEM e disseram para ir para Vila Real, porque Chaves não tinha cardiologia. O INEM terá ligado para Vila Real, mas a resposta ao socorro da vítima terá sido que não poderiam aceitar a doente por falta de vagas.

A vítima terá sido então transportada para o Hospital de Chaves, onde foi observada por um médico e ficou claro que se tratava de um enfarte e teria de ser transportada com urgência para Vila Real.

Só nessa altura foi chamado o INEM e veio o helicóptero, mas a senhora já teria falecido. Tinham decorrido quase duas horas desde o primeiro alerta para o Instituto Nacional de Emergência Médica.

O Hospital de Chaves integra o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, que tem a denominada Via Verde Coronária. A administração do Centro Hospitalar já fez saber que foi aberto um inquérito de averiguação, escusando-se a prestar mais esclarecimentos.

Autarca flaviense aponta responsabilidades

O presidente da Câmara Municipal de Chaves, João Batista, considera que devem ser assacadas responsabilidades a quem optou pelo encerramento do serviço de cardiologia no Hospital da cidade.

O autarca alega que os responsáveis “foram alertados” e “é evidente que quando se toma uma decisão se deve precaver as consequências possíveis dessa decisão. Infelizmente, verificámos a razão dos protestos e das posições que foram tomadas no sentido de que a unidade de Chaves possa responder em situações desta natureza e desta urgência”.

Fonte: @ctual

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 15:07


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags