Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Segunda-feira, 04.02.13

Número de mortos em incêndio na boate Kiss chega a 237

O número de mortos por conta do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, ocorrido a uma semana, já chega a 237 após a confirmação do falecimento do empresário Bruno Portella Fricks, de 22 anos, informaram neste domingo fontes oficiais.

Fricks, que tinha acabado de se formar no curso de Administração de Empresas, morreu na noite de sábado no Hospital das Clínicas de Porto Alegre, segundo a Secretaria de Saúde da região.

O jovem tinha ido à festa em companhia de sua namorada, Jéssica Duarte, de 20 anos, que permanece internado no Hospital Cristo Redentor de Porto Alegre, informou o jornal "Zero Hora".

97 feridos ainda continuam hospitalizados, segundo o último balanço divulgado pela Secretaria de Segurança, que também informou que 16 pacientes tiveram alta desde a tarde de sábado.

Dos hospitalizados, 35 estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) respirando com a ajuda de aparelhos.

O boletim, que recolhe informações recopiladas pelo Ministério da Saúde e as autoridades regionais, não especifica o número de feridos graves que respiram naturalmente.

O incêndio ocorreu no último domingo durante uma festa universitária que era realizada na boate Kiss, e foi causado, aparentemente, pelo uso de um sinalizador durante um show.

O fogo se espalhou rapidamente pela espuma usada como isolante acústico do teto, que em contato com as chamas gerou cianureto, substância tóxica causadora da maioria da mortes, segundo a polícia.

O Governo dos Estados Unidos doou 140 doses de um remédio intravenoso chamado "Cyanokit", que serve como antídoto ao cianureto, que chegaram no sábado a Porto Alegre e Santa Maria, cidades onde estão hospitalizadas a maior parte das vítimas.

Entre os hospitalizados também há 20 feridos com queimaduras graves, que estão recebendo transplante de pele, parte do material doada pelo Argentina e Chile.

Na noite de sábado foi realizada uma missa em memória das vítimas que reuniu cerca de 4 mil pessoas na basílica de Medianeiras de Santa Maria, segundo cálculos dos meios de imprensa locais.

Neste domingo, foram realizados cultos religiosos em um parque de Porto Alegre e no Rio de Janeiro, onde o arcebispo Orani João Tempesta celebrou uma missa aos pés do Cristo Redentor.

Fonte: Yahoo

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 21:33



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728




Tags

mais tags