Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

diariobombeiro



Sábado, 25.08.12

Vítimas da colisão no IC1 podem estar ligadas a "ilícito criminal"

Cinco homens morreram, esta sexta-feira, numa colisão entre um ligeiro de passageiros e um pesado de mercadorias, no IC1, em Castro Verde. A GNR suspeita que as vítimas pudessem estar "envolvidas em algum ilícito criminal", tendo sido apreendidos, na viatura acidentada, cerca de 300 euros e cinco pares de luvas.

Fonte dos bombeiros assegurou ao JN que as cinco vítimas mortais circulavam todas no veículo ligeiro. O brutal acidente, que ocorreu no IC1, ao quilómetro 659, junto ao cruzamento de "Estação de Ourique", não provocou ferimentos no motorista do camião, que está a receber apoio psicológico.

A identidade das vítimas ainda não é conhecida. Fonte do CDOS de Beja garantiu ao JN que a matrícula da viatura ligeira era portuguesa. O JN também apurou que as vítimas terão idade média que rondará os 30 anos, acrescentou a mesma fonte. A agência Lusa adianta, citando fonte do Comando Territorial de Beja da GNR, que eram todas do sexo masculino.


Entretanto, uma fonte do Comando Territorial de Beja da GNR citada pela Agência Lusa disse que foi apreendido, "no interior do veículo ligeiro de passageiros em que seguiam, cinco pares de luvas e cerca de 300 euros em dinheiro, o que nos leva a crer que possam estar envolvidos em algum ilícito criminal".

Neste momento, sublinhou a mesma fonte, as autoridades ainda desconhecem "qual possa ser" esse ilícito, mas está a "proceder a investigações e ao cruzamento de dados".

"Só uma das vítimas mortais é que tinha identificação, pelo que estamos a desenvolver diligências para apurar a identidade dos restantes. Por agora, poderiam ter vindo de qualquer parte do país", revelou.

Os corpos foram transportados para o Instituto de Medicina Legal de Beja.

As circunstâncias em que se deu a colisão não são ainda conhecidas e estão a ser investigadas pela GNR. Fonte dos bombeiros afirmou à Lusa que "o veículo ligeiro de passageiros é que colidiu com o pesado de mercadorias". As viaturas seguiam no sentido Norte-Sul. O camião, apurou o JN, tinha acabado de entrar na estrada, saído de uma pedreira, e o ligeiro embateu com violência na traseira do pesado.

Informações recolhidas pelo JN no local, junto de várias testemunhas que chegaram ainda antes dos bombeiros, indicam que o carro iria em alta velocidade, tendo já feito várias ultrapassagens perigosas, momentos antes do acidente.

O alerta foi dado às 11.12 horas. Para o local foram mobilizados 21 bombeiros, apoiados por sete viaturas, das corporações de Castro Verde e Ourique, assim como um helicóptero e uma ambulância de Suporte Imediato de Vida do Instituto Nacional de Emergência Médica.

As viaturas já foram retiradas da via, tendo a estrada sido limpa, e a circulação do trânsito, que se encontrava condicionada, ficou "normalizada cerca das 16 horas".


Fonte: JN





Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diário de um Bombeiro às 00:26


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




Tags

mais tags