Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 02.04.12

Há 317 desfibrilhadores em locais públicos

Portugal tem atualmente 317 Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE) licenciados pelo Instituto Nacional de Emergência Médica em locais públicos, como aeroportos, bancos, casinos, centros comerciais, hipermercados e hotéis, anunciou o INEM.

“Este projeto tem verificado um franco desenvolvimento, fruto também do empenho e preocupação de empresas e instituições que, com elevada responsabilidade social, consideram que o acesso aos DAE poderá ser uma importante mais-valia no reforço da cadeia de sobrevivência no nosso país”, afirmou o IMEM, em comunicado.

Segundo o INEM, a experiência internacional demonstra que, em ambiente extra-hospitalar, a utilização de DAE por pessoal não médico aumenta significativamente a probabilidade de sobrevivência das vítimas de paragem cardíaca.

O decreto-lei que estabelece as regras a que se encontra sujeita esta prática foi publicado em 2009.
O DAE é um dispositivo portátil que permite, através de elétrodos adesivos colocados no tórax, analisar o ritmo cardíaco e recomendar ou não um choque elétrico.

Este equipamento regista som, eletrocardiograma (ECG), fornece indicações aos reanimadores, analisa os dados e indica o choque, ou não.


por Paulo Marques
fonte: asBeiras.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 09:31

Segunda-feira, 02.04.12

"Artigo de opinião" Por uma causa nobre


POR UMA CAUSA NOBRE
Todos nós que por cá andamos nesta fase negra a combater incêndios florestais, sacrificando horas de descanso, sacrificando horas familiares e sacrificando ás vezes até horas de trabalho, cansados, suados e com sono, com mortos e feridos á mistura,recebemos de quando em vez umas palavras de apoio da classe política que tanto nos despreza e desprezou, chegando ao cumulo de até nos cortarem a única regalia que tinha-mos, as já defuntas taxas moderadoras, mas então se somos assim tão maltratados o que nos move? sinceramente já soube responder de letra mas agora começo a questionar-me, é que ninguém, mas absolutamente ninguém faz algo para acabar com este pesadelo, senão vejamos: as matas não são limpas, as florestas não são limpas, o donos estão se marimbando para aquilo, as populações nem o mato á volta das habitações corta, somos acusados de chegar sempre tarde, somos maltratados por tudo e por todos, a comunicação social adora passar os incêndios na televisão para reavivar mais ainda a piromania, os dispositivos de combate como têm dia e hora marcados ainda não funcionam, e andamos para cá nós abandonados a ter que resolver tudo em todo o lado, não sei quanto mais tempo isto vai continuar nem sei se muito mais iremos aguentar, lutar contra tudo e contra todos causa um desgaste tal que só os super homens aguentam, e naturalmente nós não somos super homens, e então quando arder e não houver ninguém para apagar, é que todos os outros que estão nas poltronas, nos sofás, nas cadeiras, nos tachos e panelas que nos olham de soslaio irão acordar e ver o mal que andam a fazer, mas aí já será tarde, mas ai já estaremos tão revoltados que não sei se teremos ainda força anímica para retomar o combate a este flagelo, e depois virão então dizer com aquela lata que os define, que a culpa é nossa, é isto que o futuro nos reserva para interesses obscuros os quais não consigo descortinar. E quando conseguirem acabar com o voluntariado então vão ver o que custa este combate, quer financeiramente quer fisicamente, mas como o objectivo é acabar com o voluntariado e o dinheiro que vai ser preciso gastar é nosso e não deles, pouco se preocuparão com tal, pelo contrario até se aproveitarão para fazer mais uns negócios vantajosos á custa do dinheiro do povo. Não vejo ninguém, mas absolutamente ninguém a defender todos estes homens e mulheres que abraçaram a causa do voluntariado, andamos por cá entregues a ninguém. ATÉ QUANDO???...
 
Por Elias Aguiar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:23

Segunda-feira, 02.04.12

Artigo Opinião: "Eu, sou policia, orgulhosamente"

              EU, SOU POLÍCIA, ORGULHOSAMENTE!!!!!!!!!

Eu peço desculpa pela linguagem, mas existem coisas que custam muito a ouvir mas são a verdade ..??!!!

... No passado dia 11 de Fevereiro, decorreu um pouco por todo o país, uma marcha/concentração de cidadãos devidamente enquadrados por uma frente sindical, que em plenos pulmões gritavam contra o fantasma do endividamento, a famosa crise e suas maleitas.

A mim, foi-me confiada a missão de zelar por estas mesmas pessoas e ao mesmo tempo fazer por que tudo corresse dentro daquilo que tantas vezes se ouve falar, a liberdade democrática.

E assim foi, como sempre, mas não para sempre, dentro do espírito sereno da malta Tuga, lá fomos indo desaguar na Praça do Povo, outrora conhecida por Praça do Comércio, cantando, berrando e mandando umas asneiradas, enquanto pelo canto do olho, alguns davam uma mirada Tuga a uma ou outra menina, enquanto emborcavam uma imperial à pressa porque não podiam largar o cartaz muito tempo.

Dentro daquilo considerado normal.

Discursos, apupos, vaias e aplausos, termina a parte oficial.

Eis senão quando, foi-me dada a ordem de recolher o pessoal, visto que o evento estaria na sua fase de rescaldo. Assim, juntei a malta e devidamente enquadrados, deslocamo-nos para a nossa viatura para que pudéssemos trincar uma bucha.

Nesse mesmo deslocamento, há um gajo, que encoberto pela multidão, grita ??vão trabalhar seus chulos? Parasitas? Filhos da puta? Fascistas? Cabrão!

Pensei eu: -Devias-me dizer isso lá no café, na folga, ou no tempo dos cowboys lá no faroeste, paneleiro, covarde!

