Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 19.02.12

Bombeiros de Odemira Podem Paralisar a Partir de Segunda-feira Por Falta de Combustível

Os Bombeiros Voluntários de Odemira podem vir a paralisar o transporte de doentes e os serviços de emergência, já a partir de segunda-feira, por falta de combustível, disse hoje o presidente da direção, Augusto Inácio Maria.

O responsável explicou à Agência Lusa que esta paralisação de serviços estava prevista a partir de hoje, mas só vai ocorrer, a partir de segunda-feira, por ainda "haver disponibilidade de combustível" e caso não seja regularizada uma dívida do agrupamento de centros de saúde.

"Temos ainda a receber do Agrupamento de Centros de Saúde do Litoral Alentejano cerca de 44 mil euros dos serviços de transporte de doentes de julho e agosto de 2011", lamentou o presidente da corporação.

Sem o pagamento dessa verba em atraso, o mesmo responsável admitiu que a corporação alentejana "é obrigada a paralisar" o transporte de doentes e os serviços de emergência, por falta de combustível nas viaturas.

O responsável indicou que a "capacidade de combustível para os veículos da corporação dá até segunda-feira".

"Se não houver combustível, não podemos sair do quartel", alertou.

O presidente da direção revelou ainda que a única viatura que não vai parar é a ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), por ser esta instituição que paga o combustível.
 
Contactado hoje pela Lusa, o diretor do Agrupamento de Centros de Saúde do Litoral Alentejano, Paulo Espiga, garantiu que o pagamento das faturas de julho e agosto de 2011 aos Bombeiros de Odemira será feito na segunda-feira, por transferência bancária.

Na quinta-feira, em declarações à Lusa, Paulo Espiga rejeitou responsabilidades no atraso deste pagamento.

"Nós devolvemos a faturação de julho e agosto por alguns erros e os Bombeiros de Odemira tinham de nos passar uma nota de crédito, que veio com data de 27 de dezembro e nós recebemo-la a 09 de janeiro", explicou o responsável.

De acordo com o diretor do Agrupamento de Centros de Saúde do Litoral Alentejano, "o pagamento das faturas que chegaram em janeiro começa a ser feito a partir de segunda-feira", porque "a faturação que entra em janeiro é verificada e é paga, no máximo, até final de fevereiro".

"Estamos dentro dos prazos. Os bombeiros de Odemira é que só nos enviaram a regularização das faturas em janeiro", afirmou.
 
 
fonte: JM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:03


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829




Tags

mais tags