Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quinta-feira, 10.01.13

Associação acalma guerra entre bombeiros e Câmara

Afinal, “a montanha pariu um rato”, disse o presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, depois de uma jornada de reuniões com a Câmara Municipal de Abrantes e com os bombeiros profissionais da corporação.

Não escondendo os problemas que existem de momento, Fernando Curto revelou que a ANBP vai enviar à autarquia, tão breve quanto possível, a documentação que permite à presidente Maria do Céu Albuquerque “dar cobertura legal ao pagamento dos bombeiros voluntários de Abrantes”.

Esta é a principal preocupação da autarquia, perante a qual o presidente da ANBP revelou não haver necessidade de ser criada uma associação humanitária para suportar a corporação de Abrantes.

Aliás, Fernando Curto afirmou mesmo que a associação que a presidente da Câmara tem em mente criar pode vir a acrescentar mais despesa, e que a única questão em causa trata-se do pagamento aos bombeiros voluntários.

“Vão criar uma associação para pagar a 20 bombeiros? Têm é que ser criadas junto da Autoridade Nacional da Proteção Civil e junto da Finanças as condições para poder pagar a esses homens”, disse o responsável da ANBP.

Fernando Curto garantiu ainda que os bombeiros profissionais vão continuar a prestar o serviço de socorro ao concelho de Abrantes, pelo que os munícipes não devem temer por qualquer falta de socorro em caso de necessidade, quer seja pelos bombeiros profissionais quer seja pelo corpo misto (profissionais e voluntários).

Fernando Curto acrescentou também que a presidente da câmara lhe garantiu que não quer acabar com os Bombeiros Municipais de Abrantes, e destacou o interesse da autarquia em querer resolver este problema.

Neste encontro, a ANBP sugeriu à autarca que fosse assinado o acordo coletivo de trabalho a exemplo do que está a ser feito noutras câmaras do país, como “forma de regular o horário de trabalho e também o outro pessoal que está ao serviço noutras funções”.

Antes do final do mês, há a esperança de ser agendada outra reunião por forma a fechar este processo, revelou.

Uma vez que as autarquias estão neste momento impedidas de fazer contratação de funcionários, a associação “está a tentar, junto do Ministério da Administração Interna, um regime de exceção para os bombeiros”, o que, a acontecer, pode ser uma mais-valia para todos os corpos profissionais e não apenas para o caso de Abrantes.

ANBP arrasa protocolo entre Câmara de Abrantes e voluntários de Constância

Sempre muito crítico em relação ao acordo existente entre a autarquia de Abrantes e a associação dos bombeiros de Constância, o presidente da ANBP considerou que esta é “uma situação muito dúbia".

"Não temos nada com o dinheiro da Câmara, estamos a falar de setenta e tal mil euros por ano e esse não é o custo dos bombeiros voluntários”, declarou Fernando Curto, que foi mais longe ao atirar que “ouve-se dizer que os municipais de Abrantes custavam um milhão de euros por ano. É mentira. Custam 288 mil euros por ano. Portanto, o dinheiro que ainda por aí a circular dá para por aqui mais 20 bombeiros profissionais e pagar aos voluntários que aqui, e bem, fazem o seu trabalho".

Nem Joaquim Chambel, comandante distrital da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) escapou às críticas de Fernando Curto, em relação a uma alegada interferência neste processo.

“Estamos um pouco tristes e irritados com a interferência do comandante distrital. Tem que ter tento na língua e não andar a informar a presidente de Câmara daquilo que não deve”, observou Fernando Curto, que espera que tudo se resolva dentro de duas ou três semanas. 


por Rede Regional

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 16:25



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




Tags

mais tags