Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Segunda-feira, 29.08.11

Foto-reportagem nos incêndios com OS BRAVOS DO PELOTÃO

O Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS), criado em 2005, responde à necessidade de uma unidade profissional de Protecção Civil em Portugal. Estivemos com eles no combate a incêndios no distrito do Porto.

O Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS), criado em 2005, responde à necessidade de uma unidade profissional de Protecção Civil em Portugal. Estivemos com eles no combate a incêndios no distrito do Porto.
O pelotão de Baltar é o que faz mais intervenções helitransportadas – realizou de 15 de Junho até à data 493 missões, uma média de sete por dia. O recorde diário foi de 21 missões
Combate a uma ocorrência em Agrelos, no concelho de Penafiel, Porto
O lema do GIPS traduz a missão de que foram incumbidos – “Se fosse fácil não era para nós”. As companhias estão estacionadas em Coimbra/Leiria, Faro, Viseu, Viana do Castelo/Braga, Vila Real, Porto/Aveiro e Bragança. O comando está no quartel do Grafanil
Este é um dos locais que permite observar quase todo o distrito do Porto
Um helicóptero Kamov entra em acção no combate ao incêndio
Fogo no Alto Lameiras, em Penafiel
O Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS) é uma unidade da Guarda Nacional Republicana especialmente vocacionada para a resolução de incidentes de grande dimensão, casos de violência, terrorismo, inactivação de explosivos e intervenção em incêndios
Elementos do GIPS recorrem à triangulação para localizarem o local do incêndio
Elementos do GIPS equipam-se antes de subirem a bordo do helicóptero que os vai transportar até ao local do combate às chamas
Os helicópteros da Protecção Civil podem manter-se 90 minutos no ar, após o que regressam à base para reabastecer, ficando operacionais meia hora mais tarde
 fonte: CM

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:59


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





Tags

mais tags