Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 01.06.11

Incêndio Urbano no Coração do Barreiro Mobiliza 20 Bombeiros

Foi notada a falta da Auto-Escada
inoperacional desde Fevereiro de 2011
No passado dia 31 de Maio, pelas 23:49, os Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste foram chamados a intervir num incêndio urbano que deflagrou na Rua José Elias Garcia, no Barreiro. A chegada ao local da Equipa de Primeira Intervenção registou-se pelas 23:54.

Entretanto, na manhã do dia 1 de Junho, e apesar das prolongadas operações de rescaldo, registou-se um pequeno reacendimento, rapidamente debelado pela pronta intervenção de parte da Equipa de Primeira Intervenção.
No passado dia 31 de Maio, pelas 23:49, os Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste foram chamados a intervir num incêndio urbano que deflagrou na Rua José Elias Garcia, no Barreiro. A chegada ao local da Equipa de Primeira Intervenção registou-se pelas 23:54.

Para o local da ocorrência foram mobilizados 20 bombeiros, contando com o Comandante e o Adjunto de Comando, apoiados por 7 viaturas: Veículo Urbano de Combate a Incêndios (VUCI), Veículo Ligeiro de Combate a Incêndios (VLCI), Veículo Tanque Táctico Urbano (VTTU), Veículo Tanque de Grande Capacidade (VTGC), Ambulância de Socorro (ABSC), Veículo de Comando Operacional Táctico (VCOT) e VOPE (Veículo para Operacções Específicas).

Durante as operações de combate ao incêndio registou-se um bombeiro ferido sem gravidade, situação que poderia ter tido outras consequências não fora o facto de estar devidamente protegido com o equipamento de protecção individual adequado para fogos urbanos e industriais, resultado do avultado investimento realizado pela Associação no ano de 2010 e já no decurso de 2011.

Entretanto, na manhã do dia 1 de Junho, e apesar das prolongadas operações de rescaldo, registou-se um pequeno reacendimento, rapidamente debelado pela pronta intervenção de parte da Equipa de Primeira Intervenção.

Dadas as características do incêndio, e atendendo ao facto de se ter verificado o abatimento do telhado do edifício, foi notada a falta da Auto-Escada, veículo que se encontra inoperacional desde Fevereiro de 2011 por necessitar de efectuar a manutenção decenal, a par da reparação de várias avarias que resultaram do facto dessa manutenção não ter sido efectuada na devida altura (em Maio de 2010). Esta circunstância, que naturalmente preocupa a Direcção e o Comando dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, decorre da necessidade de se encontrar financiamento para levar a cabo a manutenção e reparação da Auto Escada, orçadas neste momento em cerca de 15.000 €, não tendo ainda sido possível conseguir qualquer apoio por parte das entidades oficiais com responsabilidade directa em matéria de Protecção Civil, não obstante as várias acções de sensibilização para o problema encetadas nos últimos meses. 

fonte: Rostos On-line

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:21



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2011

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930




Tags

mais tags