Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 12.01.11

Dois homens detidos pelo roubo de 70 pães

A PSP de Lisboa deteve dois homens por terem roubado dois sacos com cerca de 70 pães de uma padaria na zona de Marvila e depois de um deles ter sido baleado por um agente quando tentava fugir.

Em comunicado, a PSP avança que o assalto ocorreu às 4.30 horas da madrugada de hoje, quarta-feira, e que a detenção foi feita depois de um telefonema para a esquadra policial da zona a dar conta do assalto.

Os dois detidos, de 28 e 33 anos, roubaram dois sacos com cerca de 70 pães, num valor de cerca de 15 euros. Os pães foram recuperados e entregues de novo à padaria, após a detenção dos indivíduos.

Depois do assalto, os dois homens iniciaram uma fuga a pé, tendo sido um deles "imediatamente manietado".

O outro suspeito, que detinha uma arma de fogo, "prosseguiu a fuga apeada, sempre seguido pelo elemento policial, que lhe ordenou por diversas vezes que parasse e largasse a arma", refere o comunicado.

"A dada altura o suspeito apontou a arma na direcção do agente, pelo que este, face ao perigo iminente, efectuou um disparo com a arma de serviço, atingindo o suspeito na perna direita", adianta a PSP.

O detido necessitou de tratamento hospitalar mas não ficou internado.

Quando foi interceptado pela PSP, o mesmo suspeito "arremessou a arma de fogo para o interior de um poço", contudo a pistola de alarme foi recuperada pela polícia com o auxílio dos Bombeiros Sapadores de Lisboa.

Os detidos que já tinham antecedentes criminais vão ser presentes na quinta-feira no Tribunal de Instrução Criminal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respectivas medidas de coação.

in: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:37

Quarta-feira, 12.01.11

Dois homens detidos pelo roubo de 70 pães

A PSP de Lisboa deteve dois homens por terem roubado dois sacos com cerca de 70 pães de uma padaria na zona de Marvila e depois de um deles ter sido baleado por um agente quando tentava fugir.

Em comunicado, a PSP avança que o assalto ocorreu às 4.30 horas da madrugada de hoje, quarta-feira, e que a detenção foi feita depois de um telefonema para a esquadra policial da zona a dar conta do assalto.

Os dois detidos, de 28 e 33 anos, roubaram dois sacos com cerca de 70 pães, num valor de cerca de 15 euros. Os pães foram recuperados e entregues de novo à padaria, após a detenção dos indivíduos.

Depois do assalto, os dois homens iniciaram uma fuga a pé, tendo sido um deles "imediatamente manietado".

O outro suspeito, que detinha uma arma de fogo, "prosseguiu a fuga apeada, sempre seguido pelo elemento policial, que lhe ordenou por diversas vezes que parasse e largasse a arma", refere o comunicado.

"A dada altura o suspeito apontou a arma na direcção do agente, pelo que este, face ao perigo iminente, efectuou um disparo com a arma de serviço, atingindo o suspeito na perna direita", adianta a PSP.

O detido necessitou de tratamento hospitalar mas não ficou internado.

Quando foi interceptado pela PSP, o mesmo suspeito "arremessou a arma de fogo para o interior de um poço", contudo a pistola de alarme foi recuperada pela polícia com o auxílio dos Bombeiros Sapadores de Lisboa.

Os detidos que já tinham antecedentes criminais vão ser presentes na quinta-feira no Tribunal de Instrução Criminal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respectivas medidas de coação.

in: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:37

Quarta-feira, 12.01.11

Chuva forte nos Açores

O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores alertou esta quarta-feira para a previsão de chuva contínua, pontualmente forte, nas próximas horas em sete das nove ilhas do arquipélago.

O aviso emitido pela Protecção Civil indica que, segundo a previsão do Instituto de Meteorologia, é esperada nas ilhas do Grupo Central (Terceira, Faial, Graciosa, S.Jorge e Pico) chuva contínua até às 17:00. Nas ilhas do Grupo Oriental (S. Miguel e Santa Maria) está prevista chuva contínua, pontualmente forte, entre as 11:00 e as 23:00.

Este agravamento do estado do tempo é originado pela passagem de uma superfície frontal fria com deslocamento para nordeste, recomendando a Protecção Civil dos Açores que a população adopte as precauções habituais nestas ocasiões, escreve a Lusa.


in: tvi24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:35

Quarta-feira, 12.01.11

Chuva forte nos Açores

O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores alertou esta quarta-feira para a previsão de chuva contínua, pontualmente forte, nas próximas horas em sete das nove ilhas do arquipélago.

