Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 02.12.12

POLÉMICA: Ex-Comandante dos Bombeiros Exige Retirada da sua Foto do Museu do Quartel e Critica Presidente

O presidente dos Bombeiros acusou o ex-comandante e ex-presidente Rogério Caldas de ter infernizado o mandato desta direção. João Ilídio Costa leu uma carta (a quarta recebida) na assembleia de ontem de Rogério Caldas onde o ex-comandante exige que retirem a sua foto do «porão» (refereindo-se ao salão museu) onde foram colocados os quadros dos bombeiros fora de atividade como é o seu caso. O presidente foi mais longe e disse que as lamentáveis atitudes de Rogério Caldas são corroboradas pelo atual Comandante Paulo Oliveira (presente na sala)e por outras pessoas.

A polémica está instalada na Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vizela não havendo memória duma assembleia como a de ontem.

Depois de ter falado sobre as coisas boas realizadas neste mandato prestes a terminar, o presidente da direção admitiu, e pediu desculpa, ter cometido um erro ao convidar Rogério Caldas para vice-presidente da atual direção. «Dimitiu-se mas tem sido ele a infernizar este mandato ao ponto de eu deixar para a última da hora uma posição quanto à minha recandidatura como poderá provar o sr. Presidente da Assembleia-geral» - disse.

João Ilídio leu na íntegra a quarta carta enviada por Rogério Caldas à direção na qual o ex-comandante critica de forma incisiva o facto da direção ter retirado do quartel as fotos dos bombeiros já falecidos e de outros destacados bombeiros como os comandantes para «um porão» no museu. A mesma carta acusa Ilídio Costa de estar nos bombeiros «por outras razões», tendo o presidente considerado isto como «grave», e de alguns discordarem da colocação das fotos naquela espaço e não terem coragem para o dizer. Rogério Caldas, que chegou á categoria de comandante num mandanto em que João Ilídio Costa era presidente, aponta também o dedo aos elementos que acompanham Ilídio Costa na direcção dizendo que eles apenas abanam a cabeça ao presidente ficando-se pelo «nim».

O presidente disse que as assembleias são o local certo para discutir estes assuntos e lamentou que Rogério Caldas não estivesse ali presente, como deixava antever na mesma carta. O Presidente acusou ainda o atual Comandante, presente na primeira fila da sala, de estar ao lado de Rogério caldas nestas e noutras posições. Paulo Oliveira não reagiu.

João Ilídio diria mais tarde que o museu dos bombeiros será o espaço mais nobre da área do quartel, aquele que terá mais visitas e que essa foi a razão da transferência dos quadros do quartel para aquela sala. Acentuou várias vezes que ninguém é mais importante na instituição do que os bombeiros. Quanto à retirada da foto do ex-comandante, como pede Rogério Caldas, o presidente disse que esse assunto seria resolvido pelo presidente da Assembleia, considerando que naquela instituição há uma comissão própria para tratar desses assuntos.

Polémica à parte, todos os pontos da ordem de trabalhos (plano e orçamento e promoção de três associados - Albino Simões, Luís Lopes, e José Guimarães - à categoria de benemérios foram aprovados por unanimidade.


por Diário de Vizela

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 16:06


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031




Tags

mais tags