Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 27.07.11

Incêndios: Dois bombeiros e um Sapador Florestal Assistidos em Monção

Dois bombeiros e um sapador florestal tiveram de ser assistidos hoje no Serviço de Urgência Básica de Monção, por motivos de saúde, e retirados do combate às chamas num incêndio em Sistelo, Arcos de Valdevez.

A informação foi avançada à Agência Lusa, no terreno, pelo comandante dos Bombeiros Voluntários de Monção, Francisco Pinto, dando conta que dois voluntários foram picados por abelhas, durante o combate às chamas, e um sapador florestal sofreu um ataque de epilepsia.

«Os bombeiros voluntários têm à volta de 22 anos e são das corporações de Monção e Valença. Foram picados e desenvolveram uma reação alérgica. O sapador florestal tem cerca de 40 anos e infelizmente sofreu um ataque», explicou.

por Diário Digital / Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:04

Quarta-feira, 27.07.11

Incêndios: Dois bombeiros e um Sapador Florestal Assistidos em Monção

Dois bombeiros e um sapador florestal tiveram de ser assistidos hoje no Serviço de Urgência Básica de Monção, por motivos de saúde, e retirados do combate às chamas num incêndio em Sistelo, Arcos de Valdevez.

A informação foi avançada à Agência Lusa, no terreno, pelo comandante dos Bombeiros Voluntários de Monção, Francisco Pinto, dando conta que dois voluntários foram picados por abelhas, durante o combate às chamas, e um sapador florestal sofreu um ataque de epilepsia.

«Os bombeiros voluntários têm à volta de 22 anos e são das corporações de Monção e Valença. Foram picados e desenvolveram uma reação alérgica. O sapador florestal tem cerca de 40 anos e infelizmente sofreu um ataque», explicou.

por Diário Digital / Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:04

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 22h30

Segundo o site da ANPC, ocorreram 301 Incêndios Florestais desde as 00h de hoje. Actualmente estão 3 em curso, e os 3 requerem especial atenção:


E um terceiro, que por muito que queiramos, começa inclusive a ludibriar a todos os seus visitantes e comunicação social, conforme a figura em baixo:

2 Bombeiros - 4 Equipas de Sapadores Florestais - 2 Veículos Operacionais

fonte: ANPC / CDOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:00

Quarta-feira, 27.07.11

Bombeira Ferida num Acidente de Viação na Mealhada já Teve Alta Hospitalar

Uma bombeira ferida hoje num acidente de viação na Mealhada já teve alta hospitalar e outra terá alta em breve, revelou o gabinete de comunicação dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC).

O acidente provocou quatro feridos e dois deles, ambos do sexo masculino, vão ficar internados nos HUC, segundo um comunicado divulgado hoje à tarde.

Um destes dois pacientes, politraumatizado apresentando "prognóstico reservado", vai ficar internado no serviço de medicina intensiva e o outro, que sofreu fratura do fémur, ficará no serviço de ortopedia dos HUC, adianta a nota do gabinete de comunicação, informação e relações públicas.

Os bombeiros da corporação de Voluntários da Pampilhosa, concelho da Mealhada, ficaram feridos quando a viatura em que seguiam se despistou na estrada que liga aquela vila à EN1/IC2, tendo dado entrada no serviço de urgência dos HUC.

O autotanque de combate a incêndios acidentado dirigia-se para a zona de Pisão, freguesia de Barcouço (Mealhada), para combater um incêndio florestal. O acidente ocorreu hoje de manhã. 
 fonte: SIC


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:48

Quarta-feira, 27.07.11

Bombeira Ferida num Acidente de Viação na Mealhada já Teve Alta Hospitalar

Uma bombeira ferida hoje num acidente de viação na Mealhada já teve alta hospitalar e outra terá alta em breve, revelou o gabinete de comunicação dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC).

O acidente provocou quatro feridos e dois deles, ambos do sexo masculino, vão ficar internados nos HUC, segundo um comunicado divulgado hoje à tarde.

Um destes dois pacientes, politraumatizado apresentando "prognóstico reservado", vai ficar internado no serviço de medicina intensiva e o outro, que sofreu fratura do fémur, ficará no serviço de ortopedia dos HUC, adianta a nota do gabinete de comunicação, informação e relações públicas.

Os bombeiros da corporação de Voluntários da Pampilhosa, concelho da Mealhada, ficaram feridos quando a viatura em que seguiam se despistou na estrada que liga aquela vila à EN1/IC2, tendo dado entrada no serviço de urgência dos HUC.

O autotanque de combate a incêndios acidentado dirigia-se para a zona de Pisão, freguesia de Barcouço (Mealhada), para combater um incêndio florestal. O acidente ocorreu hoje de manhã. 
 fonte: SIC


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:48

Quarta-feira, 27.07.11

Foram hoje Registados 254 Incendios em Todo o País



De acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil foram registados hoje, em todo o país, 254 incêndios florestais, sendo que 22 estão ainda neste momento activos. O mais grave é então esse que ainda ganha terreno no concelho de Cernancelhe, distrito de Viseu. Começou ao meio dia e meio, envolve 157 operacionais, 39 veículos e quatro meios aéreos. Há ainda incêndios considerados significativos nos distritos de Braga, Bragança, Viana do Castelo e Porto.

fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:42

Quarta-feira, 27.07.11

Foram hoje Registados 254 Incendios em Todo o País



De acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil foram registados hoje, em todo o país, 254 incêndios florestais, sendo que 22 estão ainda neste momento activos. O mais grave é então esse que ainda ganha terreno no concelho de Cernancelhe, distrito de Viseu. Começou ao meio dia e meio, envolve 157 operacionais, 39 veículos e quatro meios aéreos. Há ainda incêndios considerados significativos nos distritos de Braga, Bragança, Viana do Castelo e Porto.

fonte: RTP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:42

Quarta-feira, 27.07.11

«Já vi o inferno, Deus Nosso Senhor me livre dele»

«Inferno» era esta quarta-feira a palavra mais utilizada pelos habitantes de Salamonde, ainda mal refeitos do susto provocado pelo violento incêndio que chegou a «beijar» muitas casas daquela aldeia de Vieira do Minho, escreve a Lusa.

«Já vi o inferno, Deus Nosso Senhor me livre dele», desabafava Cidália Mota, 74 anos, que vive sozinha e que viu as chamas quase a entrarem-lhe pela porta dentro.

«Foi uma noite toda sem dormir. O sono é muito, mas não tenho coragem de ir para a cama. É que mal fecho os olhos a primeira coisa que vejo é aquele inferno a vir pelo monte abaixo, para cima das nossas casas», atirou Sandra Vieira, outra moradora em Salamonde.

O incêndio começou cerca das 23:00 de terça-feira e só foi dado por dominado pelas 18:00 desta quarta-feira, após um combate que envolveu mais de uma centena de bombeiros, apoiados por três dezenas de viaturas e um helicóptero pesado.

A meio da tarde, os bombeiros já não escondiam os sinais de exaustão, depois de horas a fio no terreno.

Junto a um antigo bairro da EDP, um grupo de bombeiros de Salto e Montalegre aproveitou uma sombra para «passarem pelas brasas», deitados no chão, num verdadeiro «descanso dos guerreiros».

«Estamos aqui desde as 10 da noite de ontem [terça feira], sem dormir, sem parar. Estafados», referia Sérgio Sousa, 23 anos, bombeiro há três.

Acabado de completar o curso superior de Gestão e Administração Pública, o bombeiro de Salto confessava que este terá sido o segundo pior incêndio da sua carreira. «Muito duro, muito duro», afirmava.

Aos bombeiros associaram-se praticamente todos os habitantes da aldeia, que com mangueiras, cisternas e «tudo o que houvesse à mão» tentaram, com sucesso, impedir que as chamas destruíssem habitações.

«Morreram animais, há vinhas destruídas, bouças arrasadas, mas felizmente as casas foram salvas», congratulava-se a dona de um café de Salamonde.

Ao volante do seu tractor, Adelino Pinto tinha estampado no rosto o cansaço de toda uma noite numa «luta desigual» contra as chamas, mas mesmo assim garantia que a próxima noite seria também para passar em claro.

«Vou passar toda a noite nisto, senão, com um qualquer reacendimento, o meu barracão vai ao ar», explicava.

O verde do monte que até aqui era o orgulho da gente de Salamonde transformou-se, quase de um momento para o outro, num intenso manto negro, abrindo uma ferida que vai custar a sarar no coração dos habitantes da aldeia.

«Foi medonho. Enquanto me lembrar disto, hei de ter sempre o coração aos saltos», balbuciava Cidália Mota.

fonte: TVI24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:38

Quarta-feira, 27.07.11

«Já vi o inferno, Deus Nosso Senhor me livre dele»

«Inferno» era esta quarta-feira a palavra mais utilizada pelos habitantes de Salamonde, ainda mal refeitos do susto provocado pelo violento incêndio que chegou a «beijar» muitas casas daquela aldeia de Vieira do Minho, escreve a Lusa.

«Já vi o inferno, Deus Nosso Senhor me livre dele», desabafava Cidália Mota, 74 anos, que vive sozinha e que viu as chamas quase a entrarem-lhe pela porta dentro.

«Foi uma noite toda sem dormir. O sono é muito, mas não tenho coragem de ir para a cama. É que mal fecho os olhos a primeira coisa que vejo é aquele inferno a vir pelo monte abaixo, para cima das nossas casas», atirou Sandra Vieira, outra moradora em Salamonde.

O incêndio começou cerca das 23:00 de terça-feira e só foi dado por dominado pelas 18:00 desta quarta-feira, após um combate que envolveu mais de uma centena de bombeiros, apoiados por três dezenas de viaturas e um helicóptero pesado.

A meio da tarde, os bombeiros já não escondiam os sinais de exaustão, depois de horas a fio no terreno.

Junto a um antigo bairro da EDP, um grupo de bombeiros de Salto e Montalegre aproveitou uma sombra para «passarem pelas brasas», deitados no chão, num verdadeiro «descanso dos guerreiros».

«Estamos aqui desde as 10 da noite de ontem [terça feira], sem dormir, sem parar. Estafados», referia Sérgio Sousa, 23 anos, bombeiro há três.

Acabado de completar o curso superior de Gestão e Administração Pública, o bombeiro de Salto confessava que este terá sido o segundo pior incêndio da sua carreira. «Muito duro, muito duro», afirmava.

Aos bombeiros associaram-se praticamente todos os habitantes da aldeia, que com mangueiras, cisternas e «tudo o que houvesse à mão» tentaram, com sucesso, impedir que as chamas destruíssem habitações.

«Morreram animais, há vinhas destruídas, bouças arrasadas, mas felizmente as casas foram salvas», congratulava-se a dona de um café de Salamonde.

Ao volante do seu tractor, Adelino Pinto tinha estampado no rosto o cansaço de toda uma noite numa «luta desigual» contra as chamas, mas mesmo assim garantia que a próxima noite seria também para passar em claro.

«Vou passar toda a noite nisto, senão, com um qualquer reacendimento, o meu barracão vai ao ar», explicava.

O verde do monte que até aqui era o orgulho da gente de Salamonde transformou-se, quase de um momento para o outro, num intenso manto negro, abrindo uma ferida que vai custar a sarar no coração dos habitantes da aldeia.

«Foi medonho. Enquanto me lembrar disto, hei de ter sempre o coração aos saltos», balbuciava Cidália Mota.

fonte: TVI24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 22:38

Quarta-feira, 27.07.11

Régua: Fogo Deixa três Pessoas Desalojadas

Três pessoas ficaram esta quarta-feira desalojadas na sequência de um incêndio que destruiu a casa onde residiam na freguesia de Moura Morta, concelho da Régua, disse fonte dos bombeiros, escreve a Lusa.

O alerta chegou aos bombeiros às 10:46 e, segundo o comandante da Régua, António Fonseca, quando lá chegaram «a casa já estava tomada pelas chamas».

O incêndio foi dominado em 20 minutos, mas as operações de rescaldo demoraram várias horas.

Na sequência do fogo, uma mãe e duas filhas ficaram desalojadas. Manuel Saraiva, da Protecção Civil municipal, assegurou que a família «vai ser realojada».

As autoridades policiais foram para o local para averiguar as causas do incêndio, ainda não divulgadas.

António Fonseca explicou que se tratava de uma casa antiga, de madeira, que «ardeu na totalidade».

fonte: TVI24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:08

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT - ás 18h30 ( parte II )


[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-yBaUzFW-v4c/TjBQjaZno6I/AAAAAAAAAGc/gYC-j2_XZHA/s1600/SANTO+TIRSO.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="77" src="https://1.bp.blogspot.com/-yBaUzFW-v4c/TjBQjaZno6I/AAAAAAAAAGc/gYC-j2_XZHA/s320/SANTO+TIRSO.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-PLjcc_GZSYU/TjBQv3WbtnI/AAAAAAAAAGg/ERG1zxwtN5U/s1600/MON%25C3%2587%25C3%2583O.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="83" src="https://1.bp.blogspot.com/-PLjcc_GZSYU/TjBQv3WbtnI/AAAAAAAAAGg/ERG1zxwtN5U/s320/MON%25C3%2587%25C3%2583O.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-zvVPpThyh_A/TjBRDNASRDI/AAAAAAAAAGk/l39sI8nQwv4/s1600/MARCO.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="81" src="https://1.bp.blogspot.com/-zvVPpThyh_A/TjBRDNASRDI/AAAAAAAAAGk/l39sI8nQwv4/s320/MARCO.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-hgtHeHYJEqQ/TjBRRpXmiUI/AAAAAAAAAGo/DFejFgxJzTU/s1600/VIEIRA+MINHO.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="80" src="https://1.bp.blogspot.com/-hgtHeHYJEqQ/TjBRRpXmiUI/AAAAAAAAAGo/DFejFgxJzTU/s320/VIEIRA+MINHO.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-jHjAG66trGY/TjBRgFKz-DI/AAAAAAAAAGs/cpTJ0qq490c/s1600/ARCOS+DE+VALDEVEZ.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="80" src="https://1.bp.blogspot.com/-jHjAG66trGY/TjBRgFKz-DI/AAAAAAAAAGs/cpTJ0qq490c/s320/ARCOS+DE+VALDEVEZ.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><span style="font-size: x-small;"><em>Fonte: ANPC / CNOS</em></span>

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:58

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT - ás 18h30 ( parte I )

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-gpofFe7p8tg/TjBN22-X1NI/AAAAAAAAAGE/71FGCZkwq1M/s1600/celorico+basto.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="80" src="https://1.bp.blogspot.com/-gpofFe7p8tg/TjBN22-X1NI/AAAAAAAAAGE/71FGCZkwq1M/s320/celorico+basto.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-vridLE92wNM/TjBOOdC8owI/AAAAAAAAAGI/wcVwuExeBjc/s1600/GUIMARAES.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="77" src="https://1.bp.blogspot.com/-vridLE92wNM/TjBOOdC8owI/AAAAAAAAAGI/wcVwuExeBjc/s320/GUIMARAES.png" t$="true" width="320" /></a></div><br />                                  <a href="https://1.bp.blogspot.com/-oOd4_uxLrOE/TjBOay2Hw9I/AAAAAAAAAGM/UaNRfi58C6E/s1600/penafiel+PORTO.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="83" src="https://1.bp.blogspot.com/-oOd4_uxLrOE/TjBOay2Hw9I/AAAAAAAAAGM/UaNRfi58C6E/s320/penafiel+PORTO.png" t$="true" width="320" /></a><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><br /></div><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-qAfjSdiSCHs/TjBOpMB2e4I/AAAAAAAAAGQ/bfBwEdBGnkU/s1600/pinhel+guarda.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="80" src="https://1.bp.blogspot.com/-qAfjSdiSCHs/TjBOpMB2e4I/AAAAAAAAAGQ/bfBwEdBGnkU/s320/pinhel+guarda.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-Pmk5yZ0A3_8/TjBO8VPYMCI/AAAAAAAAAGU/W8X6Le8XJs8/s1600/SERNANCELHE+-+VISEU.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="75" src="https://1.bp.blogspot.com/-Pmk5yZ0A3_8/TjBO8VPYMCI/AAAAAAAAAGU/W8X6Le8XJs8/s320/SERNANCELHE+-+VISEU.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><br /><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-Fob0KJbKrdo/TjBPIKLQoHI/AAAAAAAAAGY/TAocX858N7A/s1600/TORRE+MONCORVO+18h30.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="85" src="https://1.bp.blogspot.com/-Fob0KJbKrdo/TjBPIKLQoHI/AAAAAAAAAGY/TAocX858N7A/s320/TORRE+MONCORVO+18h30.png" t$="true" width="320" /></a></div><br /><br /><span style="font-size: x-small;"><em>Fonte: ANPC/CNOS</em></span><br />

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:47

Quarta-feira, 27.07.11

IF Ribas, concelho Penafiel - POSIT

Quarenta e cinco bombeiros, apoiados por 13 veículos estão a combater o incêndio que deflagrou às 14.11 horas em Ribas, concelho de Penafiel.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:28

Quarta-feira, 27.07.11

IF no concelho de Guimarães - POSIT

Na Rua João Paulo II, concelho de Guimarães, Braga, estão 70 bombeiros a lutar contra o fogo com três frentes activas que lavra desde as 11.15 horas numa zona de mato. No local estão ainda 22 veículos.


Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:27

Quarta-feira, 27.07.11

IF em Sarzeda, concelho Viseu - POSIT

Em Sarzeda, concelho de Sernancelhe, Viseu, 137 homens, 30 veículos e um helicóptero combatem chamas com duas frentes activas que deflagraram às 12.39 horas.

Um incêndio que deflagrou numa zona de mato às 22.48 horas de terça-feira na freguesia de Frades, concelho de Vieira do Minho, Braga, está a ser combatido por 94 homens, 34 veículos e um helicóptero.

Fonte: JN



Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:26

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 17h31 - IF em Frades, Vieira do Minho - DOMINADO / IF em Monção



fonte: ANPC / CDOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:35

Quarta-feira, 27.07.11

Fogo em Fábrica Têxtil de Vila Verde foi Controlado

O incêndio que deflagrou, às 12.45 horas, numa unidade fabril têxtil em Barbudo, concelho de Vila Verde, já foi controlado.

O incêndio na Fábrica de Tecidos Senra encontra-se controlado, apesar do intenso fumo que sai de dentro de um dos pavilhões da unidade fabril.

Segundo fonte próxima da administração, neste momento não há perigo de o piso superior desabar. "Apenas ardem stocks de algodão. Isto é material que tem uma combustão lenta e que provoca muito fumo", explicou.

Sem acrescentar a quantificação dos danos, a mesma fonte adiantou que as outras secções da fábrica, nomeadamente a fiação, não foram afectadas. E confirmou, ainda, que os postos de trabalho, cerca de 30, não estão em perigo. 
 No combate ao incêndio estiveram as corporações de Vila Verde e Amares. Os bombeiros usaram máscaras, pois o fumo era intenso e tóxico.

A Fábrica de Tecidos da Senra está situada no centro da freguesia de Barbudo, junto à igreja, mas as chamas não ofereceram perigo para as habitações que existem perto.

fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:13

Quarta-feira, 27.07.11

Braga: Complexo das Sete Fontes Está a Arder

(Em actualização) Recentemente classificado como monumento nacional, o complexo barroco das Sete Fontes, em Braga, está a arder.

As chamas atingem uma densa àrea de floresta e estão à porta do novo hospital de Braga.
fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:06

Quarta-feira, 27.07.11

Braga: Complexo das Sete Fontes Está a Arder

(Em actualização) Recentemente classificado como monumento nacional, o complexo barroco das Sete Fontes, em Braga, está a arder.

As chamas atingem uma densa àrea de floresta e estão à porta do novo hospital de Braga.
fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:06

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 16h44 - Mais um IF


fonte: ANPC / CDOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:45

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 16h36 - Mais um IF


Segundo fonte da ANPC, estão activos em todo o território nacional, 30 Incêndios Florestais. E tal como previsto pela ANPC com o agravamento do tempo, pode-se reparar, que no espaço de uma hora, foram inseridos mais 2 Incêndios Florestais, e em 5 minutos mais um.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:37

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 16h30 - Mais dois IF

Mantém-se os mesmos 4 incêndio florestais referidos na publicação anterior, mais estes 2 abaixo inseridos.


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:30

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 16h30 - Mais dois IF

Mantém-se os mesmos 4 incêndio florestais referidos na publicação anterior, mais estes 2 abaixo inseridos.


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:30

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT às 15h53 - Com Especial Atenção ao Reacendimento em Torre de Moncorvo


fonte: ANPC / CDOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:58

Quarta-feira, 27.07.11

Despiste de Viatura dos Bombeiros da Pampilhosa Causa Quatro Feridos

Uma viatura dos bombeiros de Pampilhosa do Botão despistou-se esta manhã em Santa Luzia, entre a Mealhada e Coimbra. Quatro bombeiros ficaram feridos, dois em estado grave, um destes com prognóstico muito reservado, e os restantes com ferimentos ligeiros.O carro capotou quando se dirigia para uma localidade próxima para combater um incêndio florestal. Os feridos foram assistidos no local por uma equipa do INEM e foram depois transportados para os Hospitais da Universidade de Coimbra.

A vítima do acidente que está em estado considerado muito grave é um homem de 28 anos que ficou encarcerado e em paragem cardiorespiratória. O outro ferido grave é também do sexo masculino e tem 45 anos. De acordo com o que a Sic apurou, tem diversas fracturas mas o seu estado é considerado estável.

As vítimas com ferimentos ligeiros são mulheres com cerca de 25 anos.

Foram mobilizadas para o local duas viaturas médicas e do INEM e quatro ambulâncias. Uma equipa de psicólogos foi também destacada para prestar assistência no quartel de bombeiros da Pampilhosa. 
fonte: SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:40

Quarta-feira, 27.07.11

Despiste de Viatura dos Bombeiros da Pampilhosa Causa Quatro Feridos

Uma viatura dos bombeiros de Pampilhosa do Botão despistou-se esta manhã em Santa Luzia, entre a Mealhada e Coimbra. Quatro bombeiros ficaram feridos, dois em estado grave, um destes com prognóstico muito reservado, e os restantes com ferimentos ligeiros.O carro capotou quando se dirigia para uma localidade próxima para combater um incêndio florestal. Os feridos foram assistidos no local por uma equipa do INEM e foram depois transportados para os Hospitais da Universidade de Coimbra.

A vítima do acidente que está em estado considerado muito grave é um homem de 28 anos que ficou encarcerado e em paragem cardiorespiratória. O outro ferido grave é também do sexo masculino e tem 45 anos. De acordo com o que a Sic apurou, tem diversas fracturas mas o seu estado é considerado estável.

As vítimas com ferimentos ligeiros são mulheres com cerca de 25 anos.

Foram mobilizadas para o local duas viaturas médicas e do INEM e quatro ambulâncias. Uma equipa de psicólogos foi também destacada para prestar assistência no quartel de bombeiros da Pampilhosa. 
fonte: SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:40

Quarta-feira, 27.07.11

ULTIMA HORA: IF em Cardal - Mealhada / IF em Mouriscas - Abrantes

  • O Incêndio em Cardal - Mealhada, foi dado o alerta para o CDOS pelo nosso Colaborador Ruben Ferreira. Alerta às 14h, com uma frente activa e a lavrar com grande intensidade.

  • Incêndio em Mouriscas - Abrantes, a lavrar desde cerca das 14h, frente a lavrar com muita intensidade. Meios a caminho do local.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:27

Quarta-feira, 27.07.11

ULTIMA HORA: Despiste de VLCI da Pampilhosa do Botão - Mealhada

Os Bombeiros da Pampilhosa do Botão - Mealhada, tiveram um despiste seguido de capotamento, na zona de Santa Luzia, quando se dirigiam para um Incêndio em Barcouço, por volta das 10h30.

Segundo as informações que chegaram à administração, cinco feridos, dois estado grave, um deles encarcerado.

Para o local foram accionados os Bombeiros da Mealhada, que procederam ao desencarceramento.

Assim que obtivermos mais informação, esta será adicionada.

(NOTICIA EM ACTUALIZAÇÃO)
  • Confirmado, 5 feridos, 1 em estado grave  e encarcerado
  • Para o local foi accionado o CB da Mealhada com 5 ABSC e 1 VSAT
  • INEM accionou 2 VMER e 1 Equipa de Psicólogos para o CB Pampilhosa
  • Ferido em Estado Muito Grave e com Prognóstico Reservado
  • Ferido em Estado Muito Grave, foi cuspido e a viatura ficou em cima dele
  • Entrou em PCR
  • Iam na viatura 5 bombeiros, 3 sexo masculino e 2 feminino, sendo a vitima mais grave do sexo masculino
NOTA: A Administração do DB, deseja a todos os camaradas envolvidos no acidente, votos de Rápidas Melhoras!...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 13:06

Quarta-feira, 27.07.11

POSIT - Torre de Moncorvo - DOMINADO / ULTIMA HORA: Incêndio em Meco - Montemor-o-Velho



O Incêndio em Torre de Moncorvo - Bragança, foi dado como DOMINADO às 11h49. Este incêndio às 11h15 ainda tinha duas frentes activas.

Por volta das 11h20, deflagrou na localidade de Meco, concelho de Montemor-o-Velho, um Incêndio Florestal, que segundo informações estava a lavrar com bastante intensidade. 

(NOTICIA EM ACTUALIZAÇÃO)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 12:11

Quarta-feira, 27.07.11

Vieira do Minho: Helicóptero Combate Incêndio

HEBP
Um helicóptero bombardeiro pesado foi accionado, na manhã desta quarta-feira, para apoiar o combate ao incêndio que lavra há 10 horas em Frades, Vieira do Minho.

O incêndio, que já chegou a colocar várias habitações em perigo, está a ser combatido por 93 homens auxiliados por 31 viaturas.

O incêndio tem, actualmente, três frentes activas e já obrigou ao corte do trânsito na EN 103 durante a madrugada, tendo sido, entretanto, regularizada a circulação rodoviária.

fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:45

Quarta-feira, 27.07.11

Sines: Incêndio Florestal no Paiol Combatido na Terça-Feira

Três corpos de bombeiros do litoral alentejano combateram na madrugada de terça-feira um incêndio florestal na localidade do Paiol, no concelho de Sines.

O incêndio deflagrou por volta das 00:00 e foi considerado extinto às 07:00. Estiveram no combate ao incêndio, 14 bombeiros de Sines, 5 de Santiago do Cacém e 5 de Santo André apoiados por 9 viaturas. 

A protecção civil municipal de Sines participou com 2 elementos, 1 viatura e 1 retroescavadora. A população local também ajudou com um tractor agrícola. A GNR, que tomou conta da ocorrência, esteve também no local com 2 elementos. 

fonte: Rádio Sines

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:44

Quarta-feira, 27.07.11

Centro e Norte de Portugal com Risco Máximo ou Muito Elevado - IM


O risco de incêndio é hoje máximo ou muito elevado no centro e norte de Portugal continental, com 26 concelhos de sete distritos a enfrentarem o risco mais elevado, segundo o Instituto de Meteorologia (IM).

Os distritos que têm concelhos com risco máximo são Porto, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém e Faro.

Tal como nos últimos dias, apenas o distrito de Lisboa escapa aos dois níveis de risco mais elevado.

@ Lusa 2001

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:25

Quarta-feira, 27.07.11

Escola de Bombeiros De Onde Vêm os Hérois do Verão?

Por esta escola, em Sintra, passam jovens que querem passar o resto da vida a apagar incêndios e salvar vidas
Do lado de cá é um paralelepípedo vermelho no meio de um descampado. Do lado de dentro, a temperatura pode ir até aos 400 graus. As chamas deixam as paredes negras e há uma vítima a resgatar. É no Laboratório Móvel de Fogo que 13 recrutas dos bombeiros municipais de Tavira e Olhão passam as últimas provas de uma formação de seis meses.

Paulo Almeida, bombeiro voluntário e formador na Escola Nacional de Bombeiros, em Sintra, descreve o que se passa lá dentro. "É o limite do que é possível fazer face ao fogo, em termos de ataque directo." Explicando por miúdos, os formandos quase não têm visibilidade, a temperatura é altíssima e lidam com níveis estonteantes de stresse térmico. Não parece, tendo em conta os sorrisos com que saem por uma porta em que, de vez em quando, se vêem chamas a ocupar toda a altura da estrutura.

Na porta ao lado, um pequeno compartimento bem mais calmo. Tem uma televisão (ligada a uma câmara e a um microfone na outra sala), um quadro branco com rabiscos de escola e um banco corrido. É ali que um dos recrutas, Licínio Adriano, 23 anos, explica porque quer ser bombeiro. A um semestre de acabar a licenciatura em Agronomia na Universidade do Algarve, Licínio teve de congelar a matrícula para embarcar nesta formação. "Foi uma profissão que sempre admirei, mesmo sem ter experiência nenhuma", conta, sabendo que alguns dos seus novos colegas já eram bombeiros voluntários. Um amigo avisou-o quando o concurso para estas vagas estava a três dias de fechar. "Meti os papéis meio à pressa e entrei depois das provas de admissão. Eram cinco vagas para 23 candidatos, acho." Hoje, já na recta final dos seis meses de formação em vários pontos do país, um dos formadores, Nuno Duarte, apresenta-o como "o melhor aluno". "O melhor não, talvez o mais regular", esclarece Licínio, de cara chamuscada, nariz completamente preto e olhos azuis a brilhar. "Nunca pensei que os bombeiros tivessem de saber tanta coisa. É muita matéria, mesmo", diz, antes do embalo da contagem do que fez nos últimos meses. "Começámos por ter Direito, na Lousã. Depois viemos para Sintra, onde tivemos Fenomenologia da Combustão, depois práticas de treino aqui, com extintor." A pergunta sobre o que achou mais difícil era inevitável. Para Lícinio foi a parte de fogos urbanos. "No primeiro dia queimei um bocadinho as mãos e fiquei receoso", conta. As luvas estavam molhadas e assim aqueceram mais, explica. "Depois, quando toquei na vítima, que é feita com extintores, senti queimar e tive mesmo de sair". Mas não entrou em pânico, assegura. "Como ensinam aqui, a gente tem de ter sempre medo. A adrenalina é que tem de ser superior ao medo. Quem não tem medo vai e não pensa em mais nada, perde a razão", diz, sob o olhar atento do formador.

O mesmo conselho é repetido ao grupo no final do exercício, antes de poderem despir os fatos completamente negros e relaxar à sombra de um toldo. "Estão a entrar com muita garra, vi muito dinamismo, mas às vezes esquecemo-nos do mais simples. Está lá tudo, só falta mais concentração" incita Paulo Almeida em tom alto. Atrás do grupo está outro campo de exercícios, com estruturas de metal da cor de ferro que já ardeu várias vezes. A Escola Nacional de Bombeiros existe desde 1995, mas só recentemente começou a fazer formação para bombeiros municipais. Antes, existia apenas para bombeiros voluntários. Se tudo correr como planeado, é também nesta escola que vai nascer o primeiro cenário para a formação dos bombeiros em caso de sismo, até agora inexistente em Portugal.

Profissão: Bombeiro Todos têm menos de 25 anos, idade limite para entrar na profissão de bombeiro. Dez anos a menos que o limite de idade para os bombeiros voluntários. Hoje falta uma pessoa. Uma rapariga, a única do grupo. Teve de ir ao dentista. Os colegas elogiam-lhe a determinação e dizem que nunca se coloca a questão do género. Mas outras coisas. "Bombeiro não é para quem quer, é para quem pode. Há muita gente que quer ser, mas não tem perfil para isso" diz-nos Licínio mais tarde.

"Aqui em cima, a profissão é mais valorizada que no Algarve" continua. Talvez isso explique porque é que o seu colega Tiago Ribeiro, 24 anos, tenha deixado a sua terra para se alistar em Tavira. Natural da região de Miranda do Corvo, Tiago chegou a pensar ser GNR, mas há cinco ou seis anos percebeu que o que queria mesmo era ser bombeiro. "Na minha terra havia muitos incêndios e sempre gostei de ajudá-los" explica. É bombeiro voluntário há dois anos, mas foi difícil conseguir oportunidade para fazer disso profissão. "Naquela zona é muito difícil arranjar uma vaga. Há uns anos, na Figueira da Foz, para 20 vagas concorreram mais de 300 pessoas. No último concurso dos sapadores em Coimbra concorrem mais de 3 mil pessoas e entraram trinta". Enquanto não conseguia, conta-nos, a principal ocupação era fazer apresentações power-point por encomenda a "clientes conhecidos na net". A oportunidade surgiu a quase 500 quilómetros de distância e já a um ano de chegar à idade limite. "Vou ter que mudar toda a minha vida para o Algarve, espero que seja uma boa experiência" diz, confiante.

A família foi um pequeno problema. "A minha mãe é uma mãe-galinha, do género "''ai, o meu filho vai para o fogo"" brinca Tiago. Mas ainda assim sempre o apoiaram. Depois de tanto esforço para chegar à profissão de sonho, Tiago sabe que vai enfrentar as partes menos boas: "Quando vamos a ver estamos mais tempo com os bombeiros do que com a família. Mas são eles que precisam mais de nós".

Já Licínio tem outros medos. "Chegar a um sítio, pensar muito e bloquear e não saber o que fazer" diz, com um sorriso nervoso. Para que isso não aconteça, já encontrou algumas técnicas: "Ver algumas imagens chocantes, para interiorizar. Com o tempo, vamos perdendo alguma sensibilidade em relação a estas coisas, tornamo-nos mais frios. Já não somos os mesmos." 

por Margarida Videira da Costa
em IOnline

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:13

Quarta-feira, 27.07.11

Incêndio atinge mata da Reserva Florestal do Grajaú, no Rio

Um incêndio atingiu, na noite desta terça-feira, a mata da Reserva Florestal do Grajaú, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Homens do Corpo de Bombeiros estão no local e tentam impedir que as chamas cheguem até as casas no entorno. 

O fogo está na parte da reserva que pertence ao bairro de Jacarepaguá. As chamas podem ser vistas da Estrada Grajaú-Jacarépagua.

Segundo internautas, são diversos pontos de combate ao incêndio, uma vez que as chamas mudam de acordo com o vento. No Twitter, usuários informam também que perto do morro da Pedra do Urubu também há um incêndio.

fonte: Jornal do Brasil

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:10

Quarta-feira, 27.07.11

Mais de 300 Bombeiros a Braços com Incêndios em Portugal

Mais de 300 operacionais, com o apoio de quase  90 veículos, combatem os três maiores incêndios, dos nove ativos, em Portugal  Continental, segundo a página de Internet da Autoridade Nacional de Proteção  Civil (ANPC).
Com duas frentes ativas, o incêndio que às 09:00 mobilizava mais meios,  159 operacionais e 44 veículos, estava a consumir uma área de mato, pinhal  e eucaliptal na Quinta da Nogueirinha, concelho de Torre de Moncorvo, distrito  de Bragança, desde as 12:00 de terça-feira. 

Em Frades, concelho de Vieira do Minho, distrito de Braga, um incêndio  com três frentes ativas consumia à mesma hora desde as 22:48 de terça-feira  uma área de mato, sendo combatido por 88 operacionais, apoiados por 29 veículos.

Às 06:25 de hoje deflagrou um incêndio em Lages, concelho de Seia, distrito  da Guarda, que às 09:00 tinha uma frente ativa e destruía uma área de mato,  pinhal e eucaliptal, estando 57 operacionais e 16 veículos envolvidos no  combate às chamas. 

A ANPC alertou terça-feira para o calor intenso e o aumento previsível  dos incêndios florestais, tendo decidido ativar o alerta Amarelo do Dispositivo  Especial de Combate a Incêndios Florestais entre as 14:00 de terça-feira  e as 21:00 de sábado.   

De acordo com o Instituto de Meteorologia (IM), as temperaturas máximas  vão subir aos 39C em Évora, 38 em Beja, 36 em Castelo Branco e 34 em  Braga e Lisboa. 

Este alerta amarelo é o segundo menos grave de uma escala de quatro. 

fonte: SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 11:08

Quarta-feira, 27.07.11

Torre de Moncorvo: Meios Aéreos Combatem Incêndio

O incêndio que lavra há mais de 20 horas na zona da Quinta da Macieirinha, em Torre de Moncorvo, vai ser combatido com a ajuda de meios aéreos, disse à agência Lusa fonte da protecção civil.

O 2.º Comandante Distrital de Operações de Socorro, Guilherme Mamede, disse que a situação está evoluir favoravelmente, estando a ser combatidas duas frentes activas, segundo o site da Autoridade Nacional de Protecção Civil.

O incêndio já consumiu uma vasta área de mato, pinhal e eucaliptos numa área que se estende entre os concelhos de Freixo de Espada à Cinta e Torre de Moncorvo

«As mudanças súbitas do vento são o grande obstáculo no combate as chamas, aguardando-se a entrada em acção dos meios aéreos», acrescentou.

No local estão mais de 150 bombeiros e duas equipas de Sapadores Florestais, apoiados por 36 veículos operacionais. 

fonte: SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:58

Quarta-feira, 27.07.11

Incêndio em Vieira do Minho Ameaçou Casas

ACTUALIZADA ÀS 9h56

O incêndio que lavra desde terça-feira em Frades, concelho de Vieira do Minho, chegou a colocar em perigo «algumas habitações», mas esse risco «já foi afastado», disse à Lusa fonte da Protecção Civil de Braga.

«Por volta das 3h00, houve zonas onde a situação esteve muito complicada, mas neste momento já não há casas em perigo», sublinhou a fonte.

As chamas obrigaram ao corte do trânsito na EN 103, tendo a via sido reaberta às 7h45.

Segundo a informação disponível no portal da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), o incêndio, com três frentes activas, deflagrou às 22h48 e está a ser combatido por 93 homens auxiliados por 30 veículos.

Um helicóptero bombardeiro pesado foi accionado às 8h21 para apoiar o combate ao incêndio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:56

Quarta-feira, 27.07.11

Atropelamento Mortal e Despiste de um Camião Condiciona Trânsito na A1 entre Mealhada e Aveiro Sul

Um homem morreu ao ser atropelado por um camião esta manhã na A1 em Aveiro. Desconhece-se por enquanto as circunstâncias deste acidente, que está a condicionar o trânsito no sentido sul-norte, entre os nós da Mealhada e Aveiro Sul, devido aos trabalhos para remover o veículo pesado, que se despistou após o atropelamento.

Para já as autoridades não conseguiram apurar a identidade nem por que motivo a vítima se deslocava a pé em plena auto-estrada.

O acidente aconteceu cerca das 4h50 ao quilómetro 232 do sentido sul-norte, obrigando o transito a ser desviado pelo interior de Mealhada. A circulação só deverá retomar a normalidade por volta das 10h00, logo após a remoção do veículo pesado.

fonte: SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:52

Quarta-feira, 27.07.11

Atropelamento Mortal e Despiste de um Camião Condiciona Trânsito na A1 entre Mealhada e Aveiro Sul

Um homem morreu ao ser atropelado por um camião esta manhã na A1 em Aveiro. Desconhece-se por enquanto as circunstâncias deste acidente, que está a condicionar o trânsito no sentido sul-norte, entre os nós da Mealhada e Aveiro Sul, devido aos trabalhos para remover o veículo pesado, que se despistou após o atropelamento.

Para já as autoridades não conseguiram apurar a identidade nem por que motivo a vítima se deslocava a pé em plena auto-estrada.

O acidente aconteceu cerca das 4h50 ao quilómetro 232 do sentido sul-norte, obrigando o transito a ser desviado pelo interior de Mealhada. A circulação só deverá retomar a normalidade por volta das 10h00, logo após a remoção do veículo pesado.

fonte: SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:52

Quarta-feira, 27.07.11

MAI falou no Parlamento sobre o Dispositivo de Protecção Civil no Combate a Incêndios



Miguel Macedo chegou a ministro da Administração Interna, em tempo de incêndios florestais. Para não atear mais os fogos, deixou o planeamento como estava.
A alteração diz respeito à extinção dos governadores civis, o papel que tinham no combate aos incêndios passou para o Presidente da autoridade nacional de protecção civil.
A grande novidade não era para ser anunciada, mas Miguel Macedo acabou por revelar que os portugueses têm mais de 300 locais possíveis para tirar os passaportes.
O Governo tem até 15 de Outubro para redistribuir todas as tarefas que pertenciam aos governadores civis. Miguel Macedo fez as contas: o país poupou 2,8 milhões de euros só com os gabinetes dos governadores.

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou ontem que orçamento disponível para o dispositivo de combate a incêndios florestais será de 74,871 milhões de euros, montante inferior ao anteriormente previsto no Orçamento do Estado, de 130 milhões.

O ministro falou aos deputados no parlamento, na audição sobre o dispositivo especial de combate a incêndios florestais em 2011, requerida pelo deputado Agostinho Lopes, do PCP, que mostrou grande preocupação com a situação financeira e sua afectação em relação a meios humanos e materiais no combate aos fogos.

Ontem, 90 bombeiros, 33 veículos e dois helicópteros intervieram num fogo em Torre de Moncorvo, Bragança, e 69 homens, cinco viaturas e um meio aéreo combatiam, até ao fecho da edição, as chamas num incêndio na Guarda. 

fonte: SIC / CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:48

Quarta-feira, 27.07.11

MAI falou no Parlamento sobre o Dispositivo de Protecção Civil no Combate a Incêndios



Miguel Macedo chegou a ministro da Administração Interna, em tempo de incêndios florestais. Para não atear mais os fogos, deixou o planeamento como estava.
A alteração diz respeito à extinção dos governadores civis, o papel que tinham no combate aos incêndios passou para o Presidente da autoridade nacional de protecção civil.
A grande novidade não era para ser anunciada, mas Miguel Macedo acabou por revelar que os portugueses têm mais de 300 locais possíveis para tirar os passaportes.
O Governo tem até 15 de Outubro para redistribuir todas as tarefas que pertenciam aos governadores civis. Miguel Macedo fez as contas: o país poupou 2,8 milhões de euros só com os gabinetes dos governadores.

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou ontem que orçamento disponível para o dispositivo de combate a incêndios florestais será de 74,871 milhões de euros, montante inferior ao anteriormente previsto no Orçamento do Estado, de 130 milhões.

O ministro falou aos deputados no parlamento, na audição sobre o dispositivo especial de combate a incêndios florestais em 2011, requerida pelo deputado Agostinho Lopes, do PCP, que mostrou grande preocupação com a situação financeira e sua afectação em relação a meios humanos e materiais no combate aos fogos.

Ontem, 90 bombeiros, 33 veículos e dois helicópteros intervieram num fogo em Torre de Moncorvo, Bragança, e 69 homens, cinco viaturas e um meio aéreo combatiam, até ao fecho da edição, as chamas num incêndio na Guarda. 

fonte: SIC / CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:48

Quarta-feira, 27.07.11

Penafiel: Acidente em Pirotecnia não Afectou Casas Próximas

O acidente numa de pirotecnia de Penafiel, ocorrido esta terça-feira cerca das 17h20, afectou um armazém, não provocando quaisquer danos em habitações próximas.

Segundo disse à Lusa fonte da Protecção Civil, a explosão também não afectou qualquer paiol da empresa de pirotecnia GJR, uma das maiores do género em Portugal.

Os dois feridos, cuja gravidade ainda se desconhece, sofreram queimaduras e foram transportados para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

O acidente ocorreu no lugar de Jugueiros, na vila de Rio de Moinhos.

fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:44

Quarta-feira, 27.07.11

Penafiel: Acidente em Pirotecnia não Afectou Casas Próximas

O acidente numa de pirotecnia de Penafiel, ocorrido esta terça-feira cerca das 17h20, afectou um armazém, não provocando quaisquer danos em habitações próximas.

Segundo disse à Lusa fonte da Protecção Civil, a explosão também não afectou qualquer paiol da empresa de pirotecnia GJR, uma das maiores do género em Portugal.

Os dois feridos, cuja gravidade ainda se desconhece, sofreram queimaduras e foram transportados para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

O acidente ocorreu no lugar de Jugueiros, na vila de Rio de Moinhos.

fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:44

Quarta-feira, 27.07.11

Bombeiros do Porto Santo vão ter Compensação

O Governo Regional decidiu atribuir uma comparticipação financeira mensal, no montante máximo de 95.765,52 à corporação, que será processada em 12 prestações mensais.
Decisão publicada no JORAM e contrato será celebrado com a Secretaria dos Assuntos Sociais

O Governo Regional através da Secretaria Regional dos Assuntos Sociais, celebrou há cerca de 15 dias um contrato-programa com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Porto Santo, com vista à atribuição de uma comparticipação financeira mensal, no montante máximo de 95.765,52 , que será processada em 12 prestações mensais de 7.980,46 cada.
A verba, de acordo com o disposto no JORAM, foi calculada de acordo com o regulamento de financiamento das Associações de Bombeiros Voluntários da Região Autónoma da Madeira, acrescentando que o contrato-programa tem a duração de 18 meses, com início a 1 de Janeiro de 2011 e término a 30 de Junho de 2012. De referir ainda que o respectivo encargo tem cabimento no orçamento da Secretaria tutelada por Jardim Ramos.
 
O Governo Regional justifica esta compensação com o facto de esta corporação desempenhar “um papel preponderante na protecção de vidas e bens na Ilha do Porto Santo, actividade essa reconhecida por declaração de utilidade pública”, assim como pelo facto de as receitas próprias da Associação serem manifestamente “insuficientes para fazer face às despesas inerentes à sua actividade humanitária”, nomeadamente, de funcionamento, de conservação e reparação dos equipamentos afectos ao quartel dos bombeiros e ao seu parque de máquinas e de viaturas, algumas delas avariadas há algum tempo.
 
Resolvidas que estão algumas questões burocráticas, a corporação espera que a verba comece a chegar já a partir do final deste mês de Julho.

fonte: JM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:40

Quarta-feira, 27.07.11

Bombeiros do Porto Santo vão ter Compensação

O Governo Regional decidiu atribuir uma comparticipação financeira mensal, no montante máximo de 95.765,52 à corporação, que será processada em 12 prestações mensais.
Decisão publicada no JORAM e contrato será celebrado com a Secretaria dos Assuntos Sociais

O Governo Regional através da Secretaria Regional dos Assuntos Sociais, celebrou há cerca de 15 dias um contrato-programa com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Porto Santo, com vista à atribuição de uma comparticipação financeira mensal, no montante máximo de 95.765,52 , que será processada em 12 prestações mensais de 7.980,46 cada.
A verba, de acordo com o disposto no JORAM, foi calculada de acordo com o regulamento de financiamento das Associações de Bombeiros Voluntários da Região Autónoma da Madeira, acrescentando que o contrato-programa tem a duração de 18 meses, com início a 1 de Janeiro de 2011 e término a 30 de Junho de 2012. De referir ainda que o respectivo encargo tem cabimento no orçamento da Secretaria tutelada por Jardim Ramos.
 
O Governo Regional justifica esta compensação com o facto de esta corporação desempenhar “um papel preponderante na protecção de vidas e bens na Ilha do Porto Santo, actividade essa reconhecida por declaração de utilidade pública”, assim como pelo facto de as receitas próprias da Associação serem manifestamente “insuficientes para fazer face às despesas inerentes à sua actividade humanitária”, nomeadamente, de funcionamento, de conservação e reparação dos equipamentos afectos ao quartel dos bombeiros e ao seu parque de máquinas e de viaturas, algumas delas avariadas há algum tempo.
 
Resolvidas que estão algumas questões burocráticas, a corporação espera que a verba comece a chegar já a partir do final deste mês de Julho.

fonte: JM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:40

Quarta-feira, 27.07.11

Incêndio Valhascos, Sardoal 21 Julho 2011

Foto Cedida pelo Camarada Carlos Miguel Pereira da FEB - ENB @Todos os direitos reservados

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:44


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Tags

mais tags