Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quinta-feira, 19.07.12

Ministro Miguel Macedo reúne-se com Proteção Civil e desloca-se a Tavira

O ministro da Administração Interna vai reunir-se  com o comando da Autoridade Nacional de Proteção Civil, em Carnaxide, para  fazer um ponto da situação dos incêndios no continente, disse à Lusa fonte  do Ministério.

O encontro do ministro Miguel Macedo com os responsáveis da Proteção  Civil deverá realizar-se na próxima hora, tendo como objetivo uma avaliação  de todos os incêndios que estão ativos no país, e uma possível revisão dos  meios que estão a ser usados no combate aos fogos, referiu a mesma fonte.

Após a reunião na Proteção Civil o ministro parte para Tavira para  nova reunião com as autoridades do Algarve, no sentido de  fazer novo ponto da situação. Perante a avaliação da situação o ministro poderá tomar decisões  quanto aos meios utilizados no combate aos incêndios de maiores proporções.

De referir que a Proteção Civil acionou hoje à noite grupos de  reforço de Aveiro, Leiria e Porto para apoiar as operações de combate ao  incêndio que lavra há mais de 24 horas no concelho algarvio de Tavira. 

Segundo informação disponibilizada na página da Internet da Autoridade  Nacional da Proteção Civil, pelas 21:00 foram acionados cinco grupos de  reforço para combate a incêndios florestais -- um de Aveiro, dois de Leiria  e dois do Porto. 

Hoje tinham já sido acionados grupos de reforço de Lisboa (um) e Setúbal  (um), além de cinco pelotões de militares.  Desde o final da tarde de quarta-feira que o fogo, que deflagrou às  14:10 do mesmo dia, tem quatro frentes ativas.  Às 21:00, estavam mobilizados para este incêndio 482 elementos de forças  de socorro, apoiados por 149 veículos. 

Em entrevista à RTP, o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo,  explicou que o incêndio de Tavira e o da Madeira são os que suscitam maior  preocupação, lembrando que durante todo o dia foram acionados 10 meios aéreos  para o combate a este incêndio de grandes proporções. 

O ministro regressou esta tarde da Madeira, em que verificou no local  as zonas mais afetadas pelos incêndios tendo manifestado apoio e solidariedade  do Governo da República ao governo regional. 
 
No Funchal, o ministro da Administração Interna frisou que a situação  na Madeira estará a caminhar para a normalidade, depois de quase um dia  de vários incêndios, se as condições meteorológicas se mantiverem, nomeadamente  quanto ao vento.


fonte: SIC Noticias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:22

Quinta-feira, 19.07.12

Bombeiros concentrados numa das quatro frentes ativas do fogo de Cachopo, em Tavira

Os bombeiros que combatem o incêndio  que lavra desde quarta-feira na zona de Cachopo, em Tavira, estão concentrados  em travar a propagação de uma das quatro frentes que continuam ativas. 

Em declarações à agência Lusa, o comandante Paulo Sedas, adjunto para  as Relações Públicas do posto de comando instalado no local, afirmou que,  "neste momento, mantêm-se quatro frentes ativas, mas a mais preocupante  é a que está na zona das Alcarias, em direção a São Brás de Alportel". 

O comandante explicou que, apesar da intensidade moderada do vento,  a direção para onde sopra tem rodado e vai reativando as frentes, estando  neste momento a atingir mais a que se encontra na zona das Alcarias. "O maior desafio é controlar essa frente que está mais ativa. Está a  ser feito um 'briefing' com os chefes de grupo para definir uma estratégia  e reposicionar os meios para apagar o fogo o mais rapidamente possível",  acrescentou. 

Paulo Sedas disse que, a partir do pôr do sol, os meios aéreos - que  chegaram a ser oito durante o dia - deixaram de operar e que fogo está a  ser combatido por 445 homens, com 141 veículos. "Apesar de grande parte da área ser florestal, há zonas povoadas com  algumas habitações e, como é difícil prever a intensidade e a direção da  propagação, têm sido retiradas algumas pessoas por precaução", afirmou ainda.
Até ao momento, adiantou Paulo Sedas, não há informação sobre eventuais  habitações destruídas. O fogo deflagrou cerca das 14:00 de quarta-feira, em Catraia, na freguesia  serrana de Cachopo, mantendo-se ativo há mais de 24 horas. 

Os bombeiros do Algarve foram reforçados com equipas de Beja, Évora  e Setúbal, a que se juntaram cinco pelotões militares.  


fonte: SIC Noticias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:20

Quinta-feira, 19.07.12

Madeira: Passos diz ser cedo para avaliar ajuda de emergência

O primeiro-ministro, Passos Coelho, considerou hoje ser ainda cedo para um balanço sobre a necessidade de auxílio de emergência à Madeira, assolada por incêndios que descreveu como "a nova tragédia do Funchal".

"Ainda é cedo para estar a fazer esse balanço. Ele será feito pelas autoridades regionais", disse Pedro Passos Coelho, à chegada esta noite a Maputo, interrogado sobre se haverá um plano de emergência ou de ajuda financeira para a Madeira.

"Conto ainda esta noite falar com Alberto João Jardim", acrescentou, dizendo que "tudo o que era possível fazer nesta situação de emergência está a ser feito".

Acrescentou que "haverá um tempo também para fazer contas e ver quais são as ações mais adequadas para ajudar a recuperação de toda aquela região, fazer face às perdas que se registaram e, sobretudo, a condição das pessoas que ficaram desabrigadas e que nesta altura precisam de uma resposta".

Passos Coelho chegou esta noite a Maputo para participar na cimeira de chefes de Estado e de Governo da CPLP que se realiza na sexta-feira em Maputo.

Ressalvando que passou o dia a viajar, o primeiro-ministro disse ter informações de que a situação está controlada e considerou que o dispositivo de combate às chamas é suficiente.

"Não há, nesta altura, nenhuma necessidade de fazer um reforço adicional" aos 80 efetivos que foram enviados do continente para a região autónoma, disse Pedro Passos Coelho.

"Vamos ver como a situação evolui mas os meios que se consideraram adequados foram transferidos e deslocados para o local, só nos resta agora aguardar pelo desenvolvimento das situação", acrescentou.
 
Lusa / SOL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:46

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndios: Grupos de Aveiro, Leiria e Porto seguem para Tavira

A Proteção Civil acionou hoje à noite grupos de reforço de Aveiro, Leiria e Porto para apoiar as operações de combate ao incêndio que lavra há mais de 24 horas no concelho algarvio de Tavira. 
 
Segundo informação disponibilizada na página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil, pelas 21:00 foram acionados cinco grupos de reforço para combate a incêndios florestais – um de Aveiro, dois de Leiria e dois do Porto. 
 
Hoje tinham já sido acionados grupos de reforço de Lisboa (um) e Setúbal (um), além de cinco pelotões de militares. Desde o final da tarde de quarta-feira que o fogo, que deflagrou às 14:10 do mesmo dia, tem quatro frentes ativas. Às 21:00, estavam mobilizados para este incêndio 482 elementos de forças de socorro, apoiados por 149 veículos. 
 
À tarde, a estrada nacional 392 foi cortada na zona de Monte da Ribeira, “por motivos de segurança”. Em entrevista à RTP, o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, explicou que o incêndio de Tavira e o da Madeira são os que suscitam maior preocupação, lembrando que durante todo o dia foram acionados 10 meios aéreos para o combate a este incêndio de grandes proporções. 
 
 
por Lusa / SOL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:44

Quinta-feira, 19.07.12

Oposição na Madeira diz que os meios aéreos só não existem porque Jardim não quer

A oposição na Madeira diz que os meios aéreos só não existem porque Jardim não os quer. PCP e PS dizem-se chocados e lembram que o que se está a passar prova que o governo não apostou na prevenção depois dos grandes fogos de 2010.

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2012/07/19/oposicao-na-madeira-diz-que-os-meios-aereos-so-nao-existem-porque-jardim-nao-que


Fonte: Sic Noticias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:54

Quinta-feira, 19.07.12

Ambulâncias de transporte de doentes multadas pela PSP

Os bombeiros denunciam que a PSP esteve esta manhã a mandar parar ambulâncias de transporte de doentes. A justificação da polícia é a de que as ambulâncias circulavam apenas com o motorista, sem o maqueiro, como exige a lei.
Os bombeiros lembram que estão mobilizados para os incêndios e não têm pessoal suficiente. Por isso, avisam que não pagam multa nenhuma.

A Liga dos Bombeiros Portugueses já pediu mesmo a intervenção do Ministério da Administração Interna, que garante que vai resolver esta questão.

Fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:52

Quinta-feira, 19.07.12

EMA: Apelo solicitado...... e foi divulgado

Neste momento, todos os helicópteros da EMA, 6 Kamov e 3 Eurocopter AS350 B3, encontram-se empenhados no combate aos fogos florestais que fustigam o país.

Publicamos este logo em vias de extinção, para que os actores em todo este processo meditem sobre o futuro das pessoas que hoje arriscam a vida, ocupando parte do pensamento com a incerteza do futuro das suas famílias.

Pedimos encarecidamente a todos que partilhem esta mensagem, para que chegue o mais longe possível.


Fonte: EMA - Empresa de Meios Aereos

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 18:11

Quinta-feira, 19.07.12

Operação Madeira: FOCON chega ao Funchal


A Força Conjunta chegou à Madeira às 12:00 horas, encontrando-se instalada no RG3 do Funchal, onde decorreu um briefing operacional para atribuição da missão.
A ANPC está a assegurar o comando operacional da FOCON.

Recorda-se que o Governo da República, através do Ministério da Administração Interna, acordou com o Governo Regional da Madeira o envio de uma Força Conjunta (FOCON) composta por um efectivo de 83 elementos, provenientes do GIPS/GNR, Força Especial de Bombeiros (FEB) e Bombeiros Voluntários, e por um Grupo de Comando da ANPC, em apoio às operações de combate aos violentos incêndios que assolam a ilha da Madeira.

A FOCON partiu esta manhã para o Funchal, a bordo de um avião C130 da Força Aérea Portuguesa, que descolou da Base Aérea do Montijo.
Fonte: ANPC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:08

Quinta-feira, 19.07.12

TEVE ALTA: Sub-chefe Hugo Amaro

É com bastante alegria que informo que o Subchefe Hugo Amaro já teve alta Hospitalar...Muita Força Hugo
Ao menos uma boa Notícia.


