Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quarta-feira, 23.01.13

Leiria - Pombal: Inundação nas urgências obriga à saída de utentes

Uma rotura num tubo do segundo andar do serviço de urgências da unidade de Leiria do Centro Hospitalar Leiria-Pombal obrigou esta noite à retirada de utentes para outras zonas do edifício, disse fonte dos bombeiros à Lusa.

O primeiro piso e o serviço de urgências desta unidade estão inundadas e os Bombeiros Municipais de Leiria estão no local, adiantou a mesma fonte.

Esta situação não causou vítimas, adiantou ainda a fonte.

Entretanto, o Conselho de Administração (CA) do Centro Hospitalar de Leiria-Pombal (CHLP) confirmou uma "fuga de água" numa das torres de internamento do Hospital de Santo André de Leiria (HSA), garantindo que apenas a zona "laranja" do serviço de urgências está inoperacional.

"A urgência mantém-se em funcionamento normal, com exceção da zona laranja [cor atribuída na triagem de Manchester], que integra a sala de observação, tendo os doentes aqui internados sido transferidos para outros serviços do hospital, onde continuam a ser acompanhados e monitorizados", adianta o CA em comunicado, salientando que não houve transferência de doentes para outras unidades hospitalares.

No entanto, para permitir uma "mais rápida normalização da situação" foi solicitada a "colaboração do CODU [Centros de Orientação de Doentes Urgentes] para que os doentes urgentes (e apenas esses) sejam nas próximas horas, e enquanto durarem os trabalhos de limpeza, encaminhados para Coimbra".

Segundo o CHLP, a fuga de água terá sido provocada "pela cedência de uma junta de ligação na tubagem interna, numa das paredes da biblioteca, no primeiro andar, que por estar fechada impediu a deteção precoce do incidente".

A água "acumulou-se na biblioteca e depois drenou para o teto da zona 'laranja' das urgências, causando uma inundação".

A fuga já foi detetada e está "controlada", informou o CA, confirmando ainda que "não há quaisquer danos pessoais a registar". Verificam-se alguns danos materiais, "não tendo sido afetados quaisquer equipamentos", indicou.

" 01:00, os trabalhos de limpeza prosseguiam a "ritmo acelerado" para que a área afetada possa voltar a ser usada "o mais rapidamente possível."

O CHLP reforçou as equipas de limpeza e de manutenção e conta com a colaboração dos Bombeiros Municipais e Voluntários de Leiria e com os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Leiria "para a drenagem da água acumulada e limpeza".

Garantindo que está "assegurada a assistência a todos os doentes internados" e a "resposta às situações mais graves", o CA admitiu a possibilidade de adiar atos médicos não urgentes, "sendo os utentes devidamente avisados e feita a respetiva recalendarização".

Não obstante tratar-se de "um incidente não detectável nem previsível", o CA do CHLP "lamenta a situação e garante que fará todos os esforços para que os seus utentes sejam afetados o menos possível".

O serviço de urgências do Hospital de Santo André foi inaugurado a 08 de maio de 2012. A nova urgência modernizou-se e passou a ter capacidade para atender 250 utentes por dia, disponibilizando um novo sistema de informações aos familiares.
 
 
por Luís Manuel Cabral / DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 10:16


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




Tags

mais tags