Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sábado, 20.08.11

Mãe de bombeiro morre atropelada

Uma mulher de 59 anos, mãe de um bombeiro estagiário de Albergaria-a-Velha, morreu atropelada, ontem à tarde na N1/IC2, na Branca.

O condutor, segundo testemunhas, ainda travou, mas não conseguiu evitar o acidente. Maria de Lurdes Alves Bernardo Henriques teve morte imediata.

O acidente ocorreu por cima do viaduto do caminho-de-ferro da linha do Vale de Vouga, um local considerado perigoso. "Ficámos sem a coisa mais querida que tínhamos na vida", afirma, entre o choro sufocado, o filho Rui, bombeiro estagiário na corporação de Albergaria.

O acidente ocorreu cerca das 14h30, uma hora e meia depois de Maria de Lurdes se despedir do marido para percorrer, a pé, os 10 quilómetros que a separavam do trabalho. "Perdi a mãe dos meus filhos e a minha maior riqueza", repetia o marido Fernando."Tentei ligar-lhe mas nunca me atendeu o telemóvel e fiquei logo com mau pressentimento", recordou o homem.

O corpo foi levado para o IML.

Fonte: Correio da Manhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 04:32


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags