Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Sábado, 02.06.12

Tremor de 4 graus na região Kanto

O epicentro foi ao sul de Ibaraki com uma magnitude de 5.2 graus.


Por volta das 17:48h do dia 1 de junho foi registrado um sismo de 4 graus que sacudiu a região Kanto. O epicentro foi ao sul de Ibaraki com uma magnitude de 5.2 graus. Não houve alerta de tsunami.

As cidades atingidas foram:
Com 4 graus: norte de Ibaraki, sul de Ibaraki, sul de Tochigi, sul de Gunma, norte de Saitama, sul de Saitama e leste de Kanagawa.
Com 3 graus: Fukushima Nakadori, norte de Tochigi, norte de Gunma, Saitama Chichibu, noroeste de Chiba, leste de Tokyo, oeste de Tama (Tokyo), oeste de Kanagawa, leste de Yamanashi com os 5 lagos de Fuji e todos os 23 distritos de Tokyo.

Fonte: International Press

3.5 Hawai’i Island Earthquake, No Tsunami

There was no tsunami threat following a 3.5 magnitude earthquake reported at 11:15 a.m. on Thursday, May 31, 2012 on Hawai’i Island.

The earthquake was located: 11 miles N of Pahala, HI; 16 miles WSW of Volcano, HI; 22 miles NNE of Naalehu, HI; 34 miles SW of Hilo, HI; and 203 miles SE of Honolulu, HI.

The US Geological Survey, Hawaiian Volcano Observatory Hawaii National Park, recorded the data, reporting the earthquake to be at a depth of 0.3 miles.

No tsunami was generated.

From: Maui's News & Information Hub

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 00:03

Sexta-feira, 01.06.12

Dois feridos em explosão de gás num prédio

Dois trabalhadores de uma empresa de gás foram transportados, esta sexta-feira, para o Hospital de São José, em Lisboa, um deles com ferimentos graves, na sequência de uma explosão num prédio em Mira Sintra, Sintra.


Segundo disse à Agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Agualva-Cacém, Luís Pimentel, a explosão ocorreu por volta das 18 horas na cave de um prédio de 10 andares, onde os dois funcionários se encontravam a trabalhar.

O ferido grave apresentava queimaduras de primeiro e segundo graus, acrescentou, tendo sido ambos transportados para o Hospital de São José. No local dezenas de moradores estão impedidos de entrar no prédio, por questões de segurança.

Alguns dos moradores disseram à Lusa terem apanhado um "grande susto", lamentando ainda vários estragos nas suas habitações.

"Moro no primeiro andar e a explosão rebentou com a minha porta. Neste piso ficámos todos com as portas destruídas", descreveu um dos moradores.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:58

Sexta-feira, 01.06.12

Bombeiros de Castelo Branco reclamam dívida do Ministério da Saúde para pagarem salários

A Federação Distrital de Bombeiros de Castelo Branco pediu hoje ao Ministério da Saúde, «com a máxima urgência», a liquidação de uma dívida de 580 mil euros às corporações do distrito.

O valor acumulado corresponde, segundo a federação, aos valores por pagar até Dezembro de 2011 relativos ao transporte de doentes.

De acordo com a missiva endereçada ao Governo e aprovada por unanimidade em assembleia-geral, a dívida está a colocar em causa o pagamento de salários nas corporações.

A federação realça que as associações humanitárias de bombeiros «estão a passar por enormes dificuldades financeiras», refere a missiva assinada pelo presidente José Mariano, comandante dos Bombeiros de Castelo Branco.

A situação é agravada pela forma como «o transporte de doentes não urgentes foi resolvido pelo Governo e que não satisfaz minimamente as associações» e ainda pelo facto de «as despesas com os incêndios florestais entre Outubro de 2011 e 15 de Maio de 2012 não terem sido comparticipadas pelo Estado».

Em Março, o Ministério da Saúde e a Liga dos Bombeiros chegaram a um princípio de acordo em relação ao transporte de doentes, depois de acertarem o aumento de três cêntimos no preço a pagar por cada quilómetro, que passa para 51 cêntimos, e o aumento do preço da taxa de saída de ambulâncias de 7,5 para 10 euros.

Entretanto, na quinta-feira, a tutela chegou a acordo com a Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa, que ameaçavam a suspender o servido de transporte de doentes não urgentes. O ministério aceitou rever o pagamento das taxas de saída pagas às corporações.

Fonte: Lusa/SOL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:02

Sexta-feira, 01.06.12

Transporte de doentes: novas regras a partir de hoje

SNS assegura a deslocação de doentes com insuficiência económica, incapacidade superior a 60 por cento e cuidados prolongados

O novo regime de transporte não urgente de doentes entra esta sexta-feira em vigor, deixando as ambulâncias de ter a exclusividade neste serviço, que passa a abranger os utentes com incapacidade física superior a 60 por cento e insuficiência económica.

Estas são algumas das novas condições para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) assegurar o transporte não urgente de doentes, que é garantido em casos de «transporte para consultas, internamento ou cirurgia de ambulatório, tratamento ou exames complementares de diagnóstico e terapêutica» e também no regresso a casa do doente após a alta de internamento ou da urgência.

Segundo as condições definidas, o SNS assegurará os encargos com o transporte não urgente do doente sempre que este proveinsuficiência económica e «quando a situação clínica o justifique», designadamente nos casos de incapacidade igual ou superior a 60 por cento e de «condição clínica incapacitante».

O SNS assegura ainda o transporte não urgente de doentes que necessitem de cuidados de saúde de forma prolongada e continuada e que impliquem, pelo menos, oito deslocações num período de 30 dias.

A portaria que regula o transporte não urgente de doentes cria a figura de veículo de transporte simples de doentes (VTSD), destinado a doentes não urgentes, cuja situação clínica não faz prever a necessidade de cuidados de saúde durante o transporte.

Segundo o diploma, o transporte não urgente de doentes vai passar a ser realizado em VTSD e ambulâncias, mas o recurso a este tipo de serviço tem de ser justificado pelo médico assistente.

Estes veículos têm de ser licenciados pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), na sequência de vistoria realizada pelo INEM, ter uma capacidade máxima de nove lugares, dispor de duas placas identificadoras colocadas na frente e retaguarda e estarem equipados com uma mala de primeira abordagem, além do motorista ter que ser titular de formação específica, designadamente certificação de aptidão profissional e suporte básico de vida. 

Bombeiros contra novas regras

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), que assinou um acordo em março com o Ministério da Saúde (MS) sobre este serviço, já criticou as novas regras e admitiu que muitas das corporações podem abandonar o transporte não urgente de doentes, além de responsabilizar o MS pelo «iminente colapso» das associações de bombeiros, acrescenta a Lusa.

Fonte: TVI24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:41

Sexta-feira, 01.06.12

Sardoal com risco "máximo" de incêndio

O concelho do Sardoal, no distrito de Santarém, apresenta hoje risco "máximo" de incêndio, o mais grave de uma escala de cinco, informa o Instituto de Meteorologia (IM).

O IM dá ainda conta de 25 concelhos com risco "muito elevado" de incêndio, o segundo mais grave, oito no distrito de Santarém, três nos distritos de Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Viseu, dois no distrito de Coimbra e um nos distritos de Beja, Évora e Faro.

Com "risco elevado" de incêndio, o terceiro mais grave de uma escala de cinco, estão 78 concelhos.

O risco de incêndio, determinado pelo IM, engloba cinco níveis, variando entre "reduzido" e "máximo".

O cálculo é feito com base nos valores, observados às 13h00, da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

Na quinta-feira foram contabilizadas 56 ocorrências, combatidas por 808 operacionais, apoiados por 224 veículos.

Desde as 00h00 de hoje, a ANPC já contabilizou 13 incêndios, dois dos quais ainda em curso.

Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:32

Sexta-feira, 01.06.12

Terremoto de 5,8 graus atinge o leste da Indonésia

Um terremoto de 5,8 graus na escala Richter sacudiu nesta sexta-feira a província de Papua Ocidental, no leste da Indonésia, sem que as autoridades tenham anunciado vítimas fatais.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica no mundo todo, situou o epicentro a 24,5 km de profundidade e 2.997 km ao leste de Jacarta.

O povoado mais próximo do tremor é Manokwari, a capital provincial, com uma população de 130 mil pessoas e localizado 91 km ao oeste do sismo.

A Indonésia faz parte do chamado Anel de Fogo do Pacífico e sofre cerca de sete mil terremotos todos os anos, a maioria deles de baixa intensidade.

Fonte: Terra

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 12:23

Sexta-feira, 01.06.12

Bombeiros: Acordo com Governo cancela suspensão de transporte de doentes no distrito de Lisboa

Lisboa, 31 mai (Lusa) - Associações de bombeiros do distrito de Lisboa chegaram hoje à tarde a acordo com o Governo sobre o serviço de transporte de doentes não urgentes, cancelando a suspensão deste serviço que estava marcada para sexta-feira.

A informação foi prestada à Agência Lusa por fontes das associações de bombeiros, que disse que as corporações chegaram a um princípio de acordo com o Ministério da Saúde, cancelando assim a suspensão total do serviço de transportes de doentes não urgentes contratados pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

A mesma fonte adiantou que os contornos do acordo serão anunciados ainda hoje. Na semana passada, o presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa tinha ordenado a suspensão, a partir de Junho, do serviço de transporte de doentes não urgentes contratado pelo Ministério da Saúde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 08:03

Sexta-feira, 01.06.12

Idoso de 74 Anos Burlado Por Um Falso Cobrador

Um idoso de 74 anos foi burlado por um falso cobrador das cotas dos Bombeiros Voluntários das Taipas. Tudo aconteceu ontem à tarde, na freguesia de Oleiros.

O septuagenário que vive sozinho numa casa isolada foi abordado por um homem de 30 anos, bem falante e de boa aparência, alegando ser o cobrador daquela instituição. O burlão conseguiu apoderar-se de 40 euros. Quando se apercebeu que tinha sido enganado, o lesado apresentou queixa no posto da GNR das Taipas.

O Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros das Taipas lamentou esta ocorrência, indicando que infelizmente esta situação se tem repetido nos últimos tempos.


fonte: Guimarães Digital

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 08:01

Sexta-feira, 01.06.12

Cerco: Antiga secundária arde

Um incêndio deflagrou, ontem à tarde, nas instalações da antiga Escola Secundária do Cerco, na rua Nossa Senhora do Calvário, no Porto. “O espaço está devoluto, pelo que pode ter sido usado por toxicodependentes”, afirmou fonte dos Sapadores do Porto, que extinguiram rapidamente as chamas.

Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:15

Sexta-feira, 01.06.12

Norte de Itália continua a tremer

Depois do sismo que causou 23 mortos, as réplicas continuam a assustar a população. Ainda assim, o embaixador português em Roma adiantou à TSF que já começou a pensar-se na reconstrução.


Só esta noite foram registadas 37 réplicas. As imagens que chegam mostram edifícios totalmente destruídos. Nas ruas veem-se campos de acolhimentos improvisados, os acampamentos oficiais não são suficientes e as grades que resistem aos abalos servem de estendal.

O embaixador de Portugal em Roma diz que o sentimento de insegurança tomou conta da população.

«Há muita gente que prefere não entrar nas casas uma vez que há estes abalos sucessivos tem medo e preferem estar em local seguro. Os acampamentos estão localizados em zonas livres de edifícios, portanto as pessoas preferem muitas vezes ficar nas tendas com receio de uma réplica mais forte», revelou Manuel Lobo Antunes.

No último balanço dos dois violentos sismos, que nos últimos dez dias atingiram Itália, as autoridades contabilizam 23 mortos, mais de 350 feridos e 14 mil desalojados.

Fonte: TSF

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 02:10



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Tags

mais tags