Fonte: Jorge Cavalheiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:59

Quinta-feira, 19.07.12

18-07-2012–IF Tomar–Santarém

3666_385189688213658_1341258303_n165850_385189368213690_1991434760_n179122_385189821546978_1146672722_n217855_385189288213698_621090255_n292363_385189714880322_812204769_n306675_385189261547034_1816239920_n313981_385189048213722_1252189037_n314808_385189831546977_1502460209_n376192_385189944880299_622481329_n395996_385189111547049_2047758991_n399432_385189751546985_1341621270_n482072_385189864880307_1433573464_n487349_385189154880378_1246613279_n487748_385189541547006_672895301_n523671_385189631546997_1597328995_n526618_385188964880397_634921514_n529582_385189811546979_750871711_n532270_385189218213705_2037503362_n532659_385189571547003_1244270755_n541491_385189468213680_456015748_n544414_385189184880375_549867708_n544602_385189424880351_459313177_n548078_385189668213660_1585926921_n548916_385189738213653_2056589098_n551183_385189854880308_112191871_n552488_385189874880306_787365182_n552648_385189388213688_522015117_n553507_385189008213726_870215297_n556978_385189794880314_1756752022_n557129_385189501547010_1724626052_n558175_385189884880305_955875760_n562954_385189778213649_182550047_n564062_385189201547040_248960379_n580761_385189311547029_1252273097_n599591_385189841546976_1347901441_n599980_385189958213631_836511484_n

Fotos exclusivas DB. Direitos reservados @Rute Richau
@https://www.facebook.com/media/set/?set=a.385188901547070.91263.100001678890013&type=3@

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:29

Quinta-feira, 19.07.12

Ilha Madeira: Combate continua na zona Aquaparque

Bombeiros Municipais de Santa Cruz continuam trabalhos na zona do Aquaparque, em Santa Cruz.

Cerca de oito elementos dos Bombeiros Municipais de Santa Cruz, ajudados por um auto-tanque do Aeroporto da Madeira, procedem ao rescaldo na zona do aquaparque. Toda a área envolvente está ardida e o trânsito naquela saída está condicionado.

Fonte: Diario da Cidade


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:18

Quinta-feira, 19.07.12

Jardim deu a entender que há bombeiros a mais na ilha

Alberto João Jardim deu a entender que há bombeiros a mais na ilha. Na origem destas declaraçoes de Jardim estão as dificuldades financeiras que algumas corporações de voluntários atravessam.

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2012/07/19/jardim-deu-a-entender-que-ha-bombeiros-a-mais-na-ilha1

Fonte: Sic Noticias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:06

Quinta-feira, 19.07.12

IF na Ilha da Madeira


(em actualização)

Fonte: navegador mensal




(em actualização)


AT
ENÇÃO (PEDIDO DOS BOMBEIROS):
As pessoas que vivam junto à bom de gasolina perto do Porto Novo devem evacuar as suas casas!

- Via litoral: Evitem a todo o custo circular na via rápida e estradas antigas entre Porto Novo e Santa Cruz. Desde agua de pena até o Sano da Serra, não deve circular devido aos incêndios que proliferam nestas zonas.!

- [[[Estão a acontecer inversões de marcha (circulação em sentido contrário) dentro da Via Rápida!]]]

- Não se desloquem para as zonas atingidas!

- O Aeroporto está encerrado!


Fonte: Manuel Rodrigues ( Madeira)
(em actualização)
Fogo chega à vila da Camacha, crianças retiradas da escola

A vila da Camacha, no concelho de Santa Cruz, já foi atingida pelo incêndio que está a lavrar na zona, obrigando à saída dos funcionários do centro de saúde e das crianças da escola do Santo Contestável.

"Abandonámos o centro de saúde por uma questão de precaução", disse à agência Lusa uma funcionária, que, juntamente com outras, está concentrada no Largo da Achada.
No mesmo local, populares tentam evitar a propagação das chamas ao edifício do centro de saúde e à capela de São José, onde nas traseiras funciona a escola.

Fonte:@ Agência Lusa


(em actualização)


1500 bombeiros combatem o incêndio
.
Todo o Departamento de Investigação Criminal do Funchal da Polícia Judiciária (PJ) está mobilizado para apurar as circunstâncias em que ocorreu o incêndio com origem no Palheiro Ferreiro, concelho do Funchal



Fonte: Admini Vitor Pires


(em actualização)
O Hospital Dr. Nélio Mendonça está a aguardar quatro feridos, entre eles uma criança com ferimentos.

Hospital central da Madeira já está preparado para a situação de catástrofe nível 1, estando mobilizado todo o dispositivo médico.


Fonte:Admin Vitor Pires



(em actualização)

Entre 60 e 70 desalojados vão ser abrigados no regimento da Guarnição nº3, no Funchal.
O Governo Regional da Madeira já acionou o plano de emergência, devido ao incêndio de grandes proporções que já destruiu casas e continua a espalhar o pânico na zona do Palheiro Ferreiro e Choupana, freguesia de São Gonçalo, concelho do Funchal.

O fogo está a descer a zona próximo do Estádio da Madeira, estando já bem perto da via-rápida.

Fonte: Admin Vitor Pires


( em actualização)


ANAFS

Com um grupo de 5 elementos em "STAND BY" para avançar de madrugada p o Funchal á ordem da CMPC Funchal.



Fonte: ANAFS Portugal


(em actualização)

GIPS, FEB e Bombeiros Voluntários num total de 181 homens mobilizados para os Incêndios da Madeira.. 
Saída prevista para o inicio do dia de hoje.

