Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sexta-feira, 30.03.12

Incêndio em Penela

Até às 18h00, o site da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) contabilizava 244 incêndios florestais, destacando 12 incêndios. Os fogos concentram-se na região Norte e Centro do país. No total combatem estes fogos 620 operacionais apoiados por mais de 200 veículos. O fogo de Penela, em Coimbra, é o que tem exigido mais recursos, tendo levado durante a tarde ao corte de um troço do IC3.

Até às 18h00, foram registados 244 fogos, dos quais 34 deles ainda activos. Dos 12 que o site da ANPC destaca três localizam-se em Braga, dois no Porto e dois em Viseu. Há ainda ocorrências em Bragança, Aveiro, Viana do Castelo, Leiria e Coimbra, todas elas deflagradas já depois do final da manhã. Só a combater o fogo de Penela há 303 operacionais e 77 veículos, numa ocorrência que teve início perto do meio-dia e que levou ao corte, durante a tarde, de um troço do IC3, forçando os condutores a seguir, como alternativa, uma estrada de Miranda do Corvo.

A forte concentração de fumos motivou o corte, como informou à Lusa uma fonte da Protecção Civil Municipal de Penela. Pouco depois das 18h00, o fogo, que durante a maior parte da tarde se restringiu a uma frente, estava novamente com duas frentes activa. Contudo, José Carlos Reis, coordenador da Protecção Civil do conselho, garantiu à Lusa que nenhuma das localidades próximas está em perigo, uma vez que estão assegurados meios de combate nas imediações.

fonte: Publico

Penela: IC3 cortado devido ao fumo

incêndio que lavra no concelho de Penela desde as 11H00 de hoje obrigou esta tarde ao corte de um troço do IC3, por questões de segurança, devido à forte concentração de fumos, informou fonte da proteção civil municipal.

A interrupção na circulação da via aconteceu pouco depois das 15H00 junto à localidade de Monte Vez (Condeixa-a-Nova), obrigando os automobilistas a circular, em alternativa, por uma estrada de Miranda do Corvo.

José Carlos Reis, coordenador da Protecção Civil Municipal de Penela revelou à agência Lusa que, cerca das 16:30, o fogo tinha uma frente ativa que se encontrava próximo das localidades de Palras, Vale de Melhorado, Venda de Podentes e Camarinha.

No entanto, acrescentou que em todas essas localidades as chamas não estavam a colocar em perigo habitações, pois tinham sido instalados meios de combate nas imediações para as proteger.
Embora o incêndio que lavrou na quarta-feira no município se encontrasse “praticamente resolvido”, cerca das 11:00 de hoje eclodiu um outro na zona de Tola, que esta tarde ainda se mantém com uma frente ativa, adiantou o mesmo responsável.

A Autoridade Nacional de Protecção Civil, na sua página na internet, cerca das 17H00 de hoje, revelava que o incêndio florestal em Penela mobilizava 251 bombeiros, com 75 veículos operacionais, apoiados por dois helicópteros bombardeiros.

fonte: asBeiras

Novo fogo lavra no concelho de Penela (em atualização)

Um incêndio florestal que deflagrou cerca das 11H00 na localidade de Tola, Penela, está a ser combatido por 179 bombeiros, com o apoio de dois helicópteros, informou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.
Segundo a mesma fonte, está um terceiro meio aéreo a caminho do local.

O incêndio, que deflagrou cerca das 11H00, mantém duas frentes ativas, uma delas com cerca de 700 metros, e o combate é dificultado pelo vento, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

Os bombeiros, pertencentes a várias corporações dos distritos de Coimbra, Leiria e Santarém, são apoiados por 51 viaturas operacionais e helicópteros bombardeiros pesados.
As chamas consomem eucaliptal e mato e “não há conhecimento” de habitações ou povoações em perigo, disse a fonte do CDOS de Coimbra.

No mesmo concelho, outros 151 bombeiros, com 44 viaturas, mantém-se em operações de vigilância, rescaldo e controlo de reacendimentos do incêndio que deflagrou quarta-feira na localidade de S. João do Deserto – um dos maiores ocorridos no país e que obrigou à retirada de 58 idosos de um lar, em Serradas de Freixiosa.

fonte: asBeiras

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:45


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Tags

mais tags