Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Domingo, 13.11.11

Lareira acesa mas em segurança... Preste muita atenção!

 

O SAFEPLACE52 lembra que não é apenas inadequado, mas altamente inseguro queimar papel de embrulho e outros resíduos como caixas de embrulhos, enfeites, prendas em lareiras domésticas ou recuperadores de calor.

A maioria dos recuperadores são projectados para usar gás natural ou lenha seca a fim de criar um pequeno fogo decorativo que reforça a atmosfera.

Tentativas de queimar objectos impróprios, tais como madeira serrada da construção civil ou paletes, bocados de vegetação ou mesmo de uma árvore podem criar um fogo muito grande e quente, que prejudica a lareira e a chaminé, onde ainda repentinamente, se pode tornar um incêndio incontrolável.

Pouco se fala deste pormenor, mas muitos dos objectos impróprios queimados nas lareiras, ao formarem cinzas ou brasas podem ser arrastados pela ventilação da mesma e na saída para o exterior podem voltar a incendiar-se.

Devido a algumas propriedades de resistência que lhes foram aplicadas em tempo de vida, mantêm-se a arder e podem ficar alojados em telhados, beirais, varandas ou mesmo sótãos, colocando em risco a habitação em caso de propagação aos combustíveis adjacentes.

Esta última situação é vivida diariamente em bairros onde a construção é quase toda à base de madeira.

É comum ainda, dezenas de emergências médicas no pré-hospitalar com sintomas associados a distúrbios do mecanismo respiratório, atáxias e sinais de intoxicações.

Ao queimar tábuas, paletes, madeira proveniente da construção civil, pode acontecer a libertação de gases altamente tóxicos, que embora encaminhados para as chaminés saturam as atmosferas familiares de uma forma muito violenta e rápida.

O FIRESHELTER52 aconselha, muito cuidado com o uso do fogo, respeite as regras de segurança dos equipamentos que está a usar.

Se notar cheiros estranhos, calor em demasia, atmosferas saturadas de fumo ou gases voláteis, ventile o espaço sempre no sentido interno para externo, não abra as janelas a favor do vento, só em caso estritamente necessário.

Se notar que um familiar que está à algum tempo ao lado de um braseiro se encontra, apático, diminuição da reacção psicológica e motora, falta de força, movimentos fracos e descoordenados, ou ficou repentinamente com comportamentos bizarros, deve de desconfiar de intoxicação por gases provenientes da combustão.

Ventile o espaço, peça ajuda através do 112.


Fonte: FIRESHELTER52 - safeplace52.blogspot.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:32


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930




Tags

mais tags