Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Quinta-feira, 03.11.11

Resgatada Das Chamas Numa Varanda em Lisboa

Bombeiros salvam mulher encurralada pelas chamas numa varanda de um prédio em Lisboa.

Os gritos de aflição de Liliana Brandão, 66 anos, ecoaram ontem na R
ua Barão de Sabrosa, em Lisboa. Os vizinhos à janela nem queriam acreditar quando viram a mulher na varanda, encurralada pelas chamas. O milagre aconteceu, cerca das 09h00, quando uma equipa dos Bombeiros Sapadores de Lisboa resgatou Liliana com vida, apesar das queimaduras graves no corpo.

"Ninguém acreditava que ela ia sobreviver", disse emocionada a vizinha Maria de Fátima. Valeu o instinto dos bombeiros Rui Moreira, Gonçalo Bento e Miguel Rebelo - os primeiros a chegar ao local. Os mesmos homens que tiraram a mulher que estava à varanda, apavorada. E como disse ao CM o bombeiro Gonçalo Bento, "com as labaredas a lamber-lhe a pele". Ontem à tarde, no quartel da Graça, estes mesmo bombeiros eram homens felizes. "No fundo é o sentimento de dever cumprido. Esta equipa tem vários anos de serviço e reagiu com o sangue frio necessário", disse Miguel Rebelo, bombeiro há 17 anos.

Liliana Brandão está internada na Unidade de Queimados do Hospital de S. José. O seu estado inspira cuidados. A casa ficou destruída e suspeita-se de curto--circuito.

JUDICIÁRIA ESTÁ A INVESTIGAR AS CAUSAS DO FOGOA viver sozinha no número 22 da rua Barão de Sabrosa, em Lisboa, Liliana Brandão recebe a visita da filha todos os dias. Ontem de manhã acordou com a casa totalmente em chamas. Sem tempo para mais nada, saiu da cama a correr, agarrou-se à grade da varanda e gritou para os vizinhos a salvarem. Pôs uma toalha para proteger a cabeça, mas o lado esquerdo do corpo ficou com várias queimaduras. Braços e costas da vítima preocupavam os médicos do Hospital de S. José. "Ela recebe a visita dos filhos todos os dias, mas há muito que vive sozinha na casa, apenas acompanhada pelo cão e pelo gato", diz Maria de Fátima.

Ontem de manhã investigadores da Polícia Judiciária de Lisboa passaram a casa a pente fino para chegarem às causas do incêndio. Os moradores do prédio já puderam regressar às suas casas.

"NÃO SABÍAMOS DA VÍTIMA"A equipa dos bombeiros Sapadores de Lisboa que salvou Liliana Brandão nem sabia que havia uma vítima para ser resgatada quando saiu do quartel da Graça. "Quando o alerta chegou não falou na mulher que estava na varanda. Chegámos e quando vimos o que se passava orientámo-nos logo para tirar a vítima com vida. Ela estava resistente, completamente em pânico", recordou o bombeiro Rui Moreira.

Fonte: Córreio da Manhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 23:39


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930




Tags

mais tags