Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

diariobombeiro



Quinta-feira, 09.08.12

Família do bombeiro que morreu com acompanhamento psicológico

A família do bombeiro que morreu, esta qiunta-feira, no combate ao incêndio em Figueiró dos Vinhos está já a receber acompanhamento psicológico, disse à Lusa o presidente daquele município, Rui Silva.

"Já se encontra uma psicóloga a prestar todo o apoio necessário à família do bombeiro que hoje morreu ao serviço do concelho", informou o autarca social-democrata.

O bombeiro voluntário, que prestava serviço na corporação de Figueiró dos Vinhos há 19 anos, estava na casa dos 50 anos e era funcionário de uma divisão de obras da Câmara de Figueiró dos Vinhos.

Rui Silva prestou as declarações à Lusa minutos depois de se ter deslocado à residência da família para a informar do falecimento do bombeiro.

"É um dia muito negro para Figueiró dos Vinhos, mas todos temos de saber enfrentar as adversidades. Tenho que deixar uma palavra de ânimo aos bombeiros e reforçar os pêsames a toda a família deste profissional que morreu ao serviço de Figueiró", disse o autarca.

Também à Lusa, o presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos, Filipe Silva, lamentou o "grande choque" que foi a morte do bombeiro, que agora "desmotiva e desmoraliza toda a corporação".

"Não há palavras para descrever esta tragédia", disse.

Ainda assim, Filipe Silva assegurou que "para já a prioridade é extinguir o incêndio", salvaguardando que é "preciso cabeça fria para reagir e dominar o incêndio".

Fonte: JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Diário de um Bombeiro às 21:53



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




Tags

mais tags