Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sexta-feira, 02.09.11

Directora da Proteção Civil nega qualquer responsabilidade na derrocada em Campolide

Habitação ruiu hoje por volta das 15.00, depois da empena do armazém contíguo ter caído em cima do telhado, segundo informação do comandante do Regimento Sapadores de Bombeiros.
A derrocada provocou ferimentos graves num homem de 50 anos, que na altura estava em casa com a mulher e a filha de oito anos.

Quando a Lusa esteve no local, alguns moradores mostraram-se revoltados com a Protecção Civil, que acusaram de ter chegado tarde demais.

Contactada, a directora do serviço municipal de Protecção Civil explicou à Lusa que "o que ameaçava ruir era o armazém", mas que houve "várias tentativas" para retirar a família daquela casa.

"Foi feita uma vistoria por parte dos serviços que tinham competência nessa área e houve várias tentativas por parte da Protecção Civil para as pessoas abandonarem a habitação, pelo menos até ser reposta alguma segurança," adiantou Emília Costela.

Fonte: DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:44


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Tags

mais tags