Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Sábado, 23.07.11

Incêndio em Leiria Mata Homem

Um incêndio, este sábado, pelas 16:20 horas, numa habitação em Castanheira de Pera provocou a morte de um homem, disse o comandante dos bombeiros voluntários daquela vila do distrito de Leiria.

As chamas "destruíram parcialmente" o edifício, uma construção "bastante antiga", localizada a cerca de duas centenas de metros do centro da vila de Castanheira de Pera, adiantou a mesma fonte.

O facto de a habitação "ter muita madeira incorporada e muito material combustível no seu interior" facilitou a propagação do fogo, acrescentou o comandante dos voluntários de Castanheira de Pera, José Domingues.

"Está ainda por determinar a origem do incêndio", que foi considerado "completamente extinto" às 18:20, duas horas depois de ter sido dado o alerta, afirmou aquele responsável.

Na casa atingida "também residia, presumivelmente, outra pessoa", mas esta não se encontrava nem compareceu no local enquanto os bombeiros combateram o fogo, disse José Domingues. 
fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:51

Sábado, 23.07.11

Leiria: Suspeito de Fogo Posto Fica em Prisão Preventiva

Um homem de 45 anos, suspeito de ter incendiado na madrugada de sexta-feira uma viatura e três residências na freguesia da Maceira, Leiria, ficou em prisão preventiva.

A decisão do Tribunal de Leiria surgiu depois de ontem o homem ter sido detido pela PJ, quando estava prestes a incendiar um pinhal dos irmãos. Em causa estariam conflitos familiares.

O alerta aos bombeiros foi dado pelos vizinhos e levou ao local 23 elementos dos Bombeiros Voluntários da Maceira, apoiados por seis viaturas.

fonte: aBola

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:49

Sábado, 23.07.11

Porto: Sai e Deixa Bebés Sozinhas em Casa

Joaquim Sousa, subchefe dos
Bombeiros Sapadores do Porto,
esteve no local para abrir a
porta do apartamento das crianças
Vizinhos dizem que mãe foi à mercearia, mas a mulher garante que foi apenas às escadas e a porta fechou-se. Bombeiros e polícia estiveram no local.

"Estava em casa e ouvi as crianças a chorar no andar de baixo. Desci as escadas e fui ver o que se passava". Foi uma vizinha do bloco 11 do bairro do Carriçal, no Porto, que chamou os bombeiros, ontem à tarde, para abrir a porta de um apartamento onde se encontravam três crianças sozinhas: duas bebés de dez meses e um menino de 12 anos.
A vizinhança diz que a mãe das crianças saiu de casa para ir à mercearia comprar salsa, versão negada ao CM pela mulher.

"Quando desci, a mãe das crianças estava à porta do apartamento, com um saco na mão, a tocar à campainha, para o filho mais velho abrir a porta. Mas o menino estava a dormir e não ouviu. Então eu chamei os bombeiros, porque já não conseguia ouvir as bebés a chorar de aflição", acrescentou a vizinha, que solicitou o anonimato.

Ao Correio da Manhã, a mãe das crianças garante que não pretendia sair de casa para ir à mercearia. "Fui à escadaria e deixei a porta aberta. Uma corrente de ar fechou a porta e, como não tinha as chaves comigo, toquei à campainha, mas o menino mais velho estava a dormir e não ouviu", disse. Foi esta a versão que a mulher apresentou às autoridades.

"Quando chegámos ao local já lá estava a PSP, e a senhora explicou que foi uma corrente de ar que fechou a porta. Nós fizemos o nosso trabalho, abrimos a porta num minuto. As bebés estavam a chorar, mas estavam bem. Agora se a senhora tinha a intenção de sair do prédio ou não, não nos cabe a nós investigar", esclareceu ao CM o sub-chefe de 1ª dos Bombeiros Sapadores do Porto, Joaquim Sousa.

Depois de abrir a porta, os bombeiros encontraram as meninas gémeas de dez meses na sala de estar, a chorar, sentadas nos respectivos carrinhos. "As meninas estavam a chorar, assustadas com o barulho da campainha. Foi só isso que aconteceu", garantiu mais uma vez ao CM a mãe das crianças, que não quis ser identificada. 

FAMÍLIA RESIDE NO BAIRRO HÁ POUCOS MESES

Segundo os vizinhos, a mulher e as crianças estão a morar no bairro do Carriçal há pouco tempo. "Não a conheço, nem sei o nome dela. Vieram para cá há alguns meses", disse um dos moradores do bairro ao CM, onde só a mãe é conhecida, desconhecendo-se se vive ou não com o pai dos filhos. A família não frequenta o café, pelo que não existe relação com os outros moradores. No entanto, os vizinhos queixam-se de barulho durante a noite: "Fazem barulho à noite e dormem de manhã".

fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:29

Sábado, 23.07.11

Sesimbra: Atirou-se à Água para Salvar as Filhas e Afogou-se

Lagoa onde se deu o incidente
Um homem de 56 anos morreu, este sábado, na Lagoa de Albufeira, em Sesimbra. Entrou na água para socorrer as filhas, mas entrou em pânico e afogou-se.

Fernando José Barros que, ao que tudo indica, não sabia nadar, estava na praia com a mulher, duas filhas e uma enteada.

"As meninas estavam a brincar e a água empurrava-as para dentro, onde há um fundão. O pai foi para a água, mas entrou em pânico e nem as socorreu", disse Jorge Lourenço, um dos fuzileiros da Marinha, com formação de nadador-salvador, destacado no local.

"Fizemos reanimação até chegar o INEM, mas já não havia nada a fazer", lamenta, frisando que "foi tudo repentino". "Não houve sequer um pedido de socorro ou gritos. As pessoas tiraram as vítimas da água e só depois pediram ajuda", acrescenta José Jesus, de 47 anos, da associação de nadadores-salvadores Âncora, que está em permanência naquela linha de costa.

fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:24

Sábado, 23.07.11

Trofa: Creche dos Bombeiros Festejou Fim de Ano






“Tudo foi sentido em família, por todos aqueles para quem só as crianças justificam tamanha dedicação”. É desta forma que Pedro Ortiga, presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Trofa, resume a festa de final de ano letivo da creche e jardim de infância da associação, que decorreu no sábado, 16 de julho.

Esta festa teve ainda outra finalidade, uma vez que a instituição “completou também 20 anos a fazer o crescer da população mais jovem desta região”. As comemorações decorreram nos jardins da cresce e jardim de infância e contaram com “participação de cerca de meio milhar de pessoas, desde a mais tenra idade, mesmo meses, até aos avós mais babados e orgulhosos”.

Pais, corpo técnico da instituição e, como não podia deixar de ser, crianças atuaram durante a festa. E em qualquer comemoração infantil não podem faltar “o algodão doce, as pipocas, os cachorros ou os crepes”. Palhaços, pinturas faciais, um pónei e um concurso de chapéus foram outros dos entretenimentos.
“Foi período de lançar ao mundo mais um grupo de finalistas desta Instituição, que todos os anos com gosto vê os seus antigos alunos juntarem-se a esta festa, para em conjunto desejar sucessos a quem parte para uma nova etapa. Não foi período de adeus, mas de até breve, de quem nunca os esquece”, referiu ainda o responsável da associação.

As duas décadas da instituição não foram esquecidas por Pedro Ortiga: “Foram comemorados com orgulho por quem têm provas dadas no ensino pré-escolar no concelho, tendo sido agraciado todo o corpo técnico com aplausos e agradecimentos, não pelo profissionalismo que sempre lhes é apanágio, mas pelo carinho e amor que educa e conforta, criando armas preciosas para o mundo de amanhã”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:20

Sábado, 23.07.11

Actualização - Incêndio Ferraz / Ponte Lima

Incêndios Florestais : Ponto de situação às 20:00, 11 Incêndios em Curso, 11 a requerer especial atenção.

Local: Ferraz-Queijada 
Concelho: Ponte de Lima 
Distrito: Viana Castelo 40 BOMB, 10 Veículos Operacionais, 10 GIPS, 5 ESF, 2 HATI 
COS: CMDT B.V. Ponte de Lima Ponto de situação: 19:19 - Incêndio em pinhal e eucaliptal com duas frentes activas.



Fonte: ANPC/CNOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:37

Sábado, 23.07.11

Actualização - Incendio Vieira do Minho/ Viana

Incêndios Florestais : Ponto de situação às 20:00, 11 Incêndios em Curso, 3 a requerer especial atenção.

Local: Parada Velha (Pinheiro) M.3
Concelho: Vieira do Minho
Distrito: Viana Castelo 34 BOMB, 11 Veículos Operacionais
COS: 2 CMDT B.V. Vieira do Minho Ponto de situação: 19:21 - Incêndio em mato com 2 frentes activas.


Fonte: ANPC/CNOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:33

Sábado, 23.07.11

Actualização - Incendio Monção / Viana

‎23/7:
Incêndios Florestais : Ponto de situação às 20:00, 11 Incêndios em Curso, 3 a requerer especial atenção.

Local: Alderiz-Pias
Concelho: Monção
Distrito: Viana Castelo
85 BOMB, 28 Veículos Operacionais, 5 GIPS, 4 ESF, 3 GAUF, 1 HEBP, 1 HESA, 1 OUTROS, GRIF de Braga
COS: CODIS Viana do Castelo
Ponto de situação: 19:17 - Incêndio em pinhal com duas frentes activas.


Fonte da Informação: ANPC/CNOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:30

Sábado, 23.07.11

Ponto de Situação [POSIT]

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-zEj1iOwULVg/TitGpccjMUI/AAAAAAAAH50/xHLpt1JtdHg/s1600/2+incendios+.................................................png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="198" src="https://1.bp.blogspot.com/-zEj1iOwULVg/TitGpccjMUI/AAAAAAAAH50/xHLpt1JtdHg/s400/2+incendios+.................................................png" width="400" /></a></div><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-0SLyBFeAsEk/Tisby_f_-sI/AAAAAAAAAEw/RbnF7Krc2kw/s1600/incendiooo.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="167" src="https://1.bp.blogspot.com/-0SLyBFeAsEk/Tisby_f_-sI/AAAAAAAAAEw/RbnF7Krc2kw/s400/incendiooo.png" t$="true" width="400" /></a></div><span style="font-size: xx-small;"><i>Fonte:ANPC/CNOS</i></span>

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 20:07

Sábado, 23.07.11

INCENDIOS MONÇÃO E AVEIRO - POSIT

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-2WOcDd6w9BA/TisM1twnS7I/AAAAAAAAAEo/yN_ToKxq4F8/s1600/AVEIRO+E+MON%25C3%2587%25C3%2583OOOOOO.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="271" src="https://1.bp.blogspot.com/-2WOcDd6w9BA/TisM1twnS7I/AAAAAAAAAEo/yN_ToKxq4F8/s400/AVEIRO+E+MON%25C3%2587%25C3%2583OOOOOO.png" t$="true" width="400" /></a></div>

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:03

Sábado, 23.07.11

PONTO SITUAÇÃO DOS INCENDIOS

Local: Serra Vale do Vime - Tomar
Benavente accionado e a caminho do incêndio



Local: Monção - V do Castelo
Incêndio complicado

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:33

Sábado, 23.07.11

Novo Incêndio na Serra de Tomar

18h10
Incêndio em pinhal e mato, junto a habitações na Serra de Tomar
Foi accionado hotel 42, hotel 20 e meios:
1 GCIF: 1 VCOT, 4 VFCI, 2 VTT`s, 1 ABSC e 1 VTPT
18h19
Grandes proporções, muitas projecções, pedido de Hotel pesado...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:17

Sábado, 23.07.11

Actualização dos Meios no Incêndio em Viana / Incêndio em Castelo de Paiva

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-0O6op55y_VM/Tir6FJZxe3I/AAAAAAAAAEk/92mNA8BgIQc/s1600/NOVO+POSIT+DE+VIANAAAAAAAAAAAAAAAAAA.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="251" src="https://1.bp.blogspot.com/-0O6op55y_VM/Tir6FJZxe3I/AAAAAAAAAEk/92mNA8BgIQc/s400/NOVO+POSIT+DE+VIANAAAAAAAAAAAAAAAAAA.png" t$="true" width="400" /></a></div><span style="font-size: xx-small;"><i>Fonte: ANPC/CNOS</i></span>

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 17:43

Sábado, 23.07.11

Incendio Viana - ponto situação ( POSIT)

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/-Pj2C05sRAFo/Tiru-KEd-jI/AAAAAAAAAEg/2Ogeq9mV4xw/s1600/Sem+T%25C3%25ADtulo.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="103" src="https://1.bp.blogspot.com/-Pj2C05sRAFo/Tiru-KEd-jI/AAAAAAAAAEg/2Ogeq9mV4xw/s400/Sem+T%25C3%25ADtulo.png" t$="true" width="400" /></a></div><span style="font-size: xx-small;"><i>Fonte: ANPC/ CNOS</i></span>

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:56

Sábado, 23.07.11

Crescem os focos de incêndio em julho, no interior do estado

Os focos de incêndios nas cidades do interior do Piauí aumentam consideravelmente a partir do mês de julho, em todo o Piauí. O setor PrevFogo, vinculado ao IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Reno-váveis) registrou até a última quinta-feira, 21.260 focos de calor no Estado este ano, desses 91 registrados neste mês de julho.

O que caracteriza um foco de calor é o aumento da temperatura no solo, aquecimento identificado através de satélite equipado com radar. Numa comparação com os últimos dois anos, o PrevFogo estima ter uma redução no número de ocorrências este ano, o que não significa descuidos da população em ações que inibam incêndios, como queima de lixo em terrenos baldios.

No ano de 2009 foram 3.952 focos de calor registrados. O acréscimo nas ocorrências começa no mês de julho, onde foram registrados 83 focos. No referido ano, o mês de setembro foi o ápice das ocorrências de focos de calor, com 1.240. Já no ano passado, foram 6.673 focos identificados, sendo 571 no mês de julho, e teve o mês de outubro como mais crítico (2.977 focos). Portanto, de um ano para outro houve um aumento de 2.721 focos de calor no Estado.

"No mês julho de 2009 e no mês de junho deste ano se verifica uma redução das ocorrências, mês que começa o período crítico das queimadas. Mas a população, principalmente nos municípios que mais se observa os incêndios, precisa evitar ações que propiciem queimadas neste período seco que se inicia", descreve o gerente de Fogo, do setor PrevFogo, Pedro de Medeiros, do IBAMA.

No segundo semestre as temperaturas no Piauí estão mais elevadas e isso contribui para que o foco se alastre com mais facilidade pela vegetação seca. Os municípios que mais sofrem com os focos de calor são: Corrente, Bom Jesus, Alvorada do Gurgueia, Canto do Buriti, Baixa Grande do Ribeiro e Pira-curuca. No próximo mês de agosto sete brigadas do IBAMA vão se instalar nesses locais. Serão seis brigadas com 15 brigadistas e uma brigada com 29 brigadistas. São pessoas que atuam na conscientização da população sobre os cuidados e medidas preventivas ao atearem fogo em terrenos.

Dentre as causas dos focos de incêndio estão: a queima da lavoura para a prática da agricultura familiar, queima de terrenos para o pasto de animais, extrativismo do mel de abelha e caça na mata. Nos meses de outubro e novembro acontece o início das lavouras e, por conseguinte, registram maior queima de áreas para o plantio. Atear fogo é uma prática licenciada desde que seja feita de forma correta para não causar danos à população.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:04

Sábado, 23.07.11

Barracão de madeireira pega fogo em Garça

Barracão de madeireira em Garça (35 km de Marília) ficou completamente destruído após ser atingido por um incêndio ainda de causas desconhecidas na madrugada de ontem (22). As chamas consumiram também toda a mercadoria, avaliada em R$ 2 milhões.

Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada por volta das 4h, quando testemunhas perceberam sinais de fumaça vindos do barracão principal do estabelecimento. Rapidamente o fogo se alastrou e atingiu algumas outras alas da madeireira.

Foram mais de duas horas de combate as chamas, porém todo o material foi perdido. Segundo o proprietário do local, José Pires, a mercadoria destruída não tinha seguro. “Vou tentar me reerguer com a ajuda de amigos e com muita fé em Deus”, disse em entrevista. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local e devem emitir laudo técnico com as causas do incêndio em até 30 dias. Não está descartado crime. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Garça.
 
fonte: Diário de Marília

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:30

Sábado, 23.07.11

INEM já «Poupou» 300 Mil Euros em Horas Extraordinárias

O INEM poupou 300 mil euros em horas extraordinárias, nos primeiros seis meses do ano, apenas com a «simples pressão» junto dos diretores regionais e a informação mensal do seu desempenho, revelou à Lusa o presidente do instituto.

«As medidas estruturais só agora vão começar a dar efeito. No entanto, a simples pressão junto dos diretores regionais [do INEM] e a informação mensal do seu desempenho serviu para conseguirmos reduzir já em 300 mil euros o valor acumulado até junho de 2011, em comparação com o período homólogo de 2010», disse Miguel Soares de Oliveira, em entrevista à agência Lusa.

O presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (UNEM) comentou que «não há nada melhor para a boa gestão do que a boa informação», considerando que «só isto permitiu que os diretores regionais acompanhassem de perto, se preocupassem e introduzissem medidas de melhor gestão para redução das horas extraordinárias sem afetar a parte operacional».
por Diário Digital / Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 14:56

Sábado, 23.07.11

Leiria: Pega Fogo a Carro e Quatro Casas

Um incêndio que será de origem criminosa destruiu ontem de madrugada um carro e atingiu quatro casas, duas das quais ficaram inabitáveis, em Telheiro, freguesia da Maceira, Leiria.

As chamas terão sido ateadas em pelo menos sete locais, nas casas e no carro, com recurso a pinhas e a um produto inflamável. Nalguns locais, esses ‘ninhos’ estavam colocados junto de restos de madeira e mobiliário. A casa mais danificada é habitada por um homem de 50 anos, pedreiro, apontado por moradores como suspeito. Noutra casa, que ficou sem telhado ou placa que ofereça segurança, residia um casal ucraniano, de férias no seu país.

O crime está a ser investigação pela Polícia Judiciária de Leiria que, durante a manhã, esteve no local a recolher indícios e ao final da tarde deteve o suspeito do crime em Mata Mourisca, Pombal, em casa de familiares.

Maria de Assunção Cardoso, dona do carro, dormia quando soou o alarme da viatura, nessa altura já em chamas. "Quem fez isto não é nosso amigo", diz a vizinha Idalina Angélica. O alerta chegou ao quartel dos Bombeiros da Maceira às 4h21, e 14 minutos depois o fogo estavam extinto, prolongando-se o rescaldo até às 06h30.

por Isabel Jordão
foto: Rui Miguel Pedrosa
fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:51

Sábado, 23.07.11

Autoridades Suspeitam de Mão Criminosa em Fogo

Em Junho, Incêndio Feriu Bombeiro
Cerca de um mês e meio depois os Bombeiros Voluntários Sul e Sueste foram de novo chamados a um incêndio, ontem, na Central Petroquímica do Barreiro, mas desta vez nenhum bombeiro sofreu ferimentos.

"Enquanto o local não for limpo e o material retirado, a tendência é para isto continuar a acontecer", explicou ao CM Caetano Beja, adjunto de comando da corporação. O alerta foi dado às 13h25 e de imediato foram destacados para o local cinco veículos e 15 homens, que se depararam com um armazém, a céu aberto, a arder. Lá dentro estavam resinas e derivados. Às 14h50 estava extinto. Para os bombeiros, a causa do fogo é desconhecida, mas as autoridades suspeitam de mão criminosa.

por L.M.
foto: CM
fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:43

Sábado, 23.07.11

Ribeirão: Incêndio em Fábrica Têxtil

O incêndio que destruiu um dos pavilhões de uma fábrica têxtil em Ribeirão, concelho de Vila Nova de Famalicão, continuou ontem a dar que fazer aos bombeiros com o rescaldo de toneladas de matéria-prima.

O incêndio deflagrou por volta das 22h20 de quinta-feira numa altura em que a empresa de reciclagem de fibras têxteis ‘Sasia’ estava a laborar.
A actuação dos cerca de 80 bombeiros mobilizados para o local foi célere, mas não conseguiu evitar a destruição de um dos pavilhões da fábrica.

O adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Famalicão, Sérgio Gomes, explicou que a primeira equipa a chegar ao local encontrou o pavilhão tomado pelas chamas. Por isso, a primeira preocupação foi proteger as restantes instalações, nomeadamente os escritórios que ficam próximo e o pavilhão contíguo.

Sérgio Gomes salvaguardou que as casas que ficam na zona envolvente à fábrica nunca estiveram em perigo.
Apesar da derrocada da cobertura do pavilhão, a cave - onde está armazenado o produto acabado - ficou intacta, revelou ontem fonte da empresa.
O fogo deflagrou num dos pavilhões de armazenamento de matéria-prima, o que explica quer as proporções do incêndio, quer as dificuldades no rescaldo.
O incêndio terá começado numa máquina e alastrou a todo o pavilhão.

Os estragos são avultados - até porque existia maquinaria de ponta no pavilhão - mas ainda não estavam ontem contabilizados.
Passado o susto inicial, ontem o trabalho foi de rescaldo e de muitas horas sem dormir para alguns bombeiros.

O incêndio foi dominado de madrugada, mas depois do combate, que mobilizou 84 operacionais de 12 corpos de bombeiros dos distritos de Braga e do Porto, apoiados por três dezenas de viaturas, é preciso fazer o rescaldo, uma tarefa difícil quando envolve desperdícios têxteis.
Além disso, a estrutura que caiu estava a obstruir a passagem dos meios para retirar o material.
A depender da capacidade de progressão, o rescaldo pode demorar dias, admitiu o adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Famalicão, Rui Santos, que ontem estava no terreno.

É preciso retirar todo o material do pavilhão e levá-lo para outro local.
O rescaldo mobilizou ontem máquinas e três dezenas de operacionais de quatro corpos de bombeiros.

fonte: Correio do Minho

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:38

Sábado, 23.07.11

FireTrack é Sistema Inovador de Detecção de Incêndios em Tempo Real

As consequências devastadoras dos incêndios podem ter os dias contados, graças a um sistema de detecção de incêndios que uma parceria liderada pela MediaPrimer – Tecnologias e Sistemas Multimédia está a desenvolver, em conjunto com três outros parceiros: ISA – Intelligent Sensing Anywhere, IPN - Instituto Pedro Nunes e ADAI - Associação para o Desenvolvimento de Aerodinâmica Industrial.

As boas notícias chegam com o FireTrack, um sistema de detecção e/ou acompanhamento da evolução de fogos florestais, baseado em redes de sensores sem fios, comunicações por GSM (SMS) com os clientes e por TCP/IP com o servidor central e num Sistema de Gestão de toda a informação. Ao detectar condições potenciais de incêndio, ou uma ignição, o FireTrack comunica imediatamente a situação aos clientes do sistema, que poderão ser as autoridades competentes, o que vai permitir uma resposta mais rápida e, consequentemente, mais eficiente.

No âmbito da parceria deste projecto QREN - SI I&DT à MediaPrimer cabem, para além de todas as funções inerentes à função de promotor líder do projecto, o desenvolvimento do sistema central de gestão georreferenciada da rede de sensores e de toda a informação do sistema, à ISA o desenvolvimento da rede de sensores sem fios que monitoriza continuamente a temperatura do ar, ao IPN o desenvolvimento da infra-estrutura tecnológica de ligação da rede de sensores ao sistema de gestão central e à ADAI o suporte científico na área dos incêndios florestais e realização de testes no terreno.

Num momento em que são noticiados cortes no combate aos fogos em 20%, esta promete ser uma preciosa ajuda contra o flagelo das chamas. Para além de permitir uma maior eficiência na detecção e nas operações de combate aos fogos, ao fornecer informação em tempo real, o FireTrack reduz os riscos de perdas humanas e materiais ao possibilitar uma reacção imediata das equipas, evitando-se assim a propagação descontrolada do fogo.

Resultados demonstrados pelo FireTrack

Os primeiros testes efectuados confirmam as potencialidades do novo sistema. No segundo semestre de 2010 os ensaios laboratoriais foram muito positivos e, no início deste ano, o FireTrack apresentou resultados muito satisfatórios nos ensaios realizados no Laboratório de Estudos sobre Incêndios Florestais, na Lousã.

Dos ensaios laboratoriais aos ensaios no terreno, o FireTrack voltou a passar com distinção também no teste em campo aberto, no último mês de Maio.

O local escolhido foi o Campo da Gestosa, uma zona de serra a cerca de cinco quilómetros de Castanheira de Pêra O ensaio consistiu na encenação de um incêndio real, com a queima controlada de várias parcelas de mato com a duração de sete horas. Estiveram envolvidas nesta operação cinco corporações de bombeiros Voluntários, de Castanheira de Pêra, Lousã, Condeixa, Miranda do Corvo e Figueiró dos Vinhos, e uma equipa de sapadores florestais. Este ensaio envolveu um total de trinta bombeiros e sete viaturas, uma equipa de pirotecnia e a equipa da ADAI, constituída por dez elementos e duas viaturas todo o terreno, para além das equipas técnicas dos restantes parceiros do projecto.

O objectivo foi avaliar, numa situação de incêndio, o comportamento global do sistema. A monitorizar a zona esteve uma rede de 11 sensores que, para além de terem detectado e comunicado a presença de incêndio ao sistema central de gestão do sistema, resistiram às chamas e continuaram a comunicar após a extinção do incêndio. Como os resultados foram muito satisfatórios, a solução está em condições de começar com muita brevidade a sua comercialização.

Fonte: cienciapt.net / BPS

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 14:30


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31




Tags

mais tags