Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 16.04.12

Protesto contra tourada para ajudar os bombeiros

«Os bombeiros existem para lutar pela vida, não pela morte», argumentam manifestantes»
 
Uma centena de pessoas manifestou-se, este domingo, em Barcelos contra a realização de uma tourada naquela cidade, agendada para 6 de maio com o objetivo de angariar fundos para os Bombeiros Voluntários locais.

«Os bombeiros existem para lutar pela vida, não pela morte», disse Augusto Fonte, 21 anos, um dos participantes na manifestação.

Acrescentou que compreende que os bombeiros precisam de dinheiro, mas sublinhou que «há outras formas» de o conseguir sem que isso implique «a tortura dos animais».

Os manifestantes concentraram-se frente ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, com panos brancos onde se lia frases «Não queremos ver Barcelos manchada de sangue» e «Tourada é tortura». Sempre de uma forma pacífica e silenciosa, seguiram depois até ao centro da cidade, tendo a marcha terminado frente aos Paços do Concelho.

«Estamos disponíveis para colaborar com os bombeiros noutras formas de angariação de meios, desde que, obviamente, não passem pela tortura dos animais», referiu Patrícia Ramalho, da Associação Projeto Animais de Barcelos.

Lembrando que, além do mais, Barcelos «não tem qualquer tradição de touradas», apelou aos bombeiros que desistam da iniciativa, porque «os fins nem sempre justificam os meios».

Segundo o cartaz, a tourada, que decorrerá numa praça amovível instalada num terreno particular, contará com os cavaleiros Joaquim Bastinhas, Ana Batista e Marcos Bastinhas, que lidarão seis touros.

Servirá para uma homenagem póstuma a António Quinta, antigo bombeiro, filho do atual comandante dos Voluntários de Barcelos, e que era um grande aficionado das lides tauromáquicas, mas também tem como objetivo angariar verbas para a corporação.

Sublinhando que a tourada está devidamente licenciada pela Inspeção Geral das Atividades Culturais, o mesmo responsável acrescentou que «obviamente» respeita a manifestação, mas disse esperar igualmente que os manifestantes respeitem quem pensa de forma diferente.

No dia 1 de maio, haverá nova manifestação, um protesto que se poderá ainda repetir no próprio dia da tourada.

Fonte: TVI24

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 09:41



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930




Tags

mais tags