Informação dada ha segundos pela Adjunta de Operações da ANPC


Fonte: ANPC/CNOS



Chamas consomem casas e prédios no Funchal para desespero dos habitantes


(Em atualização) "Casas e prédios a arder, pessoas a fugir das habitações e gritos de desespero". A descrição do "cenário dantesco" foi feita ao JN pelo diretor do "Diário de Notícias da Madeira". Um incêndio de grandes proporções lavra, desde as 20.30 horas, na zona do Palheiro Ferreiro, na freguesia de São Gonçalo, concelho do Funchal.
"Uma frente de vários quilómetros de fogo consume a zona florestal que desce até às Neves, em São Gonçalo", descreveu Ricardo Miguel Oliveira, diretor do "Diário de Notícias da Madeira", ao JN.
Segundo explicou, o secretário dos Assuntos Sociais, Jardim Ramos, garante não haver vítimas para já, mas admitiu que estão a ser evacuadas e realojadas habitantes que viviam na zona.
Augusto Correia, de 43 anos, contou que a situação está muito complicada e que faltam meios no local: "O fogo está a alastrar rapidamente. Tenho uma casa aqui e não sei se escapa", declarou, enquanto se ouviam gritos de crianças e adultos: "Fujam"! Fujam!"
Um outro morador recordou as palavras do presidente do Governo Regional da Madeira de que não eram precisos mais bombeiros. 

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:25

Quinta-feira, 19.07.12

Bombeiros pedem aos moradores que abandonem as casas no Rochão

O fogo na localidade do Rochão, freguesia da Camacha, está incontrolável e os bombeiros estão a pedir aos moradores que abandonem as suas casas.
O chefe dos bombeiros voluntários madeirenses, Afonso Nóbrega, afirmou à agência Lusa, que, "devido ao vento inconstante, o combate ao incêndio está a ser fortemente prejudicado, além de que estão apenas cinco homens da corporação, apoiados por um veículo a combater o fogo".
"Temos populares a ajudarem-nos, conseguimos salvar a escola, mas agora o fogo está junto à capela e a ameaçar muitas casas", referiu.
Afonso Nóbrega aconselha as pessoas a sairem da área e a irem para as zonas baixas do Funchal.
Diversos moradores tentam, com as armas que têm - terra, ramos e panos -, atacar o fogo. Neste momento, há ainda quem se queixe da falta de água.
A Lusa constatou no local que há muito fumo e zonas que não são visiveis. Contudo, é possível observar vários pontos com labaredas ao longo da encosta do Rochão.
Vários moradores, munidos de mangueiras e baldes com água, estão em cima de telhados e em quintais a tentar evitar estragos maiores.
Uma moradora, Lídia Barreto, de 56 anos, adiantou que bombeiros e populares "não têm mãos a medir".
"O que temo é que nada se salve. Há muitas casas em perigo", disse.
SR/JRS 

Fonte: DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:07

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndio destrói aviário com nove mil pintos

Um aviário com nove mil pintos foi totalmente destruido por um incêndio esta quinta-feira, no lugar de Ponte Feitosa, na freguesia de Touro, em Vila Nova de Paiva. O alerta foi dado às 7.22, mas quando os bombeiros chegaram ao local o pavilhão de madeira estava consumido pelas chamas.
"A nossa preocupação foi retirar uma botija de gás do pavilhão e mesmo assim ainda rebentou uma outra", explicou ao JN o comandante Acácio Fonseca, comandante dos bombeiros voluntários de Vila Nova e Paiva.
Os bombeiros ainda conseguiram impedir que as chamas se alastrassem a um outro pavilhão com pintos.
A GNR está a investigar as causas do incêndio, mas há suspeitas que tenha sido originado pelo sistema de aquecimento.
No local estiveram 19 homens, apoiados por seis viaturas. O incêndio está em fase de rescaldo.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:44

Quinta-feira, 19.07.12

Avião da Proteção Civil despenhou-se na Barragem do Roxo



(Em actualização) 

Um avião da Proteção Civil, do tipo Dromader, despenhou-se na Barragem do Roxo, entre os concelhos de Aljustrel e Beja. O aparelho estaria a reabastecer e a apoiar o combate às chamas que lavram no concelho de Tavira.

O piloto do aparelho foi recolhido por um helicóptero da Força Aérea e em seguida será transportado para o Hospital de Beja.


Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:25

Quinta-feira, 19.07.12

C-130 à espera de bombeiros para descolar para a Madeira

O C-130 que vai partir para a Madeira com a missão de auxílio no combate ao incêndio de grandes dimensões que deflagrou na região está na pista da Base Aérea do Montijo, preparado para levantar voo, assim que receber ordens das entidades competentes, desde a uma hora da madrugada.

O aviso chegou à Força Aérea pouco depois das 23 horas, sendo que de imediato foram acionados os mecanismos para preparar o aparelho. Em situações normais, o grau de prontidão destes aviões é de três horas, período que, em situações excecionais, pode ser mais curto. O que foi cumprido pela Força Aérea.

Apesar de estar pronto a levantar voo desde o início da madrugada, diversas notícias apontam para que só descole por volta das 9.30 horas desta quinta-feira, depois de receber 91 bombeiros e respetivo material de combate a incêndio, situação que, naturalmente, escapando ao controlo e área competência da Força Aérea, apenas poderá ser explicado pela Proteção Civil.

Fonte: aBola

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:28

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndios/Madeira. Força conjunta com 91 elementos parte às 10 horas para o Funchal

Um avião militar com uma força conjunta de 91 operacionais descola hoje às 10:00 de Lisboa com destino ao Funchal, para ajudar as autoridades da Madeira a combater os incêndios de grandes proporções que lavram desde quarta-feira na ilha.

