Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quinta-feira, 16.02.12

Alverca: EN 116 reaberta após incêndio em armazém de madeiras


Fogo está a ser investigado pela Polícia Judiciária, que foi chamada ao local pelos proprietários do armazém.

O troço da estrada Nacional 116 entre Alverca e Bucelas foi reaberto às 9h35, depois de ter estado cortado na sequência de um incêndio que destruiu um armazém de paletes de madeira daquela região.

O incêndio deflagrou hoje de madrugada, às 4h27, num armazém de madeiras no Cabeço da Rosa, em Alverca, estando já em fase de rescaldo, segundo o comandante dos Bombeiros de Alverca, Vasco Martins. No combate ao sinistro estiveram envolvidas seis corporações de bombeiros, de acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS)de Lisboa

Apesar de estar previsto que os trabalhos dos bombeiros continuem até ao meio da tarde de hoje, a Estrada Nacional 116 entre Alverca e Bucelas - que foi cortada nos dois sentidos - já está reaberta. 

O fogo já está a ser investigado pela Polícia Judiciária, que foi chamada ao local pelos proprietários do armazém por suspeita de origem criminosa.

Fonte: Lusa


Proprietários suspeitam de mão criminosa na origem de incêndio em armazém

O incêndio que deflagrou esta madrugada num armazém de paletes de madeira, em Alverca, está em fase de rescaldo e na sua origem deverá estar mão criminosa, disse um dos proprietários da empresa.

"Na origem do incêndio deverá estar mão criminosa", disse à Lusa Carlos Queirós, um dos proprietários de uma empresa que funcionava no armazém.

"A empresa, que emprega uma dezena de trabalhadores, existia há dez anos e ficou totalmente destruída. Os prejuízos são incalculáveis", adiantou.

No armazém funcionavam duas empresas, a Gespaltrans e a Arti-paletes, que trabalhavam em parceria no negócio de compra, venda e reparação de paletes de madeira.

Também José Carvalho, o proprietário da Arti-paletes, acha "muito estranho" a forma como deflagrou o fogo, porque "no local só ardeu o armazém, não tendo sido atingidas as zonas de mato que existem perto".

Ainda sem valor calculado, os prejuízos são elevados.

Carlos Queirós adiantou que o armazém ficou destruído, tendo ardido quatro empilhadoras, duas viaturas pesadas de transporte, o reboque do pesado, ferramentas, compressores, serras e mais de dez mil paletes de madeira.

"Apesar da destruição, a intenção é voltar a abrir o negócio", disse.

Também José Carvalho disse à Lusa que os prejuízos são grandes e que só após uma maior avaliação dos estragos será ponderada a possibilidade de reabrir o negócio naquele local.

Na Arti-paletes, onde trabalhavam três pessoas, ardeu uma empilhadora, compressores, máquinas de cortar e dez a quinze mil paletes de madeira.

O comandante dos Bombeiros de Alverca, Vasco Martins, disse à Lusa que o incêndio, que deflagrou às 4.27 horas, já está em fase de rescaldo, esperando-se que os trabalhos continuem até ao meio da tarde.

Fonte: JN


EN116 reaberta após cinco horas cortada devido a incêndio em armazém

Um incêndio deflagrou esta madrugada num armazém de madeiras, em Alverca, levando ao corte da Estrada Nacional 116 nos dois sentidos. A via foi reaberta às 9.35, mais de cinco horas após o alerta.

O troço da estrada Nacional 116 entre Alverca e Bucelas foi reaberto às 9.35 horas, depois de ter estado cortado na sequência de um incêndio que destruiu um armazém de paletes de madeira daquela região.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa, o incêndio, deflagrou às 4.27 horas num armazém de madeiras no Cabeço da Rosa, entre Alverca e Bucelas, sem causar vítimas.

"O armazém não foi afectado. Estão a arder as paletes de madeira que se encontravam no exterior do edifício", adiantou à Lusa a mesma fonte do CDOS de Lisboa, salientando que o fogo já foi dominado pelos bombeiros e o "rescaldo vai ser demorado".

No combate às chamas estão seis corporações de bombeiros, apoiadas por 12 veículos. As causas do incêndio ainda não estão apuradas.

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 15:19



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829




Tags

mais tags