Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quarta-feira, 23.11.11

Ocorrências em Destaque

Colisão mata camionista 

O motorista de um camião frigorífico morreu ontem, na A23, na sequência da colisão do pesado em que seguia com outro camião, carregado de brita.  

A vítima, de 55 anos, residente no Porto, ficou encarcerada na cabina, não resistindo ao embate "muito violento", como disse ao CM o comandante distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco, Rui Esteves.
O acidente ocorreu às 16h45, junto ao nó do Perdigão, no concelho de Vila Velha de Ródão, que dá acesso ao IC8, causando a interrupção do trânsito na auto--estrada, durante mais de cinco horas. O camião frigorífico ficou com a cabina "completamente desfeita" e imobilizou-se "atravessado" na via, por onde também se espalhou grande parte da carga de brita. Foi necessário um demorado trabalho de limpeza da estrada antes da reabertura ao trânsito. 

por Isabel Jordão
fonte: CM

Homem fica debaixo de autocarro 

Um homem de 43 anos sofreu ontem, cerca das 13h30, ferimentos graves numa virilha e um traumatismo no tórax depois de ter sido atropelado por um autocarro na rua José da Bateira, junto à sua residência, na Madredeus, Beato, Lisboa.

A vítima ficou debaixo do autocarro, tendo sido necessária a intervenção dos Sapadores de Lisboa para proceder ao desencarceramento. Foi o condutor do autocarro de passageiros que ligou para o INEM, pedindo ajuda. Médicos da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital Curry Cabral chegaram rapidamente ao local e procederam a todas as manobras de estabilização da vítima. Depois de estabilizado, o homem foi transportado para o Hospital de São José.
As causas do acidente são ainda desconhecidas, estando a ser investigadas pela Divisão de Trânsito da PSP. 

por L.M.
fonte: CM

Quatro barras dos portos encerradas

Quatro barras dos portos estão esta quarta-feira encerradas à navegação e outras quatro encontram-se condicionadas, devido à agitação marítima.  

De acordo com a informação avançada pela Marinha Portuguesa, as barras dos portos de Caminha, Vila Praia de Âncora, Póvoa de Varzim e São Martinho do Porto estão encerradas e Vila do Conde, Douro, Aveiro e Figueira da Foz permanecem condicionadas.  
No Douro e na Figueira da Foz só é permitida a navegação a navios com mais de 11 metros e em Aveiro só entram barcos com mais de 35 metros.  
As restantes 13 barras de Portugal continental, bem como as seis que se situam nos arquipélagos dos Açores e da Madeira, estão abertas à navegação. 
O Instituto de Meteorologia indica que na costa Ocidental as ondas terão três a quatro metros, diminuindo para dois a três metros. Na costa Sul as ondas terão um metro.   


fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 08:56



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930




Tags

mais tags