Fonte da Força Aérea adiantou à agência Lusa que o avião Hércules C-130, que parte da Base do Montijo, leva um efetivo constituido por membros do Grupo de Intervenção e Proteção e Socorro da GNR, uma força especial de bombeiros e bombeiros voluntários e um grupo de comando da Autoridade Nacional de Protecção Civil.

Entretanto, o fogo que deflagrou na quarta-feira no Palheiro Ferreiro, concelho do Funchal, foi já declarado em fase de rescaldo, disse à agência Lusa fonte do município, sendo ainda visíveis na zona vários focos de incêndio.

O Governo, através do Ministério da Administração Interna, e o executivo Regional da Madeira acordaram o envio de militares e bombeiros do continente para reforçar o combate aos incêndios.

No concelho da Ribeira Brava, um incêndio com diversas frentes encontra-se esta manhã ativo, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários, ao explicar que a corporação tem no local neste momento apenas quatro homens apoiados por um veículo, "mas que vai ser necessário enviar mais".

Fonte: Iinformação

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:25

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndio no Funchal afetou dezenas de casas e já está controlado

O vice-presidente da câmara do Funchal, responsável pela Proteção Civil municipal, afirmou que o fogo que deflagrou na zona do Palheiro Ferreiro está dado como "circunscrito e controlado", confirmando que arderam duas residências e existem duas dezenas de habitações afetadas.

"O fogo, desde as 3 horas, está perfeitamente controlado" mas "permaneceram no terreno dezenas de bombeiros para situações de reacendimento e em algumas zonas proceder ao rescaldo. Foi uma noite muito trabalhosa, mas o fogo foi declarado circunscrito e controlado pelo comandante", afirmou Bruno Pereira à Agência Lusa.

Num balanço provisório, o autarca adiantou que no Regimento de Guarnição nº3 do Funchal, que foi preparado para receber eventuais desalojados, "deram entrada esta noite 16 pessoas", ressalvando que "isto não significam que ficaram sem residência".

"Confirmadas estão duas casas que arderam, uma no Palheiro Ferreiro e outra na estrada antiga do Aeroporto, e uma terceira que ficou parcialmente destruída, designadamente, a cozinha, que sofreu grandes prejuízos, mas os residentes até permaneceram esta noite na sua casa", adiantou.

Bruno Pereira referiu que "existem outras duas dezenas de habitações afetadas, porque o fogo causou prejuízos em anexos, galinheiros e jardins", entre outros equipamentos

O responsável confirmou que "as equipas da Cruz Vermelha, Câmara do Funchal e Segurança Social estão no terreno", com contactos "porta-a porta, para inteirar-se das situações e dar apoio psicológico".

Um fogo de grandes dimensões surgiu ao princípio da noite de quarta-feira nas serras da zona este da cidade do Funchal, no Palheiro Ferreira e Choupana, tendo originado o deslocamento de centenas de pessoas que residem naquela área, onde existem muitos blocos de apartamentos, vivendas e um campo de golfe.

O Plano Regional de Emergência foi ativado pelo Governo Regional e todos os meios foram afetos à situação, tendo o presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, afirmado que a dispersão de fogos que surgiram nos últimos dias na região fazem "suspeitar de mão criminosa".

Os bombeiros de várias corporações estão envolvidos no combate a diversos fogos em diferentes pontos da ilha, designadamente, nos concelhos da Calheta, Ribeira Brava, Funchal e Santa Cruz.

Segundo o presidente do Serviço Regional de Porteção Civil, Luis Néri, neste momento, um foco na zona das Águas Mansas, no concelho de Santa Cruz, é o que está a causar "maior preocupação".

O ministro da Administração Interna desloca-se hoje à Madeira e o Governo da República disponibilizou um avião da Força Aérea, um C-130, que transporta cerca de 80 elementos que vêm apoiar as forças regionais no combate a estas situações.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:22

Quinta-feira, 19.07.12

Fogo em Ponte de Sor dominado às 07h02


O incêndio em Tramaga, no concelho de Ponte de Sor, distrito de Portalegre, foi hoje considerado dominado pelos bombeiros às 07:02, informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).


O fogo, que deflagrou às 18:08 de quarta-feira, continua a ser combatido por 142 operacionais, entre os quais 95 bombeiros, apoiados por 39 veículos.

De acordo com a informação disponível no portal da ANPC, o incêndio que deflagrou às 14:10 de quarta-feira numa zona de mato em Catraia, concelho de Tavira, no Algarve, mantinha quatro frentes ativas hoje de manhã.

Este fogo, que quarta-feira levou ao corte da estrada nacional entre Cachopo e Barranco do Velho, por motivos de segurança, está a ser combatido por 215 operacionais, entre os quais 187 bombeiros, apoiados por 68 viaturas.

Na quarta-feira, foram contabilizadas 180 ocorrências, combatidas por 6.398 operacionais, apoiados por 1.730 veículos.

Desde as 00:00 de hoje, a ANPC contabilizou 26 incêndios, dois dos quais ainda em curso.


Fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:17

Quinta-feira, 19.07.12

Instituto de Meteorologia - Avisos Continente


Faro

AmareloTempo QuentePersistencia de valores elevados da temperatura maxima.
Válido entre 2012-07-19 06:00:00 e 2012-07-21 21:59:59 (hora UTC)

Bragança

AmareloTempo Quente
Válido entre 2012-07-18 17:00:00 e 2012-07-19 21:59:59 (hora UTC)

Guarda

AmareloTempo Quente
Válido entre 2012-07-18 17:00:00 e 2012-07-19 21:59:59 (hora UTC)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:11

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndio na Madeira: Avião C130 parte para o Funchal às 08:30 com 83 homens

A Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC) esclareceu hoje que o executivo vai enviar uma força conjunta de 83 elementos, que vão partir para o Funchal às 08:30 de hoje, a bordo de um avião militar C130.

Em comunicado hoje emitido, a ANPC disse que "o Governo da República, através do Ministério da Administração Interna [MAI], acordou com o Governo Regional da Madeira o envio de uma Força Conjunta (FOCON) composta por um efectivo de 83 elementos", com membros do Grupo de Intervenção e Protecção e Socorro da GNR (GIPS), uma Força Especial de Bombeiros (FEB) e Bombeiros Voluntários e um Grupo de Comando da ANPC.

Anteriormente, uma fonte do MAI tinha informado que um avião C-130 da Força Aérea partia ainda durante esta madrugada para o Funchal, com 81 homens para auxiliar as autoridades madeirenses no combate às chamas no incêndio da freguesia de São Gonçalo, no Funchal, que deflagrou ao final da tarde de quarta-feira.

A nota da Protecção Civil refere ainda que o avião militar vai partir ao início da manhã da Base do Montijo, uma informação que o MAI também já tinha adiantado.

Na sequência deste incêndio, a Câmara do Funchal activou o plano municipal de emergência, tendo ainda disponibilizado o espaço dos Viveiros para os desalojados puderem ficar.

Psicólogos, assistentes sociais e funcionários da autarquia estão a ser solicitados para prestar apoio.

Fonte: Jornal de Negócios

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:47

Quinta-feira, 19.07.12

Acionado plano de emergência na Madeira



Salvar vidas do fogo é prioridade máxima na Madeira. O incêndio de grandes proporções que está a deflagrar no concelho Funchal já consumiu casas e obrigou à evacuação de populações. Entre 60 e 70 desalojados vão ser abrigados no regimento da Guarnição nº3, no Funchal.


"Todos os meios físicos e humanos estão no terreno", para combater as chamas que deflagraram em vários concelhos da Região, com particular incidência no Funchal, dada a dimensão das várias frentes de fogo", garante a presidência do Governo da Região Autónoma da Madeira em comunicado. "Neste momento, o mais importante são as pessoas e, por isso mesmo, foi montado um dispositivo para prestar todo o auxílio médico e de primeiros socorros às pessoas atingidas pelo fogo", acrescenta.

O Governo Regional da Madeira já acionou o plano de emergência, devido ao incêndio de grandes proporções que já destruiu casas e continua a espalhar o pânico na zona do Palheiro Ferreiro e Choupana, freguesia de São Gonçalo, concelho do Funchal.

O fogo está a descer a zona próximo do Estádio da Madeira, estando já bem perto da via-rápida, adianta o "Diário de Notícias da Madeira".

Na estrada para a Camacha, as chamas cobrem uma grande área. O incêndio é visível da cidade do Funchal, tendo a Agência Lusa apurado que várias pessoas foram forçadas a sair de casa. O Ministério da Administração Interna já anunciou que vai enviar na quinta-feira de manhã 90 homens num avião C-130 da Força Aérea para ajudar a combater os fogos. O diretor do "Diário de Notícias da Madeira" disse à SIC Notícias que o incêndio atinge "proporções dantescas." Num direto feito pela RTP Madeira, na zona das Neves, perto do edificio da ANACOM, "ouvia-se rebentamentos que pareciam de botijas de gás".

Os bombeiros não conseguem atender todas as ocorrências. As elevadas temperaturas e o vento forte estão a dificultar o combate das chamas. O Expresso já tentou contactar os Bombeiros e a Proteção Civil, mas sem sucesso. Fonte da Proteção Civil disse apenas que "a situação é difícil" e "praticamente todos os elementos estão no local", não havendo possibilidade neste momento de dar mais informações. O Hospital Dr. Nélio Mendonça está a aguardar quatro feridos, entre eles uma criança com ferimentos.

Situação muito difícil

"A situação está muito complicada e todos os meios disponíveis dos bombeiros e da câmara, incluindo os autotanques da limpeza estão no local, mas a situação é muito difícil", disse à Lusa o vice-presidente da Câmara do Funchal.

Também o Hospital central da Madeira já está preparado para a situação de catástrofe nível 1, estando mobilizado todo o dispositivo médico.

A população fala também num cenário assustador, onde as chamas se propagaram a grande velocidade ajudadas pelo vento. "É puro terror, onde as chamas devoram e engolam tudo o que lhes faz frente. Teve início pouco depois das 21h e logo incrivelmente se propagou à velocidade de um furacão. Temo pela angústia dos enclausurados mas chamas, e que surpreendidos nem tempo tiveram para fugir. Visto da baía do Funchal é mesmo assustador... É de arrepiar e esmorecer", escreve Tomás Freitas, o leitor do "Diário de Notícias da Madeira", na edição on-line do jornal.

