Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quinta-feira, 17.02.11

Cantanhede: Bombeiros Voluntários já tem Novo Comandante

Jorge Jesus, o escolhido
ESTÁ NA CASA HÁ MAIS DE 20 ANOS

Jorge Jesus (primeiro à esquerda) foi adjunto de Francisco Lourenço em 2007


Depois de incompatibilidades com a direcção, há cerca de meio ano atrás, a demissão do então comandante Mário Vieira, deixou João Leitão no comando, em funções de substituição e até à nomeação de um novo comandante.
Agora, e a coincidir com o fim de mandato, a direcção presidida por Idalécio Oliveira já tem o nome do novo comandante. Jorge Jesus foi o homem escolhido para ficar com o comando. Tem 39 anos de idade e 20 ao serviço da causa.
Idalécio Oliveira justificou que a direcção não se podia demitir das atribuições que lhe estavam legalmente confiadas, "depois de muita ponderação optamos por cumprir o que consta dos estatutos e foi nomeado o comandante, ainda com a direcção cessante", acrescentou.
Jorge Jesus a quem foi confiado o futuro comando faz parte do corpo de voluntários, conhece bem a casa, as rotinas e os problemas. A escolha foi fácil, garantiu o presidente cessante. No entanto, Idalécio Oliveira assume que, atendendo às circunstâncias, o processo de decisão foi complexo. "Foram as lições tiradas de erros do passado que levaram à escolha de um homem da casa para comandante, bem conhecedor de toda a dinâmica e da forma como importa articular competências para resolver os problemas". Acredita, por isso, que esta foi a melhor escolha, em respeito até pela futura direcção e lembra "aquando da demissão de Mário Vieira corriam rumores de que dezenas de bombeiros insatisfeitos com a política da direcção iriam abandonar a casa, juntamente com o comandante, o que nunca aconteceu. Idalécio Oliveira não hesita em dizer que "os bombeiros voluntários têm que se convencer que quem os comanda é a casa e quem administra a casa é a direcção e isto tem que estar presente na cabeça das pessoas, pois a intenção altruísta e de voluntariado tem que ultrapassar tudo o resto".
Jorge Miguel Pereira de Jesus, de 39 anos, é casado e mestre em Economia. Tem 24 anos de ligação ao Bombeiros Voluntários de Cantanhede e foi somando diversas formações na área, entre as quais o curso de tripulante de ambulância de socorro, pelo INEM, e agora o curso de comando.
Jorge Jesus foi adjunto quando Francisco Lourenço estava ao comando dos Bombeiros Voluntários. Após a demissão deste último esteve ao lado de João Cunha que assumiu o comando interino da corporação. No seu currículo constam, entre outras, a Medalha de Assiduidade Grau Ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses e a Medalha de Grau Ouro de Bons e efectivos Serviços Prestados a Causa dos Bombeiros Português da Liga dos Bombeiros Portugueses
Resta aguardar que o comandante nomeado ultime a formação necessária para o desempenho das novas funções e que escolha a equipa com que vai trabalhar.

in: Boa Nova

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 01:19



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728




Tags

mais tags