Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 03.04.11

Bombeiros Receberam Equipamento no Valor de 886 mil Euros

40 corporações de bombeiros do distrito do Porto receberam, no sábado, mais de oito mil peças de equipamento de protecção individual. Entre fatos de incêndio urbanos e industriais, botas, cilindros de gás comprimido ou capacetes investiu-se mais de 886 mil euros, dos quais cerca de 606 mil vieram de fundos comunitários. A restante verba coube às próprias corporações. Em Baltar, onde a entrega do material aconteceu, o secretário de Estado da Protecção Civil, Vasco Franco, elogiou a dinâmica apresentada pelos bombeiros, mas afirmou que o dispositivo de combate a fogos florestais para o próximo Verão será diminuído. Os bombeiros compreendem esta medida, mas não entendem que o Governo queira dar o mesmo dinheiro ao Norte e ao Algarve para a compra de novas viaturas. Sobretudo quando, realçou o presidente da Federação de Bombeiros do Distrito do Porto, José Miranda, o Algarve tem menos de metade do que as 145 corporações existentes a Norte.
A segurança como prioridade
No sábado de manhã parecia Natal no quartel dos Bombeiros de Baltar. Centenas de caixas foram, ao mesmo ritmo que acontece nesta época festiva, abertas para confirmar que o desejo tinha sido, efectivamente, concretizado. Lá dentro, para além dos equipamentos já mencionados, encontraram luvas, aparelhos pessoais de segurança e aparelhos respiratórios. Ao todo eram 8382 equipamentos que, a partir de agora, passam a estar disponíveis para as 40 corporações. “Este equipamento fazia falta e vai proteger, e de que maneira, os bombeiros. E com os bombeiros protegidos aumenta a qualidade do socorro prestado”, sustentou José Miranda.
A mesma ideia foi defendida pelo secretário de Estado. “A segurança dos operacionais é a nossa primeiríssima prioridade. Nada pode ser posto à frente disto e este equipamento vai contribuir para que este objectivo seja alcançado”, frisou Vasco Franco.
Menos meios para combater incêndios de Verão
O governante aproveitou a presença em Baltar para confirmar que o dispositivo de combate a incêndios do próximo Verão será diminuído. “O dispositivo não sendo igual ao do ano passado, sobretudo em meios aéreos, exigirá um maior esforço dos bombeiros mas será capaz de dar resposta às necessidades”, referiu.
Vasco Franco vai apresentar a versão final deste plano a 19 deste mês, numa reunião da Comissão Nacional de Protecção Civil, e só aí se saberá qual o montante do corte e onde é que ele será aplicado. Certo é, para já, a diminuição dos meios aéreos.
José Miranda, da Federação de Bombeiros do Porto, compreende esta redução de meios. Só não entende que o Governo pretenda apoiar, na mesma medida, o Norte e o Algarve no que concerne ao programa para a aquisição de novas viaturas. “O Norte tem 145 corporações e vai receber cinco milhões de euros. O Algarve tem menos de metade deste número e vai receber o mesmo dinheiro. Isto é inadmissível”, criticou, pedindo a Carlos Duarte, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, que tente aumentar essa verba até aos dez milhões de euros.
 
por Roberto Bessa Moreira
fonte: Jornal Verdadeiro Olhar

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:30


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Tags

mais tags