Ignorei e dei ordem para ignorar, fomos à bucha. A minha sandes devia estar estragada, caiu-me mal? Eu sei que agora é tarde, mas mesmo assim a esse covarde e outros que para aí andam, tenho duas ou três coisas para vos dizer, cá vai:

..Vão trabalhar?????

Os chulos, ganham 780? por mês, trabalham 45 horas por semana que se às quais somarmos os gratificados passam para 60, isso, 60 horas semanais.

Os parasitas, trabalham os feriados todos, sim, todos sem direito a compensação, as noite e os fins de semana sem direito a qualquer pagamento de hora nocturna, na chuva no sol, no frio no calor e por aí fora.

Os Filhos da Puta, depois de saírem de serviço, vão para tribunal com o bêbado que podia muito bem atropelar a tua família toda quando saíste para ir jantar e celebrar uma merda qualquer que te tenha acontecido.

Ficam no trabalho a acabar o expediente que vai de manhã para tribunal, com o bando que assaltou à mão armada, ou com o que roubou, matou, assaltou a farmácia, a ourivesaria, o carro, o puto que vinha da escola, a velha no autocarro, o camone no eléctrico e por aí fora, que por mim, podias ser tu, a tua mãe, o teu filho o teu irmão, que o trabalho seria feito de igual forma.

Os fascistas, chamam o reboque quando não consegues sair com o carro, quando um como tu, abusa da sua liberdade e deixa o carro mesmo na saída da garagem. Entendes este conceito de liberdade?

Penso que sim.

Os chulos abrigam e protegem a mulher, as crianças que levam porrada de um esterco qualquer, só porque lhe apetece e leva-o a tribunal, na hora de folga.

Os parasitas, entram em casas em chamas, enfrentam armas de fogo, embrulham-se á facada, perseguem a grandes velocidades, lidam com todo o tipo de doenças, correm na direcção oposta quando todos os outros fogem dali para fora.

Os chulos saíram do seu seio familiar e social e deslocaram-se, alguns para mais de 400km de casa, deixando tudo para trás, para fazer vida de forma honrada sempedir nada a ninguém. Sem pedir nada a ninguém, sabes o que isso é?

Os parasitas, vivem num estatuto aprovado há mais de dois anos e regem-se pelo estatuto antigo, não conseguem passar um fim-de-semana inteiro com a família esperam 12 anos por uma promoção (única na carreira de 36 anos) e se quiserem algo mais, concorrem 1300 para 50 vagas.

Aqueles que insultaste, têm família, trabalham duro, são esforçados e honrados e são montes de merda como tu que colocam isso em causa?

Não! Definitivamente não! Estes mesmos Homens e Mulheres apoiam os idosos que alguém como tu abandonou ao consumo do esquecimento, levam-lhe as compras, mudam-lhe a garrafa do gás e dão-lhe a medicação apenas em troca de um olhar grato, e isso sim, justifica tudo.

Tu apareces quando tudo acaba, para vir buscar o ouro e ficar com as chaves de casa. E nós é que somos os chulos!

Aqueles que olhas com desprezo sabem um pouco de tudo, são Padres, Juízes, Médicos, Socorristas, Bombeiros, Rambos, Psicólogos, Professores, Mecânicos, e se somares isto tudo e mais qualquer coisa tens um Polícia.

Quando é que vais perceber que só falas em liberdade porque nós existimos?

Quando é que vais entender que tipos como tu são a razão da minha existência enquanto profissional. Se nós não existíssemos, ias à praia? Ao futebol?

Jantar fora? Deixavas o teu filho ir à escola?

Quer-me parecer que não.

Será que não entendes que ao insultares-me, estás a insultar aquilo que és, um homem livre?

Tudo isto funciona com combustível que com certeza encontrarás em abundância num qualquer Homem ou Mulher de farda: Abnegação, Generosidade, Espírito de Sacrifício e Altruísmo.

Googla estas palavras e saberás a definição, bom era que aprendesses o conceito.

Já hasteei a minha Bandeira à chuva, já a arreei ao som do clarim, já representei a minha Mui Nobre Nação, já chorei a cantar?

A Portuguesa?

Caso não saibas, é o título do nosso hino, conheço muitos Homens e Mulheres que cozeram a nossa Bandeira no braço que fazem de ti uma cabeça de alfinete num mundo de cabeçudos.

A minha farda é rica em sangue suor e lágrimas, minhas e de tipos como tu, que quando precisam, ao ver-me encontram refúgio e protecção.

Olha, o meu Pai nunca me deu um carro, nem me pagou a universidade, mas deu-me coisas sem preço, entre elas, o valor de um Não, Educação, Humildade e Espírito de Luta.

(Nota--Parabéns ao polícia que escreveu este artigo; 
Repasso-o porque, além do seu inquestionável valor, ele reflete o mundo de imbecilidade que campeia no nosso país, o sistema onde prolifera a desonestidade, a incompetência e o oportunismo! A situação que propicia uma injustiça cada vez mais alargada, tornando os ricos mais ricos, os remediados pobres e os pobres em forçados gatunos! O sistema que premeia quem nunca fez sacrifícios e que, inexoràvelmente, enterra quem trabalhou honestamente esperando, com toda a legitimidade, uma velhice que não seja roubada e vilipendiada!
Quem viveu, e se endividou, quem viveu acima das suas posses, irresponsávelmente, que pague a factura, não os velhos que já pagaram muito mais do que deviam! )

                 
EU, SOU POLÍCIA, ORGULHOSAMENTE!

        E TU, O QUE É QUE TU JÁ FIZESTE PELO TEU PAÍS?
Fonte de divulação : Cedido gentilmente pelo Comdt Antonio Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:25

Pág. 29/29



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930




Tags

mais tags