Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 02.04.12

Três incendiários detidos por fogos em Sernancelhe

Três homens, com idades entre os 17 e os 30, foram detidos pela Polícia Judiciária, por suspeita de quatro incêndios florestais em Sernancelhe.
 
 Os suspeitos são dois desempregados e um estudante, que terão ateado quatro fogos, que consumiram algumas dezenas de hectares de mata e colocaram em perigo bens patrimoniais de valor elevado.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coacção.

A GNR de Moimenta da Beira/Núcleo de Protecção Florestal colaborou na realização das diligências desta investigação criminal.
 
Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:18

Segunda-feira, 02.04.12

Incêndio mata 150 mil galinhas poedeiras

Pavilhão da Zêzereovo ficou completamente destruído, calculando os proprietários um prejuízo de 2,5 milhões de euros.
Um incêndio destruiu hoje um pavilhão de uma empresa produtora de ovos em Macieira da Rocha (Ferreira do Zêzere), matando as 150 mil galinhas poedeiras que se encontravam no seu interior e destruindo cerca de 300.000 ovos, disse fonte dos bombeiros.

Rui Patrício, comandante dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Zêzere, disse à agência Lusa que o pavilhão, pertencente à Zêzereovo, ficou completamente destruído, calculando os proprietários um prejuízo da ordem dos 2,5 milhões de euros.

O pavilhão, que "ruiu completamente", tinha 120 metros de comprimento e 15 de altura, e estava dividido em dois andares, tendo que ser "feito todo de novo", disse a fonte.
Um bombeiro ferido
 
O comandante adiantou que um bombeiro ficou ligeiramente ferido devido à queda de uma escada.

O alerta foi dado cerca das 2h20, tendo o incêndio sido dominado às 6h, afirmou, sublinhando não ser ainda possível determinar as causas do incêndio.


Fonte: Expresso

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:44

Segunda-feira, 02.04.12

Felgueiras: Apanham incendiário

Vários populares apanharam ontem um homem, em flagrante, a atear fogo a uma zona de floresta na freguesia de Caramos, concelho de Felgueiras. A população manteve o incendiário preso até à chegada da GNR. O suspeito, residente na zona, será hoje presente a tribunal.

Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:34

Segunda-feira, 02.04.12

V.R.S.A.: Fogo em garagem

Um incêndio deflagrou, pelas 18h30 de ontem, na garagem de um prédio na rua Reynaldo Manuel dos Santos, em Vila Real de Santo António, Algarve. As chamas, de causas ainda desconhecidas, começaram em móveis armazenados no local. Protecção Civil e bombeiros locais combateram o fogo. 
Fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:18

Segunda-feira, 02.04.12

Aviso amarelo para dez distritos até terça-feira

O Instituto de Meteorologia emitiu esta noite um aviso amarelo de mau tempo para dez distritos do território nacional, que deve vigorar até terça-feira.

Para os distritos de Évora, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Lisboa, Beja, Faro, Setúbal, Santarém e Portalegre, o Instituto de Meteorologia prevê, num aviso amarelo para os distritos de "aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento".

Em Lisboa, Beja, Faro, Setúbal, Santarém, o mau tempo deve durar entre as 22:00 de domingo e o meio-dia de terça-feira

Em Portalegre, o aviso de mau tempo está em vigor desde a meia-noite de hoje até às 06:00 de terça-feira.

Em Évora, o aviso amarelo está em curso entre as 06:00 de hoje e as 19:00 de terça-feira

Em Bragança, Castelo Branco e Guarda, o aviso amarelo está em curso entre o meio-dia de hoje e as 06:00 de terça-feira. 
 
Fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 10:55

Segunda-feira, 02.04.12

Protecção Civil acredita que incêndio de Penela teve 'mão criminosa'

O coordenador municipal da protecção civil de Penela, José Carlos Reis, manifestou-se hoje convicto da existência de «mão criminosa» no incêndio que, na quinta-feira, assolou o concelho, consumindo uma vasta área florestal.

O concelho de Penela foi, na quarta e quinta-feira afectado por dois violentos incêndios, com a situação a ficar dominada pelos bombeiros na madrugada de hoje.

«Não tenho qualquer dúvida [da existência de mão criminosa]. Houve uma primeira tentativa às 23 horas de quarta-feira, mas os meios [de combate] chegaram rápido e apagaram o fogo. No mesmo local, ao lado do que já tinha ardido e de novo à beira da estrada, apareceu um novo foco de incêndio, cerca do meio-dia de quinta-feira», disse José Carlos Reis à agência Lusa.

Este responsável adiantou que «a GNR e a Polícia Judiciária já estiveram no local» e frisou que o incêndio em Tola (que deflagrou na quinta-feira) surgiu «a uma distância muito grande do que estava a arder em São João do Deserto e, na altura, o vento não estava em direcção àquela zona».

Os dois incêndios registados na quarta e quinta-feira no concelho de Penela chegaram a obrigaram ao corte do IC3 durante algumas horas e à retirada de 58 idosos de um lar.

Estima-se que os dois incêndios tenham consumido perto de 1.600 hectares de mato e pinhal, disse à agência Lusa Raul Vasconcelos, comandante dos Bombeiros Voluntários de Penela.

Também Raul Vasconcelos disse que «os incêndios não nascem sem ignição» e frisou que, mesmo no primeiro fogo, o de São João do Deserto, as chamas eclodiram à hora em que «os trabalhadores que manobravam umas máquinas na zona tinham saído para almoçar».

Segundo os dois responsáveis, as chamas consumiram «alguns palheiros e pequenos anexos», mas não chegaram a atingir habitações ou animais domésticos.

Apesar de extinto, na zona de Tola mantêm-se cerca de 240 elementos, em operações de rescaldo e controlo de reacendimentos, disse à agência Lusa o segundo comandante distrital de operações de socorro de Coimbra, Paulo Palrilha.

No incêndio de São João do Deserto estiveram envolvidas mais de 400 combatentes e no de Tola chegou a mobilizar perto de 330 elementos. Nas duas situações, os bombeiros tiveram apoio de três meios aéreos.
No combate ao segundo incêndio operaram também dois pelotões do Exército - do Regimento de Artilharia 4 e de Infantaria 15.
 
Fonte: Lusa/SOL

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:03

Segunda-feira, 02.04.12

Galiza: 750 hectares ardem

O gigantesco incêndio florestal que desde sábado lavra sem controlo no parque natural de Fragas de Eume, na Galiza, já consumiu mais de 750 hectares de floresta e obrigou à retirada de 300 pessoas. Autoridades falam em fogo posto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:47

Segunda-feira, 02.04.12

Galiza: Incêndio no parque natural continua por controlar

Pelo menos 750 hectares já arderam no Parque Fragas do Eume, devido ao incêndio que começou sábado à tarde.
O incêndio no parque natural da Galiza continua a dificultar o trabalho dos bombeiros devido ao vento forte.

Os meios têm sido reforçados e no local estão 224 militares da unidade militar de emergências, 20 brigadas florestais, cinco helicópteros e quatro aviões.
As chamas já consumiram cerca de 750 hectares do Parque Fragas do Eume.

Cerca de 200 pessoas foram desalojadas em consequência do incêndio nas aldeias O Coto, Vilariño, A Ribeira e Teixido.

Entretanto, a associação de defesa ecológica da Galiza responsabiliza o governo regional por esta situação.
Tudo aponta para as más politicas de conservação e os erros na estratégia florestal que, afirmam os ecologistas, potenciaram o desastre que está a acontecer.


fonte: TSF

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:47

Segunda-feira, 02.04.12

O interesse nos bombeiros desempregados

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses Jaime Soares num artigo no JL, questiona a política do Instituto Emprego e Formação Profissional sobre a impossibilidade dos bombeiros voluntários desempregados da sua atividade profissional, não poderem aproveitar essa disponibilidade para reforçarem o dispositivo de socorro da sua população

O excelentíssimo presidente da LPB sabe que IEFP tem Programa Ocupacionais (POC), onde qualquer desempregado desde que chegue acordo com uma identidade profissional pode trabalhar durante o tempo do subsídio desemprego, cabendo a entidade patronal dar o subsídio de refeição e pagar a percentagem em falta para completar o anterior ordenado.

Muitos bombeiros estão neste momento nesse regime, o que se tem tornado um bom negocio para as associações de bombeiros, mas um mal negocio para os bombeiros desempregados, porque depois de ter terminado o tempo de subsídio de desemprego são imediatamente dispensados pelas associações de bombeiros, ficando depois sem qualquer subsídio e trabalho.

Os bombeiros despedidos pelas associações de bombeiros não podem ingressar através do POC no seu corpo de bombeiros que os despediu, porque a lei não permite, porque se assim fosse muitos presidentes das associações de bombeiros despediam a grande maioria dos profissionais para depois reintroduzirem esses profissionais novamente nos corpos de bombeiros através do POC.

Se o excelentíssimo presidente da LBP está a referir aos bombeiros despedidos pelas próprias associações de bombeiros, o senhor presidente da LBP devia rever a sua posição como presidente da LBP.

Porque o que a LBP devia estar a lutar pelo novo programa de financiamento dos corpos de bombeiros, para que os corpos de bombeiros pudessem introduzir essa mão-de-obra disponível qualificada nos seus quadros profissionais, porque fazem muita falta ao socorro das populações locais, porque essa mão-de-obra é importante não somente voluntária, porque se servem como voluntário servem como profissionais, mas não às custa de trabalho precário nem servem como mão-de-obra descartável ao interesse das associações de bombeiros.

por Fénix

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:46

Segunda-feira, 02.04.12

Governo Rreforça Meios de Combate a Incêndios já a Partir de Abril

Referiu ontem fonte da tutela, o reforço do dispositivo de combate a incêndios e a implementação de medidas especiais face à actual situação especial, tal como já tinha sido anunciado. A situação meteorológica atípica para a época e o elevado número de ocorrências e de área ardida levou o governo a implementar um conjunto de medidas que visam antecipar o dispositivo de defesa da floresta contra incêndios.

O governo decidiu antecipar o designado Período Crítico que terá início no dia 1 de Abril, tendo como objectivo operacionalizar os meios e recursos normalmente desencadeados a partir de 1 de Julho, em situações normais na Fase Charlie.

Igualmente, será antecipada a abertura de todos os Postos de Vigilância Fixa da Rede Nacional. Além disso, anunciou ainda o aluguer de um avião Beriev, que irá integrar o dispositivo de combate a incêndios a partir de 1 de Maio, o qual foi feito por ajuste directo, mas em condições mais favoráveis, cujo destino será a região Norte do país. Na Fase Bravo,  graças ao acordo celebrado com um conceituado organismo espanhol de estudos sobre fogos florestais (CEAFF), serão integrados no dispositivo cerca de 12 elementos de técnicos analistas de incêndios e especialistas no uso do fogo de supressão, em substituição das equipas GAUF.

A contratação deste serviço ao organismo de combate de incêndios florestais de Espanha por 3 meses, assume-se como mais vantajosa comparativamente aos custos de anos anteriores e que serão inteiramente suportados pelo Fundo Florestal Permanente”, adiantou fonte. Os técnicos espanhóis, com larga experiência nos incêndios da Grécia trabalharão em conjunto com os técnicos do ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e Floresta) destacados para o combate aos incêndios.

"O Estado tem de se adaptar às circunstâncias", sustentou, salientando que dia 1 de Abril, "como prometido", as medidas especiais terão início para fazer face à situação especial que o país atravessa em matéria de incêndios florestais.

Hoje, a situação é diferente à vivida em 2003 ou 2004, onde os incêndios destruíram milhares de hectares de floresta e onde se perderam vidas humanas. Quase todos os municípios portugueses encontram-se actualmente dotados de Gabinetes Técnicos Florestais e tendo desenvolvido nestes últimos 5 anos, um conjunto de acções previstas nos planos municipais de defesa da floresta contra incêndios, conferindo um maior conhecimento deste problema e tornando os seus técnicos mais experientes”. Planos estes que serão actualizados até Janeiro de 2013.


fonte: JM

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 09:44

Segunda-feira, 02.04.12

Avisos Continente

Bragança

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-02 12:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Évora

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-02 06:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Guarda

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-02 12:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Faro

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-01 22:00:00 e 2012-04-02 11:59:59 (hora UTC)

Setúbal

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-01 22:00:00 e 2012-04-02 11:59:59 (hora UTC)

Santarém

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-02 06:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Lisboa

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-01 22:00:00 e 2012-04-02 11:59:59 (hora UTC)

Beja

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-01 22:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Portalegre

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-02 06:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Castelo Branco

AmareloPrecipitaçãoAguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas de vento.
Válido entre 2012-04-02 12:00:00 e 2012-04-02 17:59:59 (hora UTC)

Este email não dispensa a consulta da informação publicada no sítio de internet do Instituto de Meteorologia, I.P..

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:44

Segunda-feira, 02.04.12

Socorro às populações pode estar comprometido diz Rodeia Machado


Rodeia Machado, vice-presidente da Liga Portuguesa de Bombeiros e presidente dos Bombeiros de Beja, disse em entrevista ao programa “3 dedos de conversa” da Rádio Pax que existem corporações com grandes dificuldades financeiras no distrito. Os Bombeiros de Odemira, Alvito e Barrancos vivem situações “preocupantes”, de acordo com o mesmo responsável. Rodeia Machado afirma que “pode estar em causa” o socorro às populações se falhar “uma componente essencial: o transporte de doentes em ambulância”. Esta é uma importante fonte de receita para as corporações. A redução do transporte de doentes não urgentes está a atirar algumas Associações de Bombeiros para uma situação difícil, segundo o vice-presidente da Liga. 
 
Fonte: Rádio Pax

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:43

Segunda-feira, 02.04.12

António Neto Vai Ser o Novo Comandante dos Bombeiros

A Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento já designou António Neto para assumir o Comando do corpo de Bombeiros, anunciou António Salvado, Presidente da Direção, durante a acção “Quartel Aberto” que decorreu este sábado na Praça Salgueiro Maia.

António Neto era adjunto do comando, bombeiro desde os 14 anos e reside no Entroncamento, tal como exigia a nova Direção eleita em janeiro.

Na Praça Salgueiro Maia, durante toda a manhã de sábado estiveram em exposição o veículo escada, um veículo de combate a incêndios e de uma ambulância de socorro, tendo os mais curiosos acedido à plataforma e a uma visão mais elevada da cidade.

Numa tenda montada para o efeito, realizaram-se rastreios de Diabetes e a Avaliação de Pressão Arterial, ao mesmo tempo que era vendida, por “pequenos bombeiros”, a mascote dos Bombeiros do Entroncamento, baptizada de “Bombeiritos”.

António Salvado, disse ao EOLtv, que esta iniciativa do “Quartel Aberto” é para ter continuidade, realizando-se mensalmente e que foi decidido voltar a realizar o tradicional Cortejo de Oferendas, em data ainda não definida.

Assembleia Geral aprova empréstimo

A Assembleia Geral ordinária, realizada na noite de sexta feira, decidiu contrair um empréstimo bancário para a realização das obras de remodelação do quartel e aquisição de uma nova viatura, para as quais já existe um apoio aprovado de 70% do seu custo.


 
fonte: Entroncamento Online

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:39

Segunda-feira, 02.04.12

Elvas/Incêndios: Sexta-feira negra no concelho mobiliza efectivos de socorro e segurança (C/VIDEO)

Três incêndios deflagraram sexta-feira, dia 30 de Março, em diferentes circunstâncias e pontos do concelho de Elvas, o que obrigou à mobilização de dezenas de bombeiros de três corporações do distrito (Elvas, Campo Maior e Monforte).

O primeiro, sem problemas de maior, ocorreu numa área de pasto, na freguesia de Barbacena, tendo estado no local elementos dos Bombeiros Voluntários de Elvas. Logo depois, na zona das Sochinhas, as chamas consumiram dezenas de fardos de palha que se encontravam num reboque de um pesado de mercadorias, o que motivou o auxílio dos bombeiros de Campo Maior, com um auto-tanque. 

Sem que estivesse este segundo fogo extinto surge um novo alerta de incêndio, desta vez urbano, no centro histórico de Elvas e que consumiu um armazém na rua dos Falcatos, obrigando à evacuação de 50 famílias de habitações contíguas.




fonte: Linha de Elvas

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:35

Segunda-feira, 02.04.12

Santa Comba Dão: Começou monumento ao bombeiro

Arrancaram as obras na rotunda onde será instalado o monumento ao bombeiro em Santa Comba Dão. O início dos trabalhos estava previsto para Janeiro, mas começaram com «um ligeiro atraso de um mês», como referiu o presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão.
 
João Lourenço adiantou que ainda não há uma data marcada para a inauguração do monumento, mas será escolhido um dia que seja importante para a cidade ou para os bombeiros. Tudo indica que a inauguração poderá acontecer em Maio, mês em que se assinala o feriado municipal.

(Leia mais na edição impressa do Diário de Coimbra)

por Catarina Tomás Ferreira
fonte. DC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:33

Segunda-feira, 02.04.12

Há 317 desfibrilhadores em locais públicos

Portugal tem atualmente 317 Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE) licenciados pelo Instituto Nacional de Emergência Médica em locais públicos, como aeroportos, bancos, casinos, centros comerciais, hipermercados e hotéis, anunciou o INEM.

“Este projeto tem verificado um franco desenvolvimento, fruto também do empenho e preocupação de empresas e instituições que, com elevada responsabilidade social, consideram que o acesso aos DAE poderá ser uma importante mais-valia no reforço da cadeia de sobrevivência no nosso país”, afirmou o IMEM, em comunicado.

Segundo o INEM, a experiência internacional demonstra que, em ambiente extra-hospitalar, a utilização de DAE por pessoal não médico aumenta significativamente a probabilidade de sobrevivência das vítimas de paragem cardíaca.

O decreto-lei que estabelece as regras a que se encontra sujeita esta prática foi publicado em 2009.
O DAE é um dispositivo portátil que permite, através de elétrodos adesivos colocados no tórax, analisar o ritmo cardíaco e recomendar ou não um choque elétrico.

Este equipamento regista som, eletrocardiograma (ECG), fornece indicações aos reanimadores, analisa os dados e indica o choque, ou não.


por Paulo Marques
fonte: asBeiras.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 09:31

Segunda-feira, 02.04.12

"Artigo de opinião" Por uma causa nobre


POR UMA CAUSA NOBRE
Todos nós que por cá andamos nesta fase negra a combater incêndios florestais, sacrificando horas de descanso, sacrificando horas familiares e sacrificando ás vezes até horas de trabalho, cansados, suados e com sono, com mortos e feridos á mistura,recebemos de quando em vez umas palavras de apoio da classe política que tanto nos despreza e desprezou, chegando ao cumulo de até nos cortarem a única regalia que tinha-mos, as já defuntas taxas moderadoras, mas então se somos assim tão maltratados o que nos move? sinceramente já soube responder de letra mas agora começo a questionar-me, é que ninguém, mas absolutamente ninguém faz algo para acabar com este pesadelo, senão vejamos: as matas não são limpas, as florestas não são limpas, o donos estão se marimbando para aquilo, as populações nem o mato á volta das habitações corta, somos acusados de chegar sempre tarde, somos maltratados por tudo e por todos, a comunicação social adora passar os incêndios na televisão para reavivar mais ainda a piromania, os dispositivos de combate como têm dia e hora marcados ainda não funcionam, e andamos para cá nós abandonados a ter que resolver tudo em todo o lado, não sei quanto mais tempo isto vai continuar nem sei se muito mais iremos aguentar, lutar contra tudo e contra todos causa um desgaste tal que só os super homens aguentam, e naturalmente nós não somos super homens, e então quando arder e não houver ninguém para apagar, é que todos os outros que estão nas poltronas, nos sofás, nas cadeiras, nos tachos e panelas que nos olham de soslaio irão acordar e ver o mal que andam a fazer, mas aí já será tarde, mas ai já estaremos tão revoltados que não sei se teremos ainda força anímica para retomar o combate a este flagelo, e depois virão então dizer com aquela lata que os define, que a culpa é nossa, é isto que o futuro nos reserva para interesses obscuros os quais não consigo descortinar. E quando conseguirem acabar com o voluntariado então vão ver o que custa este combate, quer financeiramente quer fisicamente, mas como o objectivo é acabar com o voluntariado e o dinheiro que vai ser preciso gastar é nosso e não deles, pouco se preocuparão com tal, pelo contrario até se aproveitarão para fazer mais uns negócios vantajosos á custa do dinheiro do povo. Não vejo ninguém, mas absolutamente ninguém a defender todos estes homens e mulheres que abraçaram a causa do voluntariado, andamos por cá entregues a ninguém. ATÉ QUANDO???...
 
Por Elias Aguiar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:23

Segunda-feira, 02.04.12

Artigo Opinião: "Eu, sou policia, orgulhosamente"

              EU, SOU POLÍCIA, ORGULHOSAMENTE!!!!!!!!!

Eu peço desculpa pela linguagem, mas existem coisas que custam muito a ouvir mas são a verdade ..??!!!

... No passado dia 11 de Fevereiro, decorreu um pouco por todo o país, uma marcha/concentração de cidadãos devidamente enquadrados por uma frente sindical, que em plenos pulmões gritavam contra o fantasma do endividamento, a famosa crise e suas maleitas.

A mim, foi-me confiada a missão de zelar por estas mesmas pessoas e ao mesmo tempo fazer por que tudo corresse dentro daquilo que tantas vezes se ouve falar, a liberdade democrática.

E assim foi, como sempre, mas não para sempre, dentro do espírito sereno da malta Tuga, lá fomos indo desaguar na Praça do Povo, outrora conhecida por Praça do Comércio, cantando, berrando e mandando umas asneiradas, enquanto pelo canto do olho, alguns davam uma mirada Tuga a uma ou outra menina, enquanto emborcavam uma imperial à pressa porque não podiam largar o cartaz muito tempo.

Dentro daquilo considerado normal.

Discursos, apupos, vaias e aplausos, termina a parte oficial.

Eis senão quando, foi-me dada a ordem de recolher o pessoal, visto que o evento estaria na sua fase de rescaldo. Assim, juntei a malta e devidamente enquadrados, deslocamo-nos para a nossa viatura para que pudéssemos trincar uma bucha.

Nesse mesmo deslocamento, há um gajo, que encoberto pela multidão, grita ??vão trabalhar seus chulos? Parasitas? Filhos da puta? Fascistas? Cabrão!

Pensei eu: -Devias-me dizer isso lá no café, na folga, ou no tempo dos cowboys lá no faroeste, paneleiro, covarde!

Ignorei e dei ordem para ignorar, fomos à bucha. A minha sandes devia estar estragada, caiu-me mal? Eu sei que agora é tarde, mas mesmo assim a esse covarde e outros que para aí andam, tenho duas ou três coisas para vos dizer, cá vai:

..Vão trabalhar?????

Os chulos, ganham 780? por mês, trabalham 45 horas por semana que se às quais somarmos os gratificados passam para 60, isso, 60 horas semanais.

Os parasitas, trabalham os feriados todos, sim, todos sem direito a compensação, as noite e os fins de semana sem direito a qualquer pagamento de hora nocturna, na chuva no sol, no frio no calor e por aí fora.

Os Filhos da Puta, depois de saírem de serviço, vão para tribunal com o bêbado que podia muito bem atropelar a tua família toda quando saíste para ir jantar e celebrar uma merda qualquer que te tenha acontecido.

Ficam no trabalho a acabar o expediente que vai de manhã para tribunal, com o bando que assaltou à mão armada, ou com o que roubou, matou, assaltou a farmácia, a ourivesaria, o carro, o puto que vinha da escola, a velha no autocarro, o camone no eléctrico e por aí fora, que por mim, podias ser tu, a tua mãe, o teu filho o teu irmão, que o trabalho seria feito de igual forma.

Os fascistas, chamam o reboque quando não consegues sair com o carro, quando um como tu, abusa da sua liberdade e deixa o carro mesmo na saída da garagem. Entendes este conceito de liberdade?

Penso que sim.

Os chulos abrigam e protegem a mulher, as crianças que levam porrada de um esterco qualquer, só porque lhe apetece e leva-o a tribunal, na hora de folga.

Os parasitas, entram em casas em chamas, enfrentam armas de fogo, embrulham-se á facada, perseguem a grandes velocidades, lidam com todo o tipo de doenças, correm na direcção oposta quando todos os outros fogem dali para fora.

Os chulos saíram do seu seio familiar e social e deslocaram-se, alguns para mais de 400km de casa, deixando tudo para trás, para fazer vida de forma honrada sempedir nada a ninguém. Sem pedir nada a ninguém, sabes o que isso é?

Os parasitas, vivem num estatuto aprovado há mais de dois anos e regem-se pelo estatuto antigo, não conseguem passar um fim-de-semana inteiro com a família esperam 12 anos por uma promoção (única na carreira de 36 anos) e se quiserem algo mais, concorrem 1300 para 50 vagas.

Aqueles que insultaste, têm família, trabalham duro, são esforçados e honrados e são montes de merda como tu que colocam isso em causa?

Não! Definitivamente não! Estes mesmos Homens e Mulheres apoiam os idosos que alguém como tu abandonou ao consumo do esquecimento, levam-lhe as compras, mudam-lhe a garrafa do gás e dão-lhe a medicação apenas em troca de um olhar grato, e isso sim, justifica tudo.

Tu apareces quando tudo acaba, para vir buscar o ouro e ficar com as chaves de casa. E nós é que somos os chulos!

Aqueles que olhas com desprezo sabem um pouco de tudo, são Padres, Juízes, Médicos, Socorristas, Bombeiros, Rambos, Psicólogos, Professores, Mecânicos, e se somares isto tudo e mais qualquer coisa tens um Polícia.

Quando é que vais perceber que só falas em liberdade porque nós existimos?

Quando é que vais entender que tipos como tu são a razão da minha existência enquanto profissional. Se nós não existíssemos, ias à praia? Ao futebol?

Jantar fora? Deixavas o teu filho ir à escola?

Quer-me parecer que não.

Será que não entendes que ao insultares-me, estás a insultar aquilo que és, um homem livre?

Tudo isto funciona com combustível que com certeza encontrarás em abundância num qualquer Homem ou Mulher de farda: Abnegação, Generosidade, Espírito de Sacrifício e Altruísmo.

Googla estas palavras e saberás a definição, bom era que aprendesses o conceito.

Já hasteei a minha Bandeira à chuva, já a arreei ao som do clarim, já representei a minha Mui Nobre Nação, já chorei a cantar?

A Portuguesa?

Caso não saibas, é o título do nosso hino, conheço muitos Homens e Mulheres que cozeram a nossa Bandeira no braço que fazem de ti uma cabeça de alfinete num mundo de cabeçudos.

A minha farda é rica em sangue suor e lágrimas, minhas e de tipos como tu, que quando precisam, ao ver-me encontram refúgio e protecção.

Olha, o meu Pai nunca me deu um carro, nem me pagou a universidade, mas deu-me coisas sem preço, entre elas, o valor de um Não, Educação, Humildade e Espírito de Luta.

(Nota--Parabéns ao polícia que escreveu este artigo; 
Repasso-o porque, além do seu inquestionável valor, ele reflete o mundo de imbecilidade que campeia no nosso país, o sistema onde prolifera a desonestidade, a incompetência e o oportunismo! A situação que propicia uma injustiça cada vez mais alargada, tornando os ricos mais ricos, os remediados pobres e os pobres em forçados gatunos! O sistema que premeia quem nunca fez sacrifícios e que, inexoràvelmente, enterra quem trabalhou honestamente esperando, com toda a legitimidade, uma velhice que não seja roubada e vilipendiada!
Quem viveu, e se endividou, quem viveu acima das suas posses, irresponsávelmente, que pague a factura, não os velhos que já pagaram muito mais do que deviam! )

                 
EU, SOU POLÍCIA, ORGULHOSAMENTE!

        E TU, O QUE É QUE TU JÁ FIZESTE PELO TEU PAÍS?
Fonte de divulação : Cedido gentilmente pelo Comdt Antonio Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:25


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930




Tags

mais tags