O aviso emitido pela Protecção Civil indica que, segundo a previsão do Instituto de Meteorologia, é esperada nas ilhas do Grupo Central (Terceira, Faial, Graciosa, S.Jorge e Pico) chuva contínua até às 17:00. Nas ilhas do Grupo Oriental (S. Miguel e Santa Maria) está prevista chuva contínua, pontualmente forte, entre as 11:00 e as 23:00.

Este agravamento do estado do tempo é originado pela passagem de uma superfície frontal fria com deslocamento para nordeste, recomendando a Protecção Civil dos Açores que a população adopte as precauções habituais nestas ocasiões, escreve a Lusa.


in: tvi24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:35

Quarta-feira, 12.01.11

A1: Camião incendiou-se na zona do Carregado

Um veículo pesado de mercadorias incendiou-se, esta manhã na A1, na zona do Carregado, no sentido Norte-Sul, levando ao corte da via da direita.
A notícia está a ser avançada pelo jornal Público, com base em informações prestadas pela GNR, que referem ainda que o incêndio começou no atrelado do camião, tendo os bombeiros conseguido separar a tempo o trator, limitando assim a abrangência do fogo.

Às 07h30 e apesar do trânsito estar restringido às faixas central e esquerda, não se registavam quaisquer filas no local, onde já estavam, além dos bombeiros, elementos da Brisa e uma patrulha da GNR.


in:Diário Digital

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:31

Quarta-feira, 12.01.11

A1: Camião incendiou-se na zona do Carregado

Um veículo pesado de mercadorias incendiou-se, esta manhã na A1, na zona do Carregado, no sentido Norte-Sul, levando ao corte da via da direita.
A notícia está a ser avançada pelo jornal Público, com base em informações prestadas pela GNR, que referem ainda que o incêndio começou no atrelado do camião, tendo os bombeiros conseguido separar a tempo o trator, limitando assim a abrangência do fogo.

Às 07h30 e apesar do trânsito estar restringido às faixas central e esquerda, não se registavam quaisquer filas no local, onde já estavam, além dos bombeiros, elementos da Brisa e uma patrulha da GNR.


in:Diário Digital

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 19:31

Quarta-feira, 12.01.11

Fica ao Critério e Avaliação do Leitor!!

Na passada Sexta-Feira, dia 7 de Janeiro de 2011, no Blogue, "Bombeiros Para Sempre" foi publicado um Texto sob o titulo "O Pensamento de Um Cidadão Sem Conhecimento de Causa". 
Texto esse devidamente Assinado por um Cidadão Comum, de seu nome José Lourenço!
Óbvio é, que ao ler um "pensamento" destes não houve nenhum Bombeiro que simpatizasse, pelos mais variados, mas REAIS, motivos!
Eu, não enquanto administrador de um Blogue, mas, enquanto Bombeiro que sou, como é lógico, também lá comentei demonstrando o meu desagrado e descontentamento para com os Comentários, Nomes, entres outros, lá referidos!

Estranho é, quando, derivado ao feed de subscrição pós comentário, recebo um email, datado de hoje, dia 11 de Janeiro de 2011, às 00h28min. com o seguinte comentário feito no Blogue BPS a noticia supra citada;



Anónimo disse...
Obrigado Senhor Bombeiro Profissional

As suas palavras deixam o meu coração já fraco um pouco mais feliz, por suas palavras e outras de bombeiros talvez profissionais aqui ditas mostram uma outra postura que é compreender um velho e casando cidadão, no entanto em conversas de café convidei todos os meus amigos conhecidos e até amigos da politica a lerem este artigo e a verem os excelentes bombeiros Voluntários que temos em Portugal, e os coitadinhos que eles são, porque coitadinhos só se for nas acções de rua pedintes porque nas palavras são pessoas sem carácter, as senhores administradores deste blog. Foi de má fé o que usaram para por o meu nome assim tão enxovalhado, comentei um tópico que estava no vosso blog sobre os bombeiros não trabalharem no rally de Portugal, pegaram nas minhas palavras e colocaram a discussão foi de muita má fé a vossa acção ao qual repúdio um futuro bom e de bom agrado a este blog, por outro lado é bom que todos os portugueses como eu que li uma única vez e dou o meu ponto de vista uma única vez sobre os bombeiros em Portugal seja tratado desta forma cínica e cobarde por parte dos Bombeiros Voluntários de Portugal, é esta a geração de hoje que esta nos Bombeiros Voluntários?