Na quinta-feira, dia 12 de julho, Alberto João Jardim, pronunciou-se sobre o protesto agendado para o dia seguinte pela Associação dos Bombeiros Profissionais, no Funchal, designadamente contra a degradação das condições de trabalho e de vida dos bombeiros profissionais das associações humanitárias do Funchal, Machico e Santa Cruz.

"Quanto aos bombeiros, a questão é muito simples: em vez de quererem ser bombeiros municipais, foram-se fazendo associações. Depois o Governo foi-lhes fazendo as sedes, o equipamento que têm também foi o Governo que pagou e algumas associações, não todas, foram metendo gente sem ser preciso. E agora são eles {associações] que têm que resolver o problema", argumentou o governante madeirense.

"O Governo não ia pagar 50 bombeiros onde só basta ter 30", frisou Jardim. (Em atualização)

Fonte: Expresso

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:19

Quinta-feira, 19.07.12

Fogo cortou trânsito nos dois sentidos da A1

O incêndio que lavra em Alhandra, Vila Franca de Xira, obrigou ao corte do trânsito nos dois sentidos da A1 e feriu um bombeiro, informou à agência Lusa o comandante da Autoridade Nacional de Proteção Civil.^



Francisco Miguel, que está a comandar as operações no local, disse que o trânsito na A1, que tinha sido interrompido no sentido norte-sul pouco depois das 20:00, foi também cortado no sentido inverso cerca das 21:00.


O trânsito reabriu cerca de 45 minutos depois, mas o combate às chamas prosseguiu.


No combate às chamas, que estavam controladas a 80 por cento cerca das 21:00, um bombeiro da corporação da Póvoa de Santa Iria ficou ferido, com uma perna partida, tendo sido transportado para o Hospital de Vila Franca de Xira.


De acordo com a página oficial da Autoridade Nacional de Proteção Civil na internet, o incêndio deflagrou às 17:31 nas freguesias de Sobralinho e de Alhandra, em Vila Franca de Xira, e às 20:30 mobilizava 165 bombeiros, apoiados por 48 viaturas.


O meio aéreo que esteve também nas operações já não está ao serviço.


Fonte: DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:17

Quinta-feira, 19.07.12

Tomar: Incêndio obriga a corte de IC9, A13 e EN113

Mais de duas centenas de bombeiros, auxiliados por 60 viaturas e cinco meios aéreos, combatem esta quarta-feira um incêndio em área de mato que deflagrou cerca das 13h15 em Sabacheira, no concelho de Tomar.

O incêndio em Sabacheira está a ser combatido com o auxílio de quatro aviões bombardeiros e um helicóptero de ataque inicial.

As chamas obrigaram já ao corte do Itinerário Complementar 9 (IC9), da Auto-estrada 13 (A13) e da Estrada Nacional 113 (EN113) nos troços que dão acesso ao concelho, disse à Lusa fonte da GNR de Santarém.

A circulação automóvel está interrompida em ambos os sentidos no IC9 a partir do nó de acesso de Carregueiros, Tomar.

A EN113 também está cortada na zona de Carregueiros e em ambos os sentidos.

O trânsito está cortado na A13 a partir dos nós de Asseiceira e Tomar Sul.

Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:58

Quinta-feira, 19.07.12

Fotogaleria Incêndio Florestal Madeira
















Fonte: Direitos SicNotícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:29

Quinta-feira, 19.07.12

Mais de 700 bombeiros combatem sete incêndios

Mais de 700 bombeiros combatem os sete principais incêndios do país, segundo o site da Autoridade Nacional de Protecção Civil. São 110 ocorrências registadas até pouco depois das 16h30 - um número abaixo da expectativa para um dia com temperaturas tão altas. 35 concelhos estão em risco “máximo” de incêndio. A meio da tarde havia 15 incêndios activos, só sete considerados de maiores proporções.

O fogo que concentrava mais meios era o da Sabacheira, em Tomar, que deflagrou pouco depois da uma da tarde e mantinha pelas 17h00 uma frente activa que estava a ser combatida por 237 operacionais, mais de 50 viaturas e três meios aéreos. As três frentes de um incêndio em Catraia, Tavira, mobilizavam 157 combatentes e quatro meios aéreos. Os outros cinco fogos, nos distritos de Viseu, Lisboa, Braga e Guarda estavam a ser combatidos por menos de 100 bombeiros cada. 

Segundo o último relatório da Autoridade Florestal Nacional, ainda provisório, até 30 de Junho tinham ardido 35 mil hectares de floresta, quase três vezes mais que a média da última década (12.450 ha). Para isso contribuiu o facto de se ter registado um número anormal de ocorrência em Fevereiro e Março, que chegararam a quintuplicar face à média 2002-2011. Tal repercutiu-se na área ardida que em Fevereiro foi 12 vez superior à contabilizada o ano passado no mesmo período e em Março foi quase dez vezes maior. Apesar de Maio e Junho terem sido meses anormalmente calmos, em que os fogos destruiram menos que a média da última década, tal não conseguiu compensar os danos provocados pelos incêndios de Fevereiro e Março.

Fonte: Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:15

Quinta-feira, 19.07.12

Imagens Incêndio Madeira




Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:02

Quinta-feira, 19.07.12

Cerca de 150 bombeiros combatem fogo florestal em Tavira



Cerca de 150 bombeiros combatem na tarde desta quarta-feira um incêndio que deflagrou junto à povoação de Catraia, freguesia de Cachopo, concelho de Tavira. Até ao momento não há casas ou pessoas em risco.




O fogo, que deflagrou cerca das 14:00, tinha às 16:00 três frentes ativas e estava a ser combatido por 147 elementos de 19 corporações de bombeiros do Algarve e Alentejo, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.



De acordo com a mesma fonte, apesar de as chamas estarem a propagar-se junto a uma povoação, não existe, por enquanto, a indicação de que haja habitações ou pessoas em perigo.

No apoio ao combate ao incêndio estão 40 veículos e três helicópteros, estando também a caminho do local dois aviões provenientes do Norte do país.

As operações de combate vão ainda ser reforçadas com a chegada de mais dois grupos de operacionais, de Évora e de Beja.

O facto de ser uma zona de serra está a contribuir para que os meios demorem mais tempo a chegar ao local.

Às 17:00 estavam ativos 15 incêndios, de acordo com o site da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Fonte: Diário Digital com Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:59

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndio na Pontinha combatido por 185 bombeiros já só tem uma frente


O incêndio de grandes dimensões que deflagrou esta tarde de quarta-feira no Bairro da Milharada, na Pontinha, concelho de Odivelas, está a ser combatido por 185 bombeiros com o apoio de 54 viaturas e encontrava-se activo com uma frente pelas 18:34, indica o site da Protecção Civil.

O incêndio, que chegou a ameaçar casas e um posto de combustível, deflagrou cerca das 15:50 numa zona de denso canavial, o que facilitou a rápida propagação. O incêndio chegou a ter três frente activas.

Pelas 16:52 foi accionado um helicóptero bombardeiro pesado, tendo os bombeiros conseguido reduzir o incêndio a uma frente pelas 18:34.

De acordo com alguns moradores do Bairro da Milharada, o fogo começou perto do campo de futebol e «espalhou-se muito rápido», tendo chegado perto das casas e de uma zona de serralharias e oficinas.

No local estão elementos de quatro corporações: Caneças, Amadora, Pontinha e Odivelas.

Fonte: Diário Digital

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:57

Quinta-feira, 19.07.12

Madeira está a Arder: Cenário Infernal [C/Videos Amadores]

Accionado plano de catástrofe devido a incêndios na Madeira. O cenário é verdadeiramente dantesco como se pode ver pelas imagens que nos chegam.

casas a arder

Nesta noite o fogo obrigou dezenas de pessoas a sair de casa em São Gonçalo e as chamas são visíveis na cidade do Funchal. Já foi accionado o plano de catástrofe de nível I na região. A estrada para Camacha está coberta de chamas.
Segundo relatos que nos chegaram, já existem casas destruidas e muitas garrafas de gás a rebentar! A situação é gravíssima.
Madeira em Chamas
“Casas e prédios a arder, pessoas a fugir das habitações e gritos de desespero”. A descrição do cenário dantesco foi feita pelo diretor do Diário de Notícias da Madeira.

Hoteis evacuados, hospitais preparados para receber feridos, estão a destacar corpo clinico para o centro de inspeções. Vai um avião de combate aos incêndios a caminho da Madeira.
1500 bombeiros combatem incêndios em todo o país nesta quarta-feira.

Vários vídeos de populares colocados no Youtube mostram a intensidade das chamas do incêndio que consome casas em São Gonçalo, na Madeira.

Um dos moradores autor do vídeo colocado na rede social descreve um cenário «dantesco», com «várias pessoas a fugir das habitações e gritos de desespero».


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:32

Quinta-feira, 19.07.12

Incêndios/Madeira: C-130 da Força Aérea transporta 81 homens para o Funchal

Funchal, 19 jul (Lusa) - Um avião C-130 da Força Aérea parte esta madrugada com 81 homens para auxiliar as autoridades madeirenses no combate às chamas no incêndio da fregu8esia de São Gonçalo, no Funchal, segundo fonte do Ministério da Administração Interna.

A força será composta por militares, mas também por um número não identificado de homens do Grupo de Intervenção e Proteção e Socorro da GNR (GIPS) para além de bombeiros da Força Especial de Bombeiros e ainda bombeiros voluntários.

O avião militar partirá da Base do Montijo nas próximas horas, afirmou a mesma fonte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 00:22

Quinta-feira, 19.07.12

POSIT às 00H00




Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 00:16

Quinta-feira, 19.07.12

Ex comandante dos Bombeiros de Camarate ilibado de todas acusações.


O ex Comandante dos Bombeiros de Camarate Jorge Fernandes, acusado pela ex direcção e por alguns bombeiros de má gestão, ofensas, perseguição, assédio e descriminação, foi ilibado de todas as acusações pela polícia Judiciaria.

A situação vivida nos bombeiros de Camarate foi uma situação degradante que mostrou a promiscuidades existentes entre alguns elementos do quadro activo e elementos da ex direcção, que fizeram de tudo para destituir o comandante do seu cargo, para isso fizeram greve, utilizaram os meios de comunicação para difundir várias acusações até de não permitir a entrada no quartel do comandante em plena funções.

O ex comandante está a ponderar levar os que acusaram perante a justiça por difamação e atentado a sua honra.

Fonte: Fénix

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:08

Quinta-feira, 19.07.12

Ambulâncias colidem

Uma colisão entre duas ambulâncias à entrada do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, provocou ontem ferimentos a uma bombeira de Grândola. O acidente ocorreu às 20h58. A vítima seguia numa viatura do INEM daquela corporação. O choque envolveu ainda a VMER do hospital. 

Fonte: Correio da Manhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:07


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags