Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 03.11.11

Outubro negro nas estradas Portuguesas

Foi anunciado o regresso da BT (ainda sem data marcada), emendando assim o erro crasso cometido com a sua extinção. No entanto, enquanto esse erro não é emendado continuam vidas a ser ceifadas nas estradas portuguesas.

É preciso voltar ao ano de 2005, para verificar um número tão trágico de perdas de vidas na estrada durante o mês de Outubro.

Mas, tendo em conta que em 2005 o País não estava em crise, os combustíveis estavam a preços acessíveis (1L gasóleo = 0,85€) e que o fluxo de veículos nas estradas Portuguesas era maior, verificamos que a situação é bastante preocupante.

Em 2008 no mês de Outubro, haviam falecido 51 vítimas de acidente, no local do acidente ou a caminho do hospital;
Em 2009 no mês de Outubro, haviam falecido 69 vítimas de acidente, no local do acidente ou a caminho do hospital;
Em 2010 no mês de Outubro, haviam falecido 64 vítimas de acidente, no local do acidente ou a caminho do hospital;
Outubro de 2011, termina com 82 vítimas de acidente, no local do acidente ou a caminho do hospital;

Na operação “férias seguras “ do presente ano, houve uma acentuada descida do número de vitimas mortais de acidentes de viação, mas não pode deixar de ser referido e salientado, que nessa operação existiu um comando único do trânsito, exactamente o modelo como era a Brigada de Trânsito.

Desde a extinção da BRIGADA DE TRÂNSITO (31/12/2008), que os números nos anos seguintes (2009 e 2010), nunca mais se aproximaram de uma descida como vinha sido efectuada na última década.

Estávamos com uma tendência de descida durante uma década, que inverte após a extinção da BRIGADA DE TRÂNSITO, que era a entidade que estava encarregue da prevenção e fiscalização rodoviária. A sua extinção foi um erro grave que se está a reflectir nas estradas Portuguesas.

Não basta dizer ou falar que se vai reactivar a BRIGADA DE TRÂNSITO, é preciso de forma urgente, deixar as palavras e passar á acção.

Reactivar a BT, não encarrega custos económicos, basta criar um comando único, com todos os Destacamentos de Trânsito; reactivar o gabinete de estudos e planeamento para formação e actualização; reactivar a sua logística própria e independente; Por fim dar-lhe uma dinâmica autónoma e independente, como tinha.

Estes números dizem apenas respeito às mortes no local do acidente ou durante o percurso até aos hospitais, fonte páginas GNR, PSP e ANSR.

Ver gráficos aqui:
http://www.brigadatransito.com/f20-noticias-de-sinistralidade-rodoviria

Cordialmente

A Administração do Fórum Brigada de Trânsito

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:27


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930




Tags

mais tags