Não quero ser servido por esta gente, não quero ser servido por pessoas malcriadas e de postura nada digna que usam chamar-se bombeiros, desculpem mas estou muito comovido com isto tudo e as lágrimas já não me deixam escrever mais mas gostaria que os Senhores proprietários do Blog colocassem a minha ultima mensagem também na pagina principal agora queria ver mas comentários ridículos desses senhores. Assinado José Lourenço

Certo é, e como podem verificar a veracidade, num simples ponto acima exposto, "Rally de Portugal Deve Dinheiro aos Bombeiros e Prepara Nova Prova" clicando atrás e lendo o ultimo comentário feito em anónimo, também ele assinado com o mesmo nome!

Como é lógico, se o Sr. José Lourenço, parasse um pouco para pensar, qualquer bombeiro que siga um blogue, acederia facilmente aos comentários das notícias "mais polémicas" do quotidiano bombeiral. Certo seria, que lhe diriam exactamente a mesma coisa que foi dita na noticia inserida no primeiro paragrafo!
Mas, como não bastasse, ter escrito e dito o que quis no 1º comentário ao Exclusivo BPS, ainda volta, agora a comentar a mesma noticia, utilizando expressões, como as acima descritas!
Pergunta-lhe a Administração do DB, tenta-se desculpar, ficando comovido com o que lhe chamaram nos comentários, mas não fica comovido nem por isso pede desculpas, ao chamar o que chama aos BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS do País?

Será o Sr. José Lourenço mesmo um Cidadão comum, ou não terá uma costela (ou mais) de Bombeiro Profissional, já que, defende tanto os Bombeiros Profissionais?



A Administração do DB fica a disposição de qualquer leitor para responder a perguntas feitas pelo mesmo, sobre qualquer assunto relacionado com Bombeiros. Basta para isso enviar-nos um email para

diariobombeiro@gmail.com

Fica ao Critério e Avaliação do Leitor!...

Um Bem Haja!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:57

Quarta-feira, 12.01.11

Fica ao Critério e Avaliação do Leitor!!

Na passada Sexta-Feira, dia 7 de Janeiro de 2011, no Blogue, "Bombeiros Para Sempre" foi publicado um Texto sob o titulo "O Pensamento de Um Cidadão Sem Conhecimento de Causa". 
Texto esse devidamente Assinado por um Cidadão Comum, de seu nome José Lourenço!
Óbvio é, que ao ler um "pensamento" destes não houve nenhum Bombeiro que simpatizasse, pelos mais variados, mas REAIS, motivos!
Eu, não enquanto administrador de um Blogue, mas, enquanto Bombeiro que sou, como é lógico, também lá comentei demonstrando o meu desagrado e descontentamento para com os Comentários, Nomes, entres outros, lá referidos!

Estranho é, quando, derivado ao feed de subscrição pós comentário, recebo um email, datado de hoje, dia 11 de Janeiro de 2011, às 00h28min. com o seguinte comentário feito no Blogue BPS a noticia supra citada;



Anónimo disse...
Obrigado Senhor Bombeiro Profissional

As suas palavras deixam o meu coração já fraco um pouco mais feliz, por suas palavras e outras de bombeiros talvez profissionais aqui ditas mostram uma outra postura que é compreender um velho e casando cidadão, no entanto em conversas de café convidei todos os meus amigos conhecidos e até amigos da politica a lerem este artigo e a verem os excelentes bombeiros Voluntários que temos em Portugal, e os coitadinhos que eles são, porque coitadinhos só se for nas acções de rua pedintes porque nas palavras são pessoas sem carácter, as senhores administradores deste blog. Foi de má fé o que usaram para por o meu nome assim tão enxovalhado, comentei um tópico que estava no vosso blog sobre os bombeiros não trabalharem no rally de Portugal, pegaram nas minhas palavras e colocaram a discussão foi de muita má fé a vossa acção ao qual repúdio um futuro bom e de bom agrado a este blog, por outro lado é bom que todos os portugueses como eu que li uma única vez e dou o meu ponto de vista uma única vez sobre os bombeiros em Portugal seja tratado desta forma cínica e cobarde por parte dos Bombeiros Voluntários de Portugal, é esta a geração de hoje que esta nos Bombeiros Voluntários?

Não quero ser servido por esta gente, não quero ser servido por pessoas malcriadas e de postura nada digna que usam chamar-se bombeiros, desculpem mas estou muito comovido com isto tudo e as lágrimas já não me deixam escrever mais mas gostaria que os Senhores proprietários do Blog colocassem a minha ultima mensagem também na pagina principal agora queria ver mas comentários ridículos desses senhores. Assinado José Lourenço

Certo é, e como podem verificar a veracidade, num simples ponto acima exposto, "Rally de Portugal Deve Dinheiro aos Bombeiros e Prepara Nova Prova" clicando atrás e lendo o ultimo comentário feito em anónimo, também ele assinado com o mesmo nome!

Como é lógico, se o Sr. José Lourenço, parasse um pouco para pensar, qualquer bombeiro que siga um blogue, acederia facilmente aos comentários das notícias "mais polémicas" do quotidiano bombeiral. Certo seria, que lhe diriam exactamente a mesma coisa que foi dita na noticia inserida no primeiro paragrafo!
Mas, como não bastasse, ter escrito e dito o que quis no 1º comentário ao Exclusivo BPS, ainda volta, agora a comentar a mesma noticia, utilizando expressões, como as acima descritas!
Pergunta-lhe a Administração do DB, tenta-se desculpar, ficando comovido com o que lhe chamaram nos comentários, mas não fica comovido nem por isso pede desculpas, ao chamar o que chama aos BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS do País?

Será o Sr. José Lourenço mesmo um Cidadão comum, ou não terá uma costela (ou mais) de Bombeiro Profissional, já que, defende tanto os Bombeiros Profissionais?



A Administração do DB fica a disposição de qualquer leitor para responder a perguntas feitas pelo mesmo, sobre qualquer assunto relacionado com Bombeiros. Basta para isso enviar-nos um email para

diariobombeiro@gmail.com

Fica ao Critério e Avaliação do Leitor!...

Um Bem Haja!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:57

Quarta-feira, 12.01.11

Rali de Portugal: Pagamentos a Bombeiros Regularizados

Comandante Distrital de Operações de Socorro de Faro confirma a regularização dos serviços prestado pelos bombeiros no Rali de Portugal

O Comandante Distrital de Operações de Socorro de Faro reconheceu hoje que o Automóvel Clube de Portugal tem pago "tardiamente" os serviços prestado pelos bombeiros no Rali de Portugal, mas sublinhou que os relativos à última edição "já foram regularizados".
"Pelo que sei, essa situação já está regularizada. O Automóvel Clube de Portugal (ACP) pagou ontem (segunda feira) a todos os bombeiros do Algarve", afirmou Vaz Pinto, acrescentando que a situação dos colegas do Alentejo também deve estar resolvida.
O Comandante informou que recebeu na segunda feira um e-mail do ACP a dar conta da realização da transferência com as verbas que ainda se encontravam em dívida pelo trabalho prestado pelos bombeiros do Algarve no Rali de Portugal de 2010, prova que pontuou para o campeonato do mundo (WRC).
Rali de Portugal: bombeiros ameaçam não comparecer
Questionado sobre se estava excluída a possibilidade de os bombeiros algarvios não prestarem serviço na próxima edição da prova, Vaz Pinto respondeu que essa hipótese não foi equacionada.
"Garantidamente nunca esteve em causa a comparência na próxima edição. Isso foi apenas falado por uma corporação", acrescentou.
No domingo, um elemento dos voluntários de Castro Verde disse à Lusa que os bombeiros poderiam “não ir ao Rali de Portugal” de 2011 se não recebessem os pagamentos pelo serviço prestado na última edição.
Segundo Filipe Susana, a situação afectava entre 20 a 30 bombeiros no distrito de Beja, estando na mesma posição os colegas do Algarve.
Em causa estavam entre 120 a 130 euros por cada bombeiro, correspondentes ao pagamento de 10 euros por hora, que devia ter sido efectuado ao fim de sete dias úteis pelo ACP, segundo a mesma fonte, frisando que também a GNR estaria na mesma situação e só o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) teria sido pago.
“Nós também não recebemos um milhão, em falta do Instituto do Desporto. Assim que recebermos será tudo pago, obviamente”, garantiu na altura fonte do ACP, indicando que a situação estava “em vias de resolução”.

in: www.autoportal.iol.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:05

Quarta-feira, 12.01.11

Rali de Portugal: Pagamentos a Bombeiros Regularizados

Comandante Distrital de Operações de Socorro de Faro confirma a regularização dos serviços prestado pelos bombeiros no Rali de Portugal

O Comandante Distrital de Operações de Socorro de Faro reconheceu hoje que o Automóvel Clube de Portugal tem pago "tardiamente" os serviços prestado pelos bombeiros no Rali de Portugal, mas sublinhou que os relativos à última edição "já foram regularizados".
"Pelo que sei, essa situação já está regularizada. O Automóvel Clube de Portugal (ACP) pagou ontem (segunda feira) a todos os bombeiros do Algarve", afirmou Vaz Pinto, acrescentando que a situação dos colegas do Alentejo também deve estar resolvida.
O Comandante informou que recebeu na segunda feira um e-mail do ACP a dar conta da realização da transferência com as verbas que ainda se encontravam em dívida pelo trabalho prestado pelos bombeiros do Algarve no Rali de Portugal de 2010, prova que pontuou para o campeonato do mundo (WRC).
Rali de Portugal: bombeiros ameaçam não comparecer
Questionado sobre se estava excluída a possibilidade de os bombeiros algarvios não prestarem serviço na próxima edição da prova, Vaz Pinto respondeu que essa hipótese não foi equacionada.
"Garantidamente nunca esteve em causa a comparência na próxima edição. Isso foi apenas falado por uma corporação", acrescentou.
No domingo, um elemento dos voluntários de Castro Verde disse à Lusa que os bombeiros poderiam “não ir ao Rali de Portugal” de 2011 se não recebessem os pagamentos pelo serviço prestado na última edição.
Segundo Filipe Susana, a situação afectava entre 20 a 30 bombeiros no distrito de Beja, estando na mesma posição os colegas do Algarve.
Em causa estavam entre 120 a 130 euros por cada bombeiro, correspondentes ao pagamento de 10 euros por hora, que devia ter sido efectuado ao fim de sete dias úteis pelo ACP, segundo a mesma fonte, frisando que também a GNR estaria na mesma situação e só o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) teria sido pago.
“Nós também não recebemos um milhão, em falta do Instituto do Desporto. Assim que recebermos será tudo pago, obviamente”, garantiu na altura fonte do ACP, indicando que a situação estava “em vias de resolução”.

in: www.autoportal.iol.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:05

Quarta-feira, 12.01.11

Vacas Arrastadas em Cabeção Devido à Subida do Caudal da Ribeira do Raia

No passado dia 6 de Janeiro, a subida das águas da Ribeira do Raia, situação normal nesta época do ano paraa nossa população, criou uma situação de isolamento e posterior arrastamento de uma manada de vacas na zona de Cabeção.

Cerca de 70 animais viram-se em dificuldades, e chamados a intervir, os Bombeiros de Mora deslocaram-se ao local com 3 Viaturas, 1 Embarcação e 7 elementos, acabando por ser determinantes no salvamento de grande parte dos animais. No entanto, alguns dos animais continuaram desaparecidos.

Veja aqui a reportagem da RTP1:

Vídeo RTP 1 
 
in: Bombeiros Voluntários de Mora

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:02

Quarta-feira, 12.01.11

Vacas Arrastadas em Cabeção Devido à Subida do Caudal da Ribeira do Raia

No passado dia 6 de Janeiro, a subida das águas da Ribeira do Raia, situação normal nesta época do ano paraa nossa população, criou uma situação de isolamento e posterior arrastamento de uma manada de vacas na zona de Cabeção.

Cerca de 70 animais viram-se em dificuldades, e chamados a intervir, os Bombeiros de Mora deslocaram-se ao local com 3 Viaturas, 1 Embarcação e 7 elementos, acabando por ser determinantes no salvamento de grande parte dos animais. No entanto, alguns dos animais continuaram desaparecidos.

Veja aqui a reportagem da RTP1:

Vídeo RTP 1 
 
in: Bombeiros Voluntários de Mora

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 02:02

Quarta-feira, 12.01.11

Colisão com Camião Mata Empresário de Pombal

Acidente deu-se no IC2, na zona do Marco do Distrito, e obrigou a demorada operação de desencarceramento Manuel da Silva Mendes, proprietário e administrador da empresa “Construções Alimendes, Lda., de Pombal, faleceu ontem, aos 52 anos, na sequência de uma violenta colisão entre o automóvel BMW que conduzia e um camião semi-reboque, no IC2, perto do Marco do Distrito, concelho de Soure.
Aparentemente, o motorista do pesado terá perdido o controlo do veículo, numa zona de subida, invadido a faixa contrária e esmagando o automóvel e provocando a morte quase imediata do empresário.
O comandante dos Bombeiros Voluntários de Soure, Carlos Luís Tavares, explicou ao nosso jornal que o choque, que ocorreu por volta das 14h30, foi muito violento e obrigou a operações de desencarceramento, que demoraram 45 minutos.
A vítima terá tido morte imediata, salientando o responsável da corporação que o desencarceramento foi moroso e muito dificultado, pelo facto de estarem partes do veículo embutidas no corpo do condutor.
A corporação enviou para o local 15 elementos e quatro viaturas, tendo também comparecido uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica, que confirmou o óbito.
A empresa Construções Alimendes, Lda., com sede em Pombal, é responsável, entre outras empreitadas, pelo “Condomínio Da Vinci”, na Quinta da Portela, em Coimbra.
De acordo com Carlos Luís, o condutor do pesado sofreu ferimentos ligeiros, mas, depois de ter recuperado do choque inicial, acabou por não haver necessidade de transporte a uma unidade hospitalar.
O comandante dos Voluntários de Soure disse ainda que, naquele local, entre o Marco do Distrito e a Redinha, já no concelho de Pombal, registou-se, no ano passado, um acidente com contornos semelhantes, do qual também resultou um morto. 

in: DC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:48

Quarta-feira, 12.01.11

Colisão com Camião Mata Empresário de Pombal

Acidente deu-se no IC2, na zona do Marco do Distrito, e obrigou a demorada operação de desencarceramento Manuel da Silva Mendes, proprietário e administrador da empresa “Construções Alimendes, Lda., de Pombal, faleceu ontem, aos 52 anos, na sequência de uma violenta colisão entre o automóvel BMW que conduzia e um camião semi-reboque, no IC2, perto do Marco do Distrito, concelho de Soure.
Aparentemente, o motorista do pesado terá perdido o controlo do veículo, numa zona de subida, invadido a faixa contrária e esmagando o automóvel e provocando a morte quase imediata do empresário.
O comandante dos Bombeiros Voluntários de Soure, Carlos Luís Tavares, explicou ao nosso jornal que o choque, que ocorreu por volta das 14h30, foi muito violento e obrigou a operações de desencarceramento, que demoraram 45 minutos.
A vítima terá tido morte imediata, salientando o responsável da corporação que o desencarceramento foi moroso e muito dificultado, pelo facto de estarem partes do veículo embutidas no corpo do condutor.
A corporação enviou para o local 15 elementos e quatro viaturas, tendo também comparecido uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica, que confirmou o óbito.
A empresa Construções Alimendes, Lda., com sede em Pombal, é responsável, entre outras empreitadas, pelo “Condomínio Da Vinci”, na Quinta da Portela, em Coimbra.
De acordo com Carlos Luís, o condutor do pesado sofreu ferimentos ligeiros, mas, depois de ter recuperado do choque inicial, acabou por não haver necessidade de transporte a uma unidade hospitalar.
O comandante dos Voluntários de Soure disse ainda que, naquele local, entre o Marco do Distrito e a Redinha, já no concelho de Pombal, registou-se, no ano passado, um acidente com contornos semelhantes, do qual também resultou um morto. 

in: DC

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:48

Quarta-feira, 12.01.11

Bombeiros Voluntários da Pampilhosa - É oficial! Faustino Pinho passou ao Quadro de Honra

Já é oficial. 

Faustino Pinho, comandante dos Bombeiros Voluntários da Pampilhosa, associação à qual esteve ao serviço durante cerca de trinta anos, passou ao Quadro de Honra, como se lê num despacho da Autoridade Nacional da Proteção Civil. Agora as funções estão a ser exercidas por Ana Paula Ramos, que passou de segunda comandante a comandante em regime de substituição.
“A notícia é oficial desde o passado dia 31 de dezembro, mas o ofício só chegou ao quartel no passado dia 3 de janeiro”, declarou, ao Jornal da Mealhada, Rogério Vieira da Silva, presidente da direcção da associação, que, neste momento alegou as funções na segunda comandante até ser nomeado um novo comandante, “decisão que está para breve”.

Comandante mostrava vontade de sair desde outubro de 2009

Lembramos os nossos leitores que a vontade de Faustino Pinho de renunciar o seu cargo remonta ao mês de Outubro de 2009, aquando do 83.º aniversário dos Bombeiros da Pampilhosa. Na altura, o comandante, aos jornalistas, declarou: “Ainda não decidi se será este mês ou no próximo, mas vou sair do meu cargo para dar lugar aos mais novos”.

in: JM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:38

Quarta-feira, 12.01.11

Bombeiros Voluntários da Pampilhosa - É oficial! Faustino Pinho passou ao Quadro de Honra

Já é oficial. 

Faustino Pinho, comandante dos Bombeiros Voluntários da Pampilhosa, associação à qual esteve ao serviço durante cerca de trinta anos, passou ao Quadro de Honra, como se lê num despacho da Autoridade Nacional da Proteção Civil. Agora as funções estão a ser exercidas por Ana Paula Ramos, que passou de segunda comandante a comandante em regime de substituição.
“A notícia é oficial desde o passado dia 31 de dezembro, mas o ofício só chegou ao quartel no passado dia 3 de janeiro”, declarou, ao Jornal da Mealhada, Rogério Vieira da Silva, presidente da direcção da associação, que, neste momento alegou as funções na segunda comandante até ser nomeado um novo comandante, “decisão que está para breve”.

Comandante mostrava vontade de sair desde outubro de 2009

Lembramos os nossos leitores que a vontade de Faustino Pinho de renunciar o seu cargo remonta ao mês de Outubro de 2009, aquando do 83.º aniversário dos Bombeiros da Pampilhosa. Na altura, o comandante, aos jornalistas, declarou: “Ainda não decidi se será este mês ou no próximo, mas vou sair do meu cargo para dar lugar aos mais novos”.

in: JM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:38

Quarta-feira, 12.01.11

Bombeiros Voluntários: Dia Municipal e Aniversário

No âmbito das Comemorações do 51.º Aniversário e do Dia Municipal do Bombeiro, o próximo Domingo, 16 de Janeiro, dará lugar a um Programa com actividades que, uma vez mais, pretendem destacar a importância dos Bombeiros Voluntários para toda a Comunidade. As comemorações começam pelas 9h30 com o Hastear da Bandeira, ao qual se segue a Apresentação da Candidatura e Projecto do Novo Quartel. O final da manhã reserva-se à missa Dominical no Santuário de Santo António, em Vale de Cambra.

Programa:
9h30 - Hastear da Bandeira com formatura do Corpo Activo de Bombeiros, no Quartel da Associação;
9h45 - Apresentação da Candidatura e Projecto do novo quartel;
11h15 - Missa Dominical no Santuário de Santo António, em Vale de Cambra.


in: www.cm-valedecambra.pt/

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:36

Quarta-feira, 12.01.11

Bombeiros Voluntários: Dia Municipal e Aniversário

No âmbito das Comemorações do 51.º Aniversário e do Dia Municipal do Bombeiro, o próximo Domingo, 16 de Janeiro, dará lugar a um Programa com actividades que, uma vez mais, pretendem destacar a importância dos Bombeiros Voluntários para toda a Comunidade. As comemorações começam pelas 9h30 com o Hastear da Bandeira, ao qual se segue a Apresentação da Candidatura e Projecto do Novo Quartel. O final da manhã reserva-se à missa Dominical no Santuário de Santo António, em Vale de Cambra.

Programa:
9h30 - Hastear da Bandeira com formatura do Corpo Activo de Bombeiros, no Quartel da Associação;
9h45 - Apresentação da Candidatura e Projecto do novo quartel;
11h15 - Missa Dominical no Santuário de Santo António, em Vale de Cambra.


in: www.cm-valedecambra.pt/

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:36

Quarta-feira, 12.01.11

Protecção Civil de Tomar Aumenta Receitas e Diminui Despesas

A Protecção Civil de Tomar apresentou os grandes números referentes a 2010 numa conferência de imprensa promovida na tarde desta terça-feira. O vereador Luís Ferreira, responsável pelo pelouro, deu a conhecer o que de mais significativo foi feito num ano que fica marcado de forma infeliz pela passagem do tornado pelo concelho de Tomar.

Aliás, este fenómeno atmosférico foi descrito como uma «prova de fogo» para os serviços. Mas relativamente aos números apresentados, saliência para o plano financeiro, onde há registo para o aumento de 87% da receita, que se cifrou em 216 mil euros, sem esquecer a diminuição da despesa, na ordem de 1%, num valor que andou na casa do milhão e 58 mil euros.

Foram feitas 154 notificações a proprietários para limpezas de terrenos e 119 intervenções em situações diversas, como em casas, terrenos ou linhas de água. Ocorreram 297 incêndios, dos quais 92 de cariz florestal. Estes números possibilitaram com que o vereador Luís Ferreira fizesse um balanço positivo, numa análise em que não deixou de tecer elogios ao sistema de protecção civil, que considerou estar «no caminho certo».

O objectivo, a médio prazo, passa por «deixar um sistema muito mais forte e economicamente viável»: «Sinto que a equipa, que tenho o prazer de liderar enquanto vereador no contexto da divisão de protecção civil, está a fazer um bom trabalho. Estes resultados não são meus mas sim da divisão, nomeadamente dos bombeiros municipais de Tomar e dos serviços técnicos de protecção civil. Temos no concelho um sistema que está a fazer o seu trabalho e que está no caminho certo. Com as pequenas alterações que temos feito, há condições para melhorar. Sinto que este é o serviço certo para o concelho certo.

E estamos convictos que chegaremos ao final do mandato, em 2013, com um sistema de protecção civil muito mais forte, economicamente viável e temos os números da gestão de 2010 para demonstrar isso mesmo. Para além disso, convém não esquecer a aprovação da carta de missão dos bombeiros municipais, o regulamento municipal de protecção civil que está em avaliação jurídica, sem esquecer o regulamento interno dos bombeiros, que são três instrumentos relevantes».

«Plano Municipal de Emergência está a ser revisto»

O tornado acabou por ser um assunto aflorado nesta conferência de imprensa, mas o vereador Luís Ferreira limitou-se a referir que «todas as críticas que foram feitas ao desempenho dos serviços são respeitáveis», admitindo, contudo, que a revisão do Plano Municipal de Emergência é uma prioridade para 2011: «O grande trabalho que a divisão de protecção civil vai executar durante este ano é a revisão do Plano Municipal de Emergência, que é de 1998 e que já estava em revisão antes do tornado.

Mas este fenómeno demonstrou que o plano necessita de uma revisão urgente, de melhorar os níveis de interacção entre os diversos agentes, para além de uma maior compreensão de um sistema hierárquico».

in: Rádio Hertz

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:52

Quarta-feira, 12.01.11

Protecção Civil de Tomar Aumenta Receitas e Diminui Despesas

A Protecção Civil de Tomar apresentou os grandes números referentes a 2010 numa conferência de imprensa promovida na tarde desta terça-feira. O vereador Luís Ferreira, responsável pelo pelouro, deu a conhecer o que de mais significativo foi feito num ano que fica marcado de forma infeliz pela passagem do tornado pelo concelho de Tomar.

Aliás, este fenómeno atmosférico foi descrito como uma «prova de fogo» para os serviços. Mas relativamente aos números apresentados, saliência para o plano financeiro, onde há registo para o aumento de 87% da receita, que se cifrou em 216 mil euros, sem esquecer a diminuição da despesa, na ordem de 1%, num valor que andou na casa do milhão e 58 mil euros.

Foram feitas 154 notificações a proprietários para limpezas de terrenos e 119 intervenções em situações diversas, como em casas, terrenos ou linhas de água. Ocorreram 297 incêndios, dos quais 92 de cariz florestal. Estes números possibilitaram com que o vereador Luís Ferreira fizesse um balanço positivo, numa análise em que não deixou de tecer elogios ao sistema de protecção civil, que considerou estar «no caminho certo».

O objectivo, a médio prazo, passa por «deixar um sistema muito mais forte e economicamente viável»: «Sinto que a equipa, que tenho o prazer de liderar enquanto vereador no contexto da divisão de protecção civil, está a fazer um bom trabalho. Estes resultados não são meus mas sim da divisão, nomeadamente dos bombeiros municipais de Tomar e dos serviços técnicos de protecção civil. Temos no concelho um sistema que está a fazer o seu trabalho e que está no caminho certo. Com as pequenas alterações que temos feito, há condições para melhorar. Sinto que este é o serviço certo para o concelho certo.

E estamos convictos que chegaremos ao final do mandato, em 2013, com um sistema de protecção civil muito mais forte, economicamente viável e temos os números da gestão de 2010 para demonstrar isso mesmo. Para além disso, convém não esquecer a aprovação da carta de missão dos bombeiros municipais, o regulamento municipal de protecção civil que está em avaliação jurídica, sem esquecer o regulamento interno dos bombeiros, que são três instrumentos relevantes».

«Plano Municipal de Emergência está a ser revisto»

O tornado acabou por ser um assunto aflorado nesta conferência de imprensa, mas o vereador Luís Ferreira limitou-se a referir que «todas as críticas que foram feitas ao desempenho dos serviços são respeitáveis», admitindo, contudo, que a revisão do Plano Municipal de Emergência é uma prioridade para 2011: «O grande trabalho que a divisão de protecção civil vai executar durante este ano é a revisão do Plano Municipal de Emergência, que é de 1998 e que já estava em revisão antes do tornado.

Mas este fenómeno demonstrou que o plano necessita de uma revisão urgente, de melhorar os níveis de interacção entre os diversos agentes, para além de uma maior compreensão de um sistema hierárquico».

in: Rádio Hertz

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:52


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags