Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Terça-feira, 31.01.12

Situação de seca em Janeiro de 2012

De acordo com a informação do Observatório de Secas do Instituto de Meteorologia, I.P., no final do mês de janeiro a totalidade do território do continente encontrava-se em situação de seca meteorológica, com 11% em seca severa, 76% em seca moderada e 13% em seca fraca. 

Os valores de precipitação registados neste mês foram muito inferiores aos respetivos valores normais para janeiro, com um total mensal de 16.3mm, correspondendo a menos de 15% do valor normal o que se traduz numa precipitação total de menos 101mm. 

O total de precipitação registada no mês de janeiro deste ano é comparável com os valores normais dos meses de verão, julho (13.8mm) e agosto (13.7mm).

O ano hidrológico, iniciado em outubro de 2011, apresenta valores de precipitação abaixo do normal, com exceção do mês de novembro que se classificou como chuvoso

A precipitação registada no continente neste ano hidrológico é, no entanto, superior aos valores verificados na pior situação de seca da última década (2004/2005) até final de janeiro, situação esta fundamentalmente devida à quantidade de precipitação ocorrida durante o mês de novembro.

Esta situação de seca meteorológica resulta da situação sinótica que tem prevalecido, caracterizada pela localização do anticiclone dos Açores que estendendo-se em crista para o território continental vem impedindo que este seja influenciado pelas superfícies frontais normalmente responsáveis pela precipitação em Portugal nesta época do ano.

Para os próximos 10 dias continua a não se prever precipitação, à exceção de quarta-feira, 1 de fevereiro, em que se prevê a ocorrência de chuva fraca, especialmente no litoral norte e centro do território continental.

Em termos de cenários de evolução da seca meteorológica para fevereiro, e tendo em conta a previsão elaborada pelo Centro Europeu de Previsão do Tempo a Médio Prazo, o cenário mais provável no final do mês aponta para o aumento da severidade da situação de seca meteorológica em Portugal continental.

Em termos de previsão para a primavera, a informação disponível multimodelo continua a prever valores abaixo do normal em todo o território continental a norte do sistema montanhosos Montejunto-Estrela, embora esta informação deva ser utilizada com alguma reserva tendo em conta a fiabilidade que este tipo de previsão ainda tem para a latitude de Portugal Continental.

Fonte: IMP

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 18:29


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031




Tags

mais tags