Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 30.07.12

Denuncia para Câmara Municipal de Vouzela/Sepna ( Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente)


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:29

Segunda-feira, 30.07.12

Sismo de 5,6 registado na Galiza

Um terremoto de magnitude 5,6 na escala Richter, registado na passada madrugada, com epicentro no oceano Atlântico, fez-se sentir em várias localidades da Galiza, especialmente na franja atlântica, informou o Instituto Geográfico Nacional espanhol.


O sismo registou-se às 03.35 horas desta segunda-feira e foi localizado nas coordenadas latitude 43,85 graus norte e longitude 15,00 graus oeste, e a 30 quilómetros de profundidade.

Segundo os dados avançados pelo Instituto Geográfico Nacional espanhol, o terremoto fez-se sentir nas localidades de Lalín, Pontevedra, Ferrol e Palas de Rei. Também as localidades de Lugo, Dodro, Arteixo, Culleredo, Cee, Santiago e A Pobra do Caramiñal sentiram o abalo.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 22:26

Segunda-feira, 30.07.12

Bombeiros voluntários pedem dinheiro ao banco para pagar a funcionários

As dificuldades financeiras dos Bombeiros Voluntários de Coimbra, agravadas com o aumento dos encargos e diminuição dos apoios, forçaram este mês a instituição a contrair um empréstimo bancário para pagar os salários aos seus oito funcionários. 

O presidente da associação de bombeiros, João Silva espera que uma campanha há uma semana lançada aos cidadãos, pedindo “5 euros solidários”, assegure alguma liquidez para o mês de agosto, e que a Câmara Municipal de Coimbra possa transferir o apoio financeiro concedido, de 40 mil euros, “que se mantêm igual há vários anos”. 

A associação aguarda também que a autarquia tenha condições para disponibilizar os 15 mil euros adicionais que recentemente atribuiu para equipamentos. 

Segundo o responsável, este apoio adicional vem minimizar o desgaste que apresentam os equipamentos de proteção individual, que deixam os 77 elementos do corpo ativo “menos bem protegidos” nas missões a que são chamados. 

João Silva realça que a situação difícil da associação de Bombeiros Voluntários de Coimbra já se arrasta há vários anos, atingindo agora uma maior gravidade pela conjugação de um conjunto de fatores numa altura de crise do país, de aumento dos encargos, de diminuição das receitas e de atrasos nos apoios. 

Os sócios, que atualmente são da ordem dos “sete mil pagantes” de quotas, têm diminuído, muito pela crise do comércio na Baixa de Coimbra. Muitos donativos vinham das empresas que, também “pela crise económica e pela conjuntura, agora não dão contributos”. 

Sobre a adesão dos cidadãos à campanha lançada há pouco mais de uma semana, João Silva diz não dispor de dados atualizados, mas refere que três dias depois do seu lançamento apenas tinham entrado dois donativos na conta que abriram na Caixa Geral de Depósitos (NIB 003502550001090883230).

Fonte: Notícias em Revista

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:09

Segunda-feira, 30.07.12

Fogo com três frentes consome zona de mato em Bensafrim, no concelho de Lagos

Um incêndio deflagrou hoje à tarde numa zona de mato em Bensafrim, no concelho de Lagos (Algarve), prosseguindo as chamas com três frentes ativas, informa a Proteção Civil. 

De acordo com a página oficial da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), o fogo que se iniciou às 12:57 está a mobilizar 103 bombeiros, apoiados por 32 veículos e seis meios aéreos. 

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara de Lagos, Júlio Barroso, asseverou que "não existem casas nem populações em risco, apesar das chamas terem rondado a sede de freguesia, a uma distância de cerca de cem metros". 

"As últimas informações quer recebi referem que a situação está controlada e que as três frentes ativas estão praticamente dominadas", acrescentou o autarca.

Fonte: Diárionline

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:02

Segunda-feira, 30.07.12

Menor desaparecido no rio Douro ainda não foi encontrado

As buscas pelo jovem desaparecido domingo no rio Douro foram canceladas por hoje, sendo "em princípio" retomadas na terça-feira.

De acordo com fonte dos Bombeiros Sapadores de Gaia, as buscas pelo jovem que desapareceu no rio Douro, na zona do Areinho, Avintes, Vila Nova de Gaia, foram canceladas às 18:30.

As operações serão, "em princípio", retomadas terça-feira.

O alerta do desaparecimento do jovem de 15 anos foi dado às 16:35 de domingo, sendo que o mesmo estaria agarrado a uma bóia verde no meio do rio Douro.

As operações de buscas incluem os mergulhadores dos Sapadores de Gaia e dos Sapadores do Porto, Bombeiros Voluntários de Avintes, Bombeiros Voluntários dos Carvalhos, Instituto Socorros a Náufragos (ISN), Polícia Marítima, INEM e PSP.

Fonte: Dnoticias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:55

Segunda-feira, 30.07.12

Paralisação não afecta combate aos fogos

O presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares, esclareceu esta segunda-feira que a "paralisação total" anunciada para Setembro está restricta ao transporte de doentes não urgentes, mantendo-se os profissionais em alerta para combater eventuais incêndios.


Jaime Marta Soares diz que o combate
 aos fogos está garantido e que só o
transporte de doentes será afectado 
Em declarações à Lusa, Jaime Marta Soares precisou que quer a manifestação convocada para Lisboa, Coimbra, Porto e Faro, a 18 de Agosto, quer a paralisação entre 4 e 6 de Setembro, estão restrictas ao serviço de transporte de doentes não urgentes, mantendo-se o socorro contra os incêndios.

"[Faremos] uma paralisação em quatro cidades, em Lisboa, Coimbra, Porto e Faro, com viaturas exclusivamente da saúde, só desse sector, de transporte de doentes não urgentes. Manteremos todo o socorro nos fogos florestais, e em tudo quanto é socorro os bombeiros estarão a 100 por cento", assegurou Jaime Marta Soares.

Em causa está a luta por uma "sustentabilidade financeira" que permita manter tripulações e equipamentos ao serviço, e são medidas nesse sentido que a liga dos bombeiros vai esta segunda-feira começar a negociar com o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Saúde, em reuniões que decorrem esta tarde.

Com as novas regras para o serviço de transporte de doentes não urgentes, que retiram a exclusividade do serviço aos bombeiros, e passam a permitir que o transporte se faça em viaturas ligeiras autorizadas para o efeito, a Liga teme que se assista a milhares de despedimentos.

"Entrando essa viatura em funcionamento, pode, a curto prazo, num espaço de 120 dias, levar a que várias centenas de ambulâncias, senão mesmo milhares, sejam postas de parte e a que centenas ou milhares de bombeiros assalariados sejam despedidos", avançou Jaime Marta Soares.

Os bombeiros dizem que "não aceitam" ser tratados como "meros transportadores de doentes", afirmando que prestam um serviço em "ambulâncias de qualidade, com serviço especializado e com tripulações com formação adequada".

Daí que se preparem para exigir ao ministério da Saúde a instituição de um "período de carência, que pode ir de três a cinco anos", e que terá o propósito de permitir uma "adaptabilidade das estruturas" dos bombeiros e uma avaliação dos benefícios em continuar a prestar esse serviço.

"Espero que da reunião de hoje saiam efectivamente conclusões que permitam chegar a uma negociação final sem ter que recorrer a situações extremas. Nós, bombeiros, não as queremos, estamos a ser empurrados para elas pelo ministério da Saúde, pelas dívidas que têm para connosco", afirmou Jaime Marta Soares.

"Também queremos com o MAI uma discussão muito séria sobre a lei do financiamento, mas também alterações fiscais em relação aos bombeiros voluntários e que seja revisto e avaliado o apoio mensal que não é actualizado há cinco anos e devia ter uma actualização de 2,5 por cento ao ano", acrescentou.

O presidente da Liga de Bombeiros apelou ainda à adesão da população ao protesto de Agosto, porque, defendeu, "este é um problema que não é só dos bombeiros", que recusam que as populações possam ficar "entregues à sua sorte.

Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 12:40

Segunda-feira, 30.07.12

Incêndios/Madeira: Suspeito de atear fogo ficou obrigado a apresentar-se às autoridades a cada dois dias - PJ

O homem detido sexta-feira na Madeira pela Polícia Judiciária, suspeito da autoria de dois fogos florestais ficou obrigado a apresentar-se de dois em dois dias às autoridades, depois de ouvido hoje pelas autoridades judiciárias.

A medida de coação foi confirmada à Agência Lusa pelo coordenador da Polícia Judiciária na Madeira, Ricardo Silva, que se escusou a fazer mais comentários sobre este caso, garantindo apenas que "as investigações relacionadas com os incêndios prosseguem".

"O suspeito ficou obrigado a apresentar-se dia sim, dia não, a cada dois dias portanto", disse o responsável da PJ na região.

O detido, um madeirense que chegou a fazer provas para ser bombeiros, tendo sido excluído do concurso, é suspeito de ter provocado dois dos incêndios que deflagraram na ilha.

Segundo a informação divulgada pela PJ, será o alegado autor de dois fogos, um "ocorrido no fim do mês de março na freguesia de Ponta do Pargo, que consumiu uma área florestal de 30 hectares, e ainda do incêndio de grandes dimensões que no dia 17 do corrente mês atingiu as freguesias da Fajã da Ovelha, Ponta do Pargo e Achadas da Cruz, consumindo uma área total de 2.484 hectares e colocando em perigo diversas habitações".

Esta é a segunda detenção efetuada pela PJ na sequência das investigações que estão a ser realizadas pelo Departamento de Investigação Criminal do Funchal, depois de terem surgido 400 focos de incêndios na Madeira a partir do dia 17 de julho e durante uma semana, por existirem "fortes indícios" de origem criminosa em alguns casos.

A 20 de julho, a PJ na Madeira anunciou a detenção de outro homem de 50 anos, alegado autor do mesmo tipo de crime, na freguesia de Boaventura, concelho de S. Vicente.

Na fase de combate aos incêndios, as autoridades policiais encontraram vários objetos supostamente potenciadores da propagação de fogos, como tochas incendiárias.

Com a detenção hoje anunciada pela Polícia Judiciária, eleva-se para 26 o número de pessoas detidas como suspeitas de fogo posto no país desde o início do ano.

Durante a fase 'Charlie' de combate a incêndios florestais, que se prolonga até 30 de setembro, vão estar operacionais 44 meios aéreos, 2.248 equipas de diferentes forças envolvidas, 1.982 viaturas e 9.324 elementos, reforço de mais cem efetivos e de três aeronaves em relação a 2011.

Na passada semana, 400 focos de incêndios surgiram em diversos pontos da ilha, com fogos considerados críticos nos concelhos do Funchal Santa Cruz, Calheta, Ribeira Brava e Porto Moniz.

Cerca de 50 habitações danificadas, dezenas de viaturas e palheiros destruídos, centenas de animais e muitas explorações agrícolas afetados pelo fogo e uma extensa área florestal consumida pelas chamas são algumas das consequências destes incêndios na Madeira.

Fonte: Porto Canal

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:33

Segunda-feira, 30.07.12

Vila Nova da Barquinha em "risco máximo" de incêndio

O concelho de Vila Nova da Barquinha, no Ribatejo, está hoje em "risco máximo" de incêndio, o mais grave de uma escala de cinco, informa o Instituto de Meteorologia (IM), na sua página na Internet.

De acordo com a mesma fonte, outros 28 concelhos estão em "risco muito alto", sobretudo no centro e sul do país.

O risco de incêndio, determinado pelo IM, engloba cinco níveis, variando entre "reduzido" e "máximo".

O cálculo é feito com base nos valores, observados às 13:00, da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

No domingo foram contabilizadas 124 ocorrências, combatidas por 1.918 operacionais, apoiados por 507 veículos.

Desde as 00:00 de hoje, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) contabilizou 18 incêndios, não estando às 07:00 nenhum ativo.

Fonte: DